• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Natalia Cappellari de Rezende
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2019
Orientador
Banca examinadora
Bortolucci, Maria Angela Pereira de Castro e Silva (Presidente)
Corato, Aline Coelho Sanches
Lima, Roberto Pastana Teixeira
Marins, Paulo César Garcez
Título em português
A cidade de São José do Rio Pardo e as moradias do Centro Histórico (1865-1940)
Palavras-chave em português
Arquitetura do ciclo do café paulista
Centro Histórico de São José do Rio Pardo
Moradia urbana paulista
São José do Rio Pardo - cidade
Transformações urbanas
Resumo em português
Trata da moradia urbana paulista do ciclo do café, considerando como recorte o Centro Histórico da cidade de São José do Rio Pardo entre os anos de 1865 e 1940, período que compreende desde a fundação até o início da redefinição econômica com o desenvolvimento do setor comercial e industrial e da própria expansão urbana com o surgimento de novos bairros. Identifica, compreende e analisa a moradia urbana a partir das características arquitetônicas, formais e compositivas, verificando usos e arranjos internos, partidos adotados e técnicas construtivas empregadas. Analisa ainda como que essa moradia se transformou coadunada com as mudanças no espaço urbano após a implantação de infraestrutura, a construção de diferentes tipologias de edifícios e a disponibilidade de material e mão de obra. Constata a atuação de 106 profissionais, práticos licenciados e artífices na construção civil local, destacando, através das moradias, as diferenças entre as diversas gerações de profissionais. O estudo se vale de documentação consultada em arquivos, públicos e privados, bibliotecas e cartórios, que inclui materiais iconográficos, jornais, almanaques, relatórios de governo, mapas e projetos constantes nos processos de aprovação de construção; pesquisa de campo através de mapeamento, registro fotográfico e levantamento métrico das moradias; realização de entrevistas com pessoas engajadas com a história e os movimentos culturais da cidade, e também com antigos moradores do Centro Histórico; e leitura de estudos correlatos. Busca sustentação teórica em importantes autores nas áreas de interesse da pesquisa, dentre eles Carlos Lemos, Nestor G. Reis Filho, Murilo Marx, Emma Debenedetti e Anita Salmoni e Sandra J. Pesavento, além de bibliografia de teóricos, memorialistas e historiadores locais, com destaque para Rodolpho José Del Guerra e Amélia Franzolin Trevisan. Contribui para ampliar o conhecimento da diversidade da produção da moradia urbana brasileira na medida em que qualifica e quantifica o processo de transformações do espaço urbano de São José do Rio Pardo; ao revelar que sua arquitetura, especialmente suas moradias, que ao mesmo tempo em que podem ser tidas como recorrentes e comuns quando comparadas a outras cidades do ciclo do café paulista, também são carregadas de singularidades e nuances próprias; e ainda ao revelar a existência de redes e relações estabelecidas que ultrapassam fronteiras na circulação de saberes, novidades, materiais e tecnologias, dos artífices, práticos licenciados e profissionais, e dos clientes envolvidos nessa produção.
Título em inglês
The city of São José do Rio Pardo and the dwellings of the Historic Center (1865-1940)
Palavras-chave em inglês
Architecture of the paulista coffee cycle
Historic Center of São José do Rio Pardo
São José do Rio Pardo - city
Urban paulista dwelling
Urban transformations
Resumo em inglês
It deals with the urban dwelling of the coffee cycle in São Paulo, considering as recort the Historic Center of the city of São José do Rio Pardo between 1865 and 1940, period that consist since the foundation to the beginning of the economic redefinition with the development of the commercial and industrial and of own urban expansion with the emergence of new neighborhoods. Identifies, understands and analyzes the urban dwelling from the architectural, formal and compositional characteristics, verifying uses and internal arrangements, adopted parties and constructive techniques employed. It also analyzes how these dwelling became compatible with changes in urban space after the implementation of infrastructure, the construction of different typologies of buildings and the availability of material and labor. It verifies the work of 106 professionals, licensed practitioners and craftsmen in the local civil construction, highlighting, through the dwellings, the differences between the different generations of professionals. The study is based in documentation consulted in archives, publics and privates, libraries and registry offices, that inclues iconographic materials, newspapers, almanacs, government reports, maps and projects in construction approval processes; field research through mapping, photographic record and metric survey of dwellings; conducting interviews with people engaged in the history and cultural movements of the city, and also with former residents of the Historic Center; and reading related studies. This paper seeks theoretical support from important authors in areas of interest to the research, among them Carlos Lemos, Nestor G. Reis Filho, Murilo Marx, Emma Debenedetti and Anita Salmoni and Sandra J. Pesavento, as well as bibliographies of theoreticians, memorialists and local historians, with highlighted by Rodolpho José Del Guerra and Amélia Franzolin Trevisan. It contributes to increase the knowledge of the diversity of Brazilian urban dwelling production insofar as it qualifies and quantifies the process of transformation of the urban space of São José do Rio Pardo; revealing that its architecture, especially its dwellings, which at the same time can be considered as recurrent and common when compared to other cities of the São Paulo coffee cycle, are also loaded with singularities and nuances of their own; and it also by revealing the existence of established networks and relationships that cross borders in the circulation of knowledges, novelties, materials and technologies, of craftsmen, licensed practitioners and professionals, and of the clients involved in this production.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-06-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.