• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.108.2016.tde-21112016-164128
Documento
Autor
Nome completo
Ana Regina do Amaral
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Watanabe, Helena Akemi Wada (Presidente)
Fonseca, Graciela Soares
Oliveira, Maria Amelia de Campos
Título em português
Formação interprofissional nos cursos de graduação em saúde em São Paulo
Palavras-chave em português
Educação interprofissional
Ensino superior em saúde
Qualidade de websites
Resumo em português
Introdução: O Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro demanda profissionais com formação humanística, voltada para a integralidade da atenção, o trabalho interprofissional e em equipe. Apesar das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) dos cursos da área da saúde, apontarem desde 2001/2002 que os cursos devem assegurar a formação de profissionais com competências e habilidades para a atuação interprofissional, a implantação destas diretrizes ainda é um desafio, especialmente no que diz respeito à integração curricular e ao atendimento às diretrizes do SUS. Objetivo: Este estudo tem por objetivo traçar um panorama da educação interprofissional em saúde (EIP) em Instituições de Ensino Superior (IES) no município de São Paulo, Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) e Baixada Santista (RMBS). Metodologia: Estudo quanti-qualitativo sobre o cenário da EIP nos cursos de graduação das IES na área delimitada. Os dados foram coletados através de consulta e análise das informações contidas nos sites das IES que oferecem cursos de graduação em saúde, e de entrevistas com os coordenadores de cursos de uma IES que trabalha a EIP no Projeto Pedagógico do Curso (PPC). Os dados quantitativos foram analisados através de frequência simples e as entrevistas depois de transcritas foram analisadas com a utilização de análise de conteúdo. Resultados e Discussão: 80 IES ofereciam cursos de graduação na área de saúde, totalizando 307 cursos. A grande maioria dos websites das IES não disponibilizam informações requeridas pelo Ministério da Educação (MEC): 8,5% disponibilizavam o PPC, 44% relação nominal dos docentes, 18,6% ementas de disciplinas e 57,3% carga horário do curso. Apenas 5,2% das IES apresentavam proposta de EIP em seu PPC e 27,7%, disciplinas cuja nomenclatura sugeria a abordagem interprofissional. Pela análise das entrevistas com os coordenadores da IES selecionada emergiram 8 categorias agrupadas em três eixos temáticos: a) PPC com as categorias: origem da proposta de EIP e capacitação do corpo docente; b) Gestão na IES: educação permanente do corpo docente, avaliação do PPC e organização da matriz curricular e c) a EIP na IES: impacto na formação do aluno, o aluno no processo de ensino, o docente no processo de ensino e a educação interprofissional: teoria, prática; e preparo do aluno no término do curso. Conclusões: O conteúdo dos websites das IES não seguem as exigências do MEC. O termo "interdisciplinar" é utilizado para definir propostas distintas de ensino: integração curricular entre cursos e articulação do conteúdo teórico com a prática. Três IES apresentam a EIP no PPC. A otimização de recursos para manutenção dos cursos foi o objetivo da proposta inicial da IES; há deficiência na formação na educação permanente do corpo docente e no processo de avaliação da proposta de EIP; os conteúdos sobre o trabalho em equipe são desenvolvidos especialmente na prática; os alunos não compreendem a proposta do currículo integrado mas, apesar das dificuldades, os coordenadores veem de forma positiva a prática do currículo integrado, identificando ganhos no âmbito relacional a partir da convivência e sentimento de pertencimento a uma área comum, a saúde.
Título em inglês
Interprofessional education in health undergraduate courses in São Paulo
Palavras-chave em inglês
Health higher education
Interprofessional education
Quality websites
Resumo em inglês
Introduction: The Brazilian Health System demands professionals with humanistic background, focused on comprehensive care and interprofessional teamwork. Although the National Curriculum Guidelines for healthcare courses suggest, since 2001/2002, that those courses should ensure professional training on specific skills and abilities aiming interprofessional work, their implementation is still a challenge, especially about curriculum integration and compliance to the guidelines of the current health care system. Objective: This study aims to give an overview about interprofessional education in higher education institutions in São Paulo city, and in the Metropolitan Areas of São Paulo (RMSP) and Baixada Santista (RMBS). Methodology: This is a quantitative and qualitative study about current situation of interprofessional education in health in undergraduate courses. Data were collected through websites of educational institutions that offer health undergraduate courses, and interviews with courses coordinators of one private institution that was identified in previous stage of this research. Quantitative data were analyzed using simple frequency and interviews after transcription were analyzed using content analysis. Results and discussion: 80 higher education institutions offered undergraduate courses in health, totaling 307 courses. Among other data, 8.5% institutions provide the educational project, 44% nominal list of the teachers, 18.6% the menus disciplines and 57.3% the school hours on their institutional websites. Only 5.2% of IES had interprofessional education proposal in your educational project and 27.7 % subjects whose nomenclature suggested the interprofessional education. For the analysis of interviews with coordinators of the selected IES emerged 8 categories grouped into three themes: a) pedagogical proposal with the categories: origin of interprofessional education proposal and training of the staff; b ) Management in the institution: continuing education for teachers , evaluation of pedagogical proposal and organization of the curriculum c ) interprofessional education in the institution : impact on student education , the student in the teaching process , the teacher in the teaching process and the interprofessional education: theory, practice ; and student preparation at the end of the course. Conclusions: Higher education institutions websites of the contents do not follow the requirements of the Ministry of Education. The term " interdisciplinary " is used to define different proposals for education: curriculum integration between courses and joint theory content with practical. Three institutions have interprofessional education in pedagogical project. Optimize resources for maintenance of the courses was the inicial objective of the interprofessional proposal ; the faculty qualification and continuing education is not enough it isn't a evaluation process of interprofessional education; content about teamwork are specially developed in practice; the students do not understand the proposal of the integrated curriculum and , despite the difficulties , see positively the practice of integrated curriculum, identifying gains in the relational context from the living and feeling of belonging to a common area, health .
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.