• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161243
Document
Author
Full name
Vagner Camarini Alves
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1995
Supervisor
Title in Portuguese
Exigências térmicas e avaliação de modelos de estimativa da produtividade de arroz (Oriza sativa L.) irrigado
Keywords in Portuguese
ARROZ IRRIGADO
MODELOS MATEMÁTICOS
PRODUTIVIDADE
TEMPERATURA
Abstract in Portuguese
No presente trabalho foram estudadas as exigências térmicas e avaliados cinco modelos de estimativa da produtividade para o arroz irrigado por inundação, cultivar IAC 4440, em função da temperatura média do ar e da radiação solar, nas regiões de Mococa, Pariquera-Açú e Pindamonhangaba, Estado de São Paulo, no período compreendido entre os anos agrícolas de 1982/83 a 1991/92. Inicialmente estudou-se a relação entre a temperatura do ar e o desenvolvimento da planta para a determinação da temperatura-base. Observou-se que a temperatura base para as fases fenológicas foi: semeadura-germinação: 18,8ºC; germinação-florescimento: 12,8ºC; florescimento-colheita: 12,5ºC e ciclo total, isto é, semeadura-colheita: 11,8ºC. As necessidades térmicas medidas em graus-dia para as fases fenológicas da cultura: semeadura-germinação; germinação-florescimento; florescimento-colheita e semeadura-colheita, encontradas foram, respectivamente: 70, 1246, 402 e 1985 GD. Os modelos para a estimativa da produtividade do arroz irrigado por inundação, em função de parâmetros climáticos, testados neste trabalho foram os propostos por MURATA (1964), HANYU (1966), MURAKAMI et al (1973), YOSHIDA & PARAO (1974) e por PEDRO JR. et al (1994), sendo que a avaliação estatística dos mesmos permitiu verificar que os propósitos por YOSHIDA & PARAO (1974) e por PEDRO JR. et al (1994) foram os que apresentaram melhores estimativas. Apesar disso, sugere-se que no uso mais preciso de quaisquer desses modelos são necessárias adaptações.
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2019. All rights reserved.