• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.102.2016.tde-06072016-094834
Documento
Autor
Nome completo
Camila Teixeira Gonçalves
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2016
Orientador
Banca examinadora
Buzzar, Miguel Antonio (Presidente)
Lima, Catharina Pinheiro Cordeiro dos Santos
Sperling, David Moreno
Título em português
Intervenções contemporâneas no Bixiga: fissuras urbanas e insurgências.
Palavras-chave em português
Áreas Centrais
Bixiga
Cidade Contemporânea
Fissuras Urbanas
Intervenções Urbanas
Resumo em português
A sobreposição de camadas pelo tempo confere à metrópole contemporânea diferentes leituras, variadas cidades dentro da cidade que se revelam apenas ao olhar mais atento do transeunte. O tradicional Bixiga, localizado (predominantemente) no distrito da Bela Vista, na cidade de São Paulo, abriga diversas estruturas urbanas esquecidas, espaços fragmentados, excluídos e excludentes, porque deslembrados pela opacidade da vida urbana atual; mas também é palco de disputas sociais manifestadas, dentre outros meios, pelos processos de renovação e empreendedorismo urbano e consequentes gentrificação e espetacularização do seu historicismo. O presente trabalho pretende destacar as relações e confrontar os limites entre intervenções preservacionistas e renovadoras sucedidas no bairro, entre o final dos anos 1960 e 2014, que se apresentam como geratrizes ou mitigadoras de densas fissuras urbanas - que não raro têm a cultura mercantilizada em suas bases materiais [arquitetura e tecido urbano] e intangíveis [dinâmicas sociais que particularizam as áreas das cidades]. O intento é permitir a análise das transformações e os agentes envolvidos na produção da paisagem urbana local, a qual versa paradoxalmente entre 1- lócus de identidades singulares, cotidianamente vivenciada e preservada na memória dos moradores, sensibilizando novas ou habituais experiências coletivas que visam legitimar a proteção das reais especificidades e interesses locais; e 2- a banalização do espaço, cenarizado e subtraído das estruturas simbólicas da coletividade, reduzido a mero produto de consumo. O contexto abordado se ilumina dos casos das grandes renovações viárias que afetaram diretamente a tecitura urbana do Bixiga ocorridas quando das implantações, inicialmente, da Avenida Nove de Julho e, posteriormente, da Avenida 23 de Maio e da Ligação Leste-Oeste; da Vila Itororó, a qual atualmente vivencia processos de revitalização diante de inúmeros embates entre moradores e a Prefeitura Municipal; e do Teat(r)o Oficina, que motiva debates críticos e políticos sobre a destinação comercial de seu entorno por uma empresa privada e como estes instigam a tomada de consciência crítica ou mesmo a sensibilização do imaginário dos habitantes frente à identificação de espacialidades e costumes singulares - cenários de ensaios culturais, sociais, artísticos e coletivos que pretendem reconhecer identidades locais genuínas ou se inserirem nas atuais práticas de teatralização cenográfica da cidade, as quais incorporam ações culturais. Sendo assim, o trabalho traz à tona reflexões sobre intervenções em áreas centrais metropolitanas, vinculando aspectos históricos, sociais, culturais, urbanísticos e perceptivos da cidade; e avaliando as densidades das camadas urbanas perdidas, perseverantes ou resgatadas. Mesmo sendo crítico da (falta de) vitalidade urbana atual, este trabalho identifica que ainda pulsa no tecido social do Bixiga a vontade de preservar as estruturas remanescentes de sua formação, que vão muito além dos edifícios históricos atingidos, mas compreende e assenta-se nas relações sociais ali presentes.
Título em inglês
Contemporary interventions in Bixiga : urban cracks and insurgencies.
Palavras-chave em inglês
Bixiga
Central Areas
Contemporary City
Urban Cracks
Urban Interventions
Resumo em inglês
Overlapping layers by time gives the contemporary metropolis different readings, different "cities within a city" that open to closer look the passerby. The traditional Bixiga located predominantly in Bela Vistas district in the city of São Paulo is home to several "forgotten" structures, fragmented spaces, excluded, forgotten in contemporary urban life; but also plays host to social disputes expressed, among other means, by urban entrepreneurialism processes and consequent gentrification and spectacle of his historicism. This paper aims to highlight the relationships and confront the boundaries between preservationists and renovating successful interventions in the neighborhood between the late 1960s and 2014 that are presented as generating lines or mitigation of dense urban cracks - which often have the commodified culture in its material basis [architecture and urban fabric] and intangible [social dynamics that particularize the areas of the cities]. The intent is to allow the analysis of the changes and the actors involved in the production of local urban landscape, which paradoxically weighs about 1- singular identities locus, daily experienced and preserved in the memory of residents, sensitizing new or usual collective experiences that aim to legitimize protection of real and specific local interests; and 2- the trivialization of space, less the symbolic structures of the community, reduced to mere consumer product. The approached context lights itself with cases of major roads renovations that directly affected the Bixigas urban structure occurred when deployments, initially, of the Nove de Julho avenue and, latter, of the 23 de Maio avenue and the Leste-Oeste Link; the Vila Itororó, which currently is living through revitalization processes before numerous clashes between residents and the Municipality; and the Teatro Oficina passing by critics and political debates about the commercial destination of its surroundings by a private company and how they instigate the critical awareness or even the imaginary awareness of the inhabitants opposite the identification of spatiality and unique customs cultural rehearsals, social, artistic and collective scenarios wishing to recognize genuine local identities or insert the current scenic theatrical practices of the city, which incorporate cultural activities. Thus, the research brings to light reflections on interventions in metropolitan downtown areas, linking historical, social, cultural, urban and perceptive aspects of the city; and evaluating the density of the lost urban strata, persevering or redeemed. Even being critical of the (lack of) current urban vitality, this work identifies that still beats in the Bixigas social fabric the will to preserve the remaining structures of its formation, which go far beyond the historic buildings affected, but holds and settles in social relations present there.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Corrigida.pdf (37.42 Mbytes)
Data de Publicação
2016-07-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.