• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160514
Document
Author
Full name
Mauro Januario
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1992
Supervisor
Title in Portuguese
Balanços hídrico e de energia e a resposta fisiológica para a cultura de trigo (Triticum aestivum L.)
Keywords in Portuguese
BALANÇO DE ENERGIA
FISIOLOGIA!BALANÇO HÍDRICO
IRRIGAÇÃO
PERDA DE ÁGUA
TRIGO
Abstract in Portuguese
A utilização da irrigação na agricultura brasileira, nos últimos anos, tem demonstrado a conscientização dos agricultores para a melhoria da produtividade das culturas com as quais trabalham. O uso da técnica de aplicação de uma determinada lamina de água, especificamente na cultura de trigo, não tem merecido, de uma forma geral no Brasil, uma base ideal de pesquisas, que pudessem definir o máximo de retorno, expresso pelo aumento na produção nesse sentido. A contribuição deste trabalho e o de avaliar a perda de água, indicando, volume de água aplicado, no decorrer do ciclo vegetativo da cultura de trigo, utilizando a estimativa do consumo de água através dos métodos do balanço hídrico no campo e balanço de energia; assim como analisando o desempenho fisiológico da cultura, através da produção total de matéria seca, taxa de crescimento da cultura e eficiência no uso da água. O estudo foi realizado no centro experimental de Campinas, entre os meses de maio e setembro de 1989. O balanço hídrico foi conduzido semanalmente em duas variedades de trigo. O consumo médio de água, para as cultivares, desde o emborrachamento ate a maturação foi de 188.2mm a evapotranspiração, estimada pelo balanço de energia, variou de 3.8 a 9.1mm/dia -1. A produção total de matéria seca foi maior para cultivar IAC-24, quando submetida a estresse hídrico. A eficiência no uso da água foi maior para IAC-24
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
JanuarioMauro.pdf (3.89 Mbytes)
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.