• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.108.2016.tde-17062016-100942
Documento
Autor
Nombre completo
Ana Claudia Baldani
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Oliver, Fatima Correa (Presidente)
Kinoshita, Roberto Tykanori
Nicacio, Maria Fernanda de Silvio
Título en portugués
Contribuições de experiências de estágio em CAPS III para a formação interdisciplinar em Saúde Mental na perspectiva da Reforma Psiquiátrica
Palabras clave en portugués
Equipe Interdisciplinar de Saúde
Estágios
Formação de Recursos Humanos
Serviços de Saúde Mental
Sistema Único de Saúde
Resumen en portugués
Introdução: A formação dos profissionais da área da saúde é fundamental para a transformação das práticas de cuidado e consolidação dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). Sendo um desafio do SUS, esta questão também está presente no campo da Saúde Mental e é necessária para a consolidação da Reforma Psiquiátrica e construção e fortalecimento da Rede de Atenção Psicossocial. Proposição: Investigar e refletir sobre as experiências dos estudantes que realizaram estágio no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) III Itaim Bibi entre 2009 e 2014, no tocante à formação profissional em Saúde Mental na perspectiva da Reforma Psiquiátrica. Materiais e Métodos: Estudo qualitativo, com construção dos dados a partir da leitura de relatórios dos estudantes e de questionários com perguntas referentes à experiência dos estágios, que foram apresentadas aos participantes conforme orientações do método Delphi. As questões abordaram: motivos; expectativas; forma e qualidade de participação nas atividades; temas e estudos; trabalho em equipe; situações vivenciadas; influência na atuação profissional; apresentação do estágio e sugestões de alterações. As informações foram trabalhadas por meio de Análise de Conteúdo Temática. Resultados: Dos 52 convidados, 28 participaram da primeira rodada (53,85%), sendo: 14 terapeutas ocupacionais, 9 enfermeiros, 3 psicólogos e 2 estudantes de Serviço Social. O segundo questionário foi composto por afirmativas presentes nas respostas recebidas para que os participantes as avaliassem conforme grau de concordância da escala Likert. Nesta fase foram recebidas 26 respostas. Conclusões: Apesar das dificuldades vivenciadas, avaliou-se que a maior parte das experiências dos estágios foi positiva e possibilitou aprendizagens significativas sobre o modelo de atenção psicossocial, o funcionamento e dinâmica da instituição, o trabalho em equipe interdisciplinar e as produções de convivência, principalmente aos sujeitos que realizaram estágios com maior carga horária. Identificaram como importantes aprendizados as experiências de acompanhamento individual e grupal dos usuários, a construção de Projeto Terapêutico Singular e de redes, o trabalho territorial e intersetorial. A participação em reuniões, supervisões clínico-institucionais, multiprofissionais e em oficinas de reflexão com as docentes das Universidades foi considerada importante para a formação. O aprendizado de manejo de situações de crise e de conflitos e de técnicas de contenção foi considerado superficial. Identificou-se que modelo de gestão e o trabalho da equipe influenciam no desenvolvimento de autonomia e protagonismo dos estagiários. O fortalecimento da integração ensino-serviço-comunidade é necessário e a flexibilização das propostas instituídas poderia facilitar a construção conjunta dos planos de estágios. Como produtos desta pesquisa foram elaboradas propostas de modificações para melhor organização dos estágios no CAPS e para a integração ensino-serviço e de Plano de Estágio Supervisionado em Terapia Ocupacional para os estágios extracurriculares. Realizou-se também uma Revisão Integrativa das publicações científicas brasileiras sobre a formação de estudantes de graduação em Saúde Mental na perspectiva da Reforma Psiquiátrica. Por fim, compreendeu-se que as experiências ressoam nas práticas profissionais dos graduados de modo positivo. Os participantes que não atuam neste campo, disseram levar consigo a experiência do trabalho em equipe e de formas éticas e humanizadas de cuidado.
Título en inglés
Contributions of internship experiences in CAPS III for the interdisciplinary professional education in Mental Health from the perspective of the Psychiatric Reform
Palabras clave en inglés
Brazilian National Health System
Human Resources Formation
Interdisciplinary Health Team
Internship
Mental Health Services
Resumen en inglés
Introduction: The professional education in Health is fundamental to the transformation of healthcare practices and the consolidation of the principles and guidelines of the Brazilian National Health System (NHS). As a challenge to the NHS, this issue is also present in the field of Mental Health and it's necessary for the consolidation of the Psychiatric Reform, construction and strengthening of the Psychosocial Care Network. Proposition: To investigate and reflect on the experiences of students who performed internships at the Psychosocial Care Center III (CAPS) Itaim Bibi between 2009 and 2014, regarding professional education in Mental Health from the perspective of the Psychiatric Reform. Materials and Methods: Qualitative study, with construction of the data from the reading of student's reports and questionnaires with questions regarding the internship experience, which were presented to the participants according to the Delphi Technique guidelines. The issues addressed: reasons; expectations; manner and quality of participation in the activities; themes and studies; team work; situations experienced; influence on professional practice; internship presentation and suggested changes. The information was worked through Qualitative Thematic Analysis. Results: Out of the 52 guests, 28 participated in the first round (53.85%): 14 occupational therapists, 9 nurses, 3 psychologists and 2 students of Social Work. The second questionnaire was composed of affirmatives present in the answers received so that the participants would evaluate them according to the degree of concordance of the Likert scale. At this stage, there were received 26 answers. Conclusions: Despite the difficulties experienced, it assessed that most of the internship experiences was positive and enabled significant learning about the psychosocial care model, the functioning and dynamics of the institution, the interdisciplinary teamwork and productions of social relationships, mainly to the subjects who performed longer workload internships. They identified as important learning the individual and group follow-up experiences of the users, the construction of both Singular Therapeutic Project and Networks, the territorial and intersectoral work. Meetings participation, clinical/ institutional supervisions, multidisciplinary and reflection workshops with teachers of universities were considered important for the professional education. The learning management of crises and conflicts and contention techniques was considered superficial. It was identified that management model and team work influence the development of students' autonomy and protagonism. The strengthening of the teaching-service-community integration is needed and the flexibility of the proposals instituted could facilitate the joint construction of internship plans. As products of this research there were elaborated proposals of modifications to improve the organization of internships in CAPS and to the teaching-service integration and to the Supervised Internship Plan in Occupational Therapy for the extracurricular internships. An integrative review of Brazilian scientific publications about professional education of undergraduate students in Mental Health from the perspective of the Psychiatric Reform was also produced. Finally, it was understood that the experiences resonate positively in the professional practices of the graduates. The participants who do not work in this field said they carry the teamwork experiences as well as the ethical and humanized forms of care.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-06-23
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.