• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.106.2016.tde-12022016-101109
Documento
Autor
Nome completo
Cristina Cuiabália Rodrigues Pimentel Neves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Furlan, Sueli Angelo (Presidente)
Beduschi Filho, Luiz Carlos
Ferreira, Lucia da Costa
Moretto, Evandro Mateus
Rossetto, Onélia Carmem
Título em português
Vulnerabilidade da paisagem pantaneira: estudo de caso da Reserva Particular do Patrimônio Natural Sesc Pantanal e entorno 
Palavras-chave em português
ameaça
Paisagem
Reserva Particular do Patrimônio Natural Sesc Pantanal
vulnerabilidade
Resumo em português
Os impactos negativos das atividades humanas no ambiente vêm historicamente acelerando a transformação e a degradação das paisagens no mundo. Atualmente, a questão socioambiental vem sendo colocada em pauta diante deste cenário, fazendo com que a implantação de reservas naturais protegidas ganhe importância, pois constituem um dos pilares da proteção da biodiversidade, contribuindo sobremaneira na manutenção dos serviços ecossistêmicos gerados pelos processos naturais. Mesmo com os avanços e benefícios desta estratégia de conservação in situ, há desafios a serem superados. Em linhas gerais, as ameaças às áreas naturais protegidas variam amplamente conforme o contexto, porém, as consequências geralmente conduzem à fragmentação, degradação e perda de hábitat em seu entorno ou podem ainda atingir diretamente as reservas. Nesta direção, a presente pesquisa tem como área de estudo a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Sesc Pantanal e seu entorno, sendo esta a mais extensa unidade de conservação do Brasil nesta categoria, localizada no município de Barão de Melgaço, Mato Grosso. O objetivo geral deste estudo visa compreender os elementos da paisagem pantaneira no âmbito da RPPN e seu entorno, para verificar as causas e os efeitos das principais pressões e ameaças à sua conservação, visando identificar áreas vulneráveis e propor mecanismos de monitoramento. Portanto, esta pesquisa, de caráter aplicado, poderá auxiliar no processo de gestão da RPPN contribuindo para o planejamento e conservação da paisagem. Sendo uma pesquisa essencialmente interdisciplinar, os métodos e procedimentos operacionais foram definidos a partir da articulação entre abordagens quantitativas e qualitativas. Com relação à natureza das fontes de informações, foi realizada pesquisa bibliográfica para o levantamento de dados secundários e os dados primários foram obtidos através de pesquisa documental e pesquisa de campo com os sujeitos envolvidos por meio de diferentes técnicas, tais como: observação direta, análise documental, entrevistas não dirigidas e semi-estruturadas e oficinas de planejamento. A análise dos dados teve como apoio os recursos da cartografia digital, da multirreferencialidade, ou triangulação, das observações, escutas (entrevistas) e fala (oficina de planejamento). Como principal base conceitual, esta pesquisa faz uso da noção da paisagem cultural para compreender as dimensões nas quais as áreas naturais protegidas se inserem, incorporando aspectos sociais, ambientais e econômicos. No contexto amplo brasileiro, foram identificados 18 tipos de pressões e ameaças relacionadas às unidades de conservação e seu entorno, dos quais 07 estão presentes na área de estudo, quais sejam: desmatamento; remoção de fauna; pesca predatória; turismo e recreação; deposição de resíduos; incêndios de origem antrópica e narcotráfico. Quanto ao grau de importância de cada aspecto, os levantamentos indicaram a pesca predatória e o narcotráfico como as mais relevantes ameaças à proteção da paisagem em estudo. Portanto, os resultados demonstraram um campo heterogêneo quanto aos pontos de vistas relacionados à conservação da paisagem, possibilitando desvelar aspectos significativos, porém até então obscuros da vulnerabilidade, para a definição das estratégias de conservação efetiva na Reserva, indo além de suas fronteiras espaciais e do alcance de sua capacidade de gestão.
Título em inglês
Vulnerability of the pantaneira landscape: case study of the Sesc Pantanal Private Reserve of Natural Heritage and around
Palavras-chave em inglês
Landscape
Sesc Pantanal Private Reserve of Natural Heritage
threats
vulnerability
Resumo em inglês
Anthropogenic negative impacts on the environment have catalyzed landscape transformation and degradation over time. In the present time, social-environmental issues have been more and more addressed facing this scenario. Thus the implementation of nature reserves have become more relevant, once it constitutes one of the main pillars of biodiversity protection, and so highly contributing to the maintenance of ecosystem services. Despite all benefits coming from this in situ conservation strategy, there is a range of challenges to be overcome. In general, threats towards nature reserves vary according to the context in which they are inserted. However their consequences usually lead to fragmentation, degradation and habitat loss in its surroundings and within the nature reserve itself. The present work's study site was the Sesc Pantanal Private Reserve of Natural Heritage (PRNH, or RPPN - Reserva Particular do Patrimônio Natural), the largest in Brazil in its category, located in the municipality of Barão de Melgaço, state of Mato Grosso. This work aimed the understanding of landscape elements within the PRNH and its surroundings through the verification of cause-effect mechanisms amongst the main pressures and threats to its conservation, and so identifying vulnerable areas and proposing monitoring strategy suggestions. Therefore, this applied research might assist in the management of the Sesc Pantanal PRNH, specifically concearning planning and landscape conservation. The interdisciplinary character of this work demanded both qualitative and quantitative approaches. Secondary data were accessible through literature consultation. Primary data were acquired through a documentation survey and the field surveys with different stakeholders (e.g., direct observation, unguided interviews, semi structured interviews, and planning workshops). Data analysis has been supported by digital cartography and triangulation of field-acquired data. The adopted conceptual framework is based on the idea of cultural landscape, allowing the comprehension of social, environmental and economic aspects related to the nature reserve. The study has found 18 types of pressures and threats to conservation units in Brazil, from which 07 of them influence the study site: deforestation; fauna suppression; predatory fishing; tourism and recreation; waste disposal; anthropic-related fires; and illegal drug trade. The most relevant impacts in the area were predatory fishing and illegal drug trade. According to the present study, the conservation of this particular landscape relies on heterogeneous elements, what unveils its vulnerability and enables the development of more effective conservation strategies that pervade the PRNH itself and its management capacity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.