• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.101.2020.tde-24012020-173735
Documento
Autor
Nome completo
Ana Balbachevsky Guilhon Albuquerque
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Onuki, Janina (Presidente)
Fernandes, Ivan Filipe de Almeida Lopes
Holzhacker, Denilde Oliveira
Título em inglês
Political attitudes in a period of crisis: the case of the Brazilian elites
Palavras-chave em inglês
Crisis
Elite
Foreign policy
Political atitudes
Public opinion
Resumo em inglês
The goal of this paper is to discuss the impact that an economic crisis has on the political attitudes of the elites. The paper focuses on the Brazilian experience, considering how these attitudes have changed from the years of economic bonanza to the years of economic downturn. The influence exerted by the elite in international relations is something widely debated in the foreign policy analysis field and on works of public opinion. This paper proposes to analyze how the Brazilian elite behaves in the face of a crisis in relation to their opinions on international economic policy. Our working hypothesis is that certain pragmatism manifests itself during an economic crisis, which means that, regardless of its political position, the elite is more favorable to policies that are converging with globalization, especially the entry of foreign investments into the country. We will use the 2010 and 2016 databases of the Las Americas and El Mundo project, both based on samples of Brazilian leaders.
Título em português
Atitudes políticas em um período de crise: o caso da elite brasileira
Palavras-chave em português
Atitude política
Crise
Elite
Opinião pública
Política externa
Resumo em português
O objetivo deste artigo é discutir o impacto que uma crise econômica tem sobre as atitudes políticas das elites. O artigo enfoca a experiência brasileira, considerando como essas atitudes mudaram ao longo de anos, levando em conta o cenário econômico. A influência exercida pela elite nas relações internacionais é algo amplamente debatido no campo da análise de política externa e em trabalhos de opinião pública. Este trabalho propõe, assim, analisar como a elite brasileira se comporta diante de uma crise em relação às suas opiniões sobre a política econômica internacional. Nossa hipótese de trabalho é que certo pragmatismo se manifesta durante uma crise econômica, o que significa que, independentemente de sua posição política, a elite é mais favorável às políticas que estão convergindo com a globalização, especialmente a entrada de investimentos estrangeiros no país. Para isso, utilizaremos os bancos de dados de 2010 e 2016 do projeto Las Americas y El Mundo, ambos baseados em amostras de líderes brasileiros.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-02-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.