• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.103.2016.tde-07112016-124201
Documento
Autor
Nome completo
Olga Susana Costa Coito e Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Cury, Marília Xavier (Presidente)
Cachioni, Meire
Vasconcellos, Camilo de Mello
Título em português
Os idosos como público de museus
Palavras-chave em português
Envelhecimento
Estudo de recepção
Idoso
Museu
Público
Resumo em português
A pesquisa exploratória e metodológica debruça-se sobre as relações estabelecidas entre museus e idosos e procura entender como, na prática, a museografia aborda o público idoso, como resultado da expansão de públicos, com embasamento nas políticas de inclusão sócio cultural, diretrizes e regulamentações museológicas e políticas socioculturais desenvolvidas com aumento do número de cidadãos com 60 anos e mais como grupo etário no Brasil e dentro da tendência de envelhecimento da população mundial. A museologia explora a função social por meio da comunicação e salvaguarda no processo curatorial. O processo de envelhecimento e a musealização podem ser bem-sucedidos estabelecendo relações de comunicação e interação sociocultural, proporcionando aprendizagens ao longo da vida e diálogo intercultural contemplando as necessidades de atividades da vida diária e de lazer, contemplando necessidades, vivências, interesses e motivações, como forma adaptativa para a vida destes indivíduos, agregando conhecimentos interdisciplinares de estudos sobre envelhecimento, a partir da gerontologia. O grupo designado de "idoso" remete para uma diversidade de categorizações culturais de indivíduos, que pode ser um trunfo ou freio, mas certamente um desafio para o relacionamento com a museografia. A pesquisa de recepção como metodologia possibilita observar uma proposição conceitual, destacando a necessidade de se conhecer os idosos como público potencial de museus (visitantes e não visitantes), explorando o contexto das instituições museológicas e apontando diversas escolhas museográficas possíveis que condicionam as propostas de relacionamento com o público, com vista ao impacto positivo nos idosos e nos museus.
Título em inglês
The elderly as museum audience
Palavras-chave em inglês
Aging
Audience
Elderly
Museum
Reception studies
Resumo em inglês
The exploratory and methodological research focuses on the relations between museums and elderly, and seeks to understand how, in practice, museography covers elderly population since a result of expansion of public, with grounding in the social and cultural inclusion policies, guidelines and museological regulations and socio-cultural policies developed from the increase number of citizens aged 60 and over in Brazil, within the aging population trend. The museological communication and safeguarding can explore the social function in the curatorial process seeing that the process of aging and musealization can be successful establishing relationships and socio-cultural interaction and intercultural dialogue providing lifelong learning considering the needs of the elderly audiences, the daily life activities and leisure times,experiences, interests or motivations taking into account adaptations to the aging process and adding interdisciplinary knowledge of studies on aging from gerontology. The elderly group refers to a diversity of cultural categorizations of individuals who can be an asset or a brake to the relationship with museums in practice. Reception research is a methodology that has developed a conceptual proposal that enables understanding elderly as potential audience (visitors and non-visitors), exploring the institutional context as approaches and partnerships, and analysing museographic choices, because these are condition of practices "in" museums, reviewing challenges and / or opportunities enabling a museographic relationship with a view to impact on the life of both, elderly and museums.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.