• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
José Ricardo Macedo Pezzopane
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1997
Orientador
Título em português
Precipitação pluvial e épocas de pulverização para controle das manchas foliares (Cercospora arachidicola Hori e Cercosporidium personatum(Berk. & Curt.) Deighton ) do amendoim (Arachis hypogaea L.)
Palavras-chave em português
AMENDOIM
CERCOSPORIOSE
CHUVA
FUNGICIDAS
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
PULVERIZAÇÃO
Resumo em português
A influência da ocorrência de chuvas é marcante no desenvolvimento das manchas foliares do amendoim. Com o objetivo de avaliar o uso da precipitação pluvial na previsão de épocas de pulverização para racionalizar o controle das manchas preta e castanha do amendoim, nas regiões produtoras do Estado de São Paulo, foram realizados experimentos de campo em Ribeirão Preto e Pindorama no cultivo "das águas" (1966/1997) e em Pindorama, no cultivo "da seca" (1997). Cada experimento constituiu-se de cinco tratamentos, em blocos ao acaso com cinco repetições, sendo utilizada, em todos os experimentos, a cultivar Tatu de amendoim. Os tratamentos avaliados foram: (A) testemunha, sem controle das doenças; (B) quatro pulverizações em datas fixas, com início aos 42 dias após a semeadura; pulverização após a ocorrência de dois (Tratamento C), quatro (Tratamento D) e seis (Tratamento E) dias com chuvas diárias > 2,5mm, consecutivos ou não, com monitoramento da chuva no período entre o trigésimo quinto e o nonagésimo dia após a semeadura. As pulverizações foram realizadas com clorotalonil, na dosagem recomendada. Para avaliarmos desempenho dos tratamentos foram medidos: índice de severidade, em amostragens semanais realizadas a partir do quarto decêndio após a semeadura, sendo que a intensidade das doenças durante o ciclo foi estimada pela área sob curva de progresso de cada doença (ASCPD), bem como sua soma (ASCPDT). Também foram avaliados os índices de produção: produtividade (kg/ha), rendimento em sementes (%), peso de 200 sementes e distribuição da produção por peneiras. Os resultados obtidos nos experimentos do cultivo "das águas", evidenciaram que os tratamentos com indicação de pulverização após a ocorrência de dois ou quatro dias com chuvas > 2,5mm, mostraram resultados ao tratamento com pulverizações fixas, nos itens: intensidade de doenças (ASCPDT) e produtividade da cultura. O desempenho desses três tratamentos foi superior ao da testemunha e ao do tratamento com indicação de pulverização após a ocorrência de seis dias com chuva > 2,5mm. Devido a ocorrência de elevado número de dias com precipitação pluvial neste período, foi possível, nos dois experimentos, apenas a redução de uma pulverização no tratamento D em relação ao tratamento com pulverizações fixas. No tratamento C, a recomendação de pulverização com fungicidas foi praticamente semelhante ao de pulverizações fixas. No experimento de Pindorama, cultivo "da seca", embora tenha existido variação no número e época de pulverizações proporcionados pelos diferentes tratamentos, resultando em diferentes intensidades de doenças, não houve reflexo nos índices de produção, devido a baixa intensidade das manchas foliares, provavelmente influenciada pela temperatura
Título em inglês
Rainfall and time of spraying to control leaf spots Cercosporidium personatum(Berk. & Curt.) Deighton ) in peanuts (Arachis hypogaea L.)
Resumo em inglês
The effect of rainfall on peanut leaf spot epidemics is very important. Field experiments were carried out at Ribeirão Preto and Pindorama (rainy season), São Paulo, Brazil and Pindorama (dry season), to evaluate the use of rainfall to predict the scheduling of fungicide applications to control peanut early and late leaf spots. Experiments were designed in completely randomized blocks with five replications. The following treatments were studied: (A) control, with no sprays to control leaf spots; (B) 4 sprays, on a 14-day application schedule, beginning at the 42nd day after planting; fungicide application after the occurrence of two (C); four (D) and six (E) days with daily rainfall > 2,5 mm, consecutive or not. The rainfall was monitored between 35th and 90th day after planting. The fungicide applications were made using chlorothalonil. Disease evaluations were made by a severity index in leaflet samples at weekly intervals starting at the 30th day after planting. For each disease, disease severity was calculated by the area under the disease progress curve. A third variable was also obtained by adding the values of both disease. The following evaluations were also made after harvesting and drying naturally: yield of unshelled peanuts (kg/ha), shelling percentage, weight of 200 seeds and seed size distribution. Seed size was evaluated by passing the seeds through successive screens of different slots. The results obtained for the rainy season showed that the treatment: spraying after occurrence of 2 and 4 days with rainfall > 2,5 mm had the same performance as the 4-spraying treatment, considering disease severity and yield. Performance of these three treatments were also better than those of the control and the treatment E. The occurrence of a high number of rainy days during the period of the study, allowed a reduction of only one spray for the treatment D as compared to the 4-spraying treatment, while the treatment C equaled the control. At the experiment at Pindorama, dry season, although there was a difference in number and time of spraying for the different treatments, resulting in differences for disease severity, due to the low incidence of leaf spots, probably influenced by temperature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.