• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.101.2013.tde-17072013-145706
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Waldvogel Oliveira Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Lins, Maria Antonieta Del Tedesco (Presidente)
Guimarães, Feliciano de Sa
Oliveira, Amâncio Jorge Silva Nunes de
Título em português
A posição do Brasil na governança econômica global: um estudo da conformidade entre o posicionamento do governo brasileiro e o consenso expresso nos comunicados oficiais do G20 e do FMI (2006-2012)
Palavras-chave em português
FMI
G20
Governança econômica global
Resumo em português
No presente contexto de redistribuição de poder e da consequente reorganização da ordem mundial, as economias emergentes têm gradualmente alcançado maior espaço nas deliberações multilaterais a respeito da governança econômica global. Esta ascensão tem ocorrido em níveis e ritmos distintos em diferentes instâncias da governança econômica global, como, por exemplo, no âmbito do FMI e do G20. Estas instituições internacionais, ainda que diferentes em sua composição, formalização, estrutura e governança, possuem aspectos importantes de sua missão que se sobrepõem, como o diálogo multilateral a respeito de políticas macroeconômicas e a promoção da estabilidade econômica e financeira mundial. Considerando que as economias emergentes têm investido na consolidação de seu recém-adquirido status no sistema internacional, este estudo pretende avançar na compreensão da sua atuação nestas instituições internacionais por meio de uma análise comparativa da configuração institucional do FMI e do G20. Na segunda parte deste estudo, partindo do fato de que as economias emergentes têm empreendido esforços para que as instituições internacionais aprimorem seu modelo de representatividade, no sentido de refletir em suas decisões as posições específicas destes países, pretende-se investigar a atenção que cada uma destas instituições dedica aos temas mais caros a uma destas economias emergentes em particular, o Brasil. A hipótese que norteará a pesquisa é a de que o consenso expresso pelo G20 apresenta maior conformidade em relação ao posicionamento oficial do governo do Brasil do que aquele expresso pelo FMI.
Título em inglês
The position of Brazil in global economic governance: a study on the conformity between the position of the brazilian government and the consensus expressed in official communiqués of the G20 and the IMF (2006-2012)
Palavras-chave em inglês
G20
Global economic governance
IMF
Resumo em inglês
In the present context of redistribution of power and the resulting reorganization of the global order, emerging economies have gradually attained more influence in multilateral discussions regarding global economic governance. This rising has been taking place at different levels and paces in different fora of global economic governance, such as the IMF and the G20. These international institutions, though distinct in their composition, formalization, structure and governance, share important aspects of their mission, such as the multilateral dialogue concerning macroeconomic policy and the promotion of international financial and economic stability. Taking into consideration the notion that emerging economies have been working to consolidate their recently acquired status in the international system, this study intends to contribute to the comprehension of the actions of these countries within these international institutions through a comparative analysis of the institutional configuration of the IMF and the G20. In the second part of this work, taking notice of the effort that emerging economies have been applying to the improvement of representativeness within international institutions, so they can better reflect these countries' positions in their decisions, the present study intends to investigate the attention that both of these institutions grant to the most relevant themes according to one of these emerging economies in particular, Brazil. The hypothesis here is that the consensus expressed by the G20 shares a higher level of conformity with the official positions of the government of Brazil than that expressed by the IMF.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-07-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.