• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-123952
Documento
Autor
Nombre completo
Beatriz Ibet Lozada Garcia
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1993
Director
Título en portugués
Determinação de temperatura-base e influência de variáveis climáticas na duração do ciclo e na produção do milho (Zea, mays L.)
Palabras clave en portugués
MILHO
MUDANÇA CLIMÁTICA
PRODUÇÃO
TEMPERATURA
Resumen en portugués
Com o objetivo de estimar a influência de variáveis físicas do ambiente, na duração dos sub-períodos fenológicos e produção do milho, foi analisada a base de dados das observações fenológicas e de produção, referente ao experimento de híbridos e épocas de semeadura da firma AGROCERES, em Santa Cruz das Palmeiras, SP. Analisou-se o efeito da variável temperatura média do ar e das variáveis deficiência e excedente hídrico obtidas a partir do balanço hídrico no solo, na duração dos sub-período semeadura à floração (SF), floração a colheita (FC) e o ciclo semeadura a colheitas (SC) e na produção do híbrido AG-106, através de um modelo estatístico de regressão. O balanço hídrico foi calculado de acordo com o modelo de Thornthwaite e Mather (1955), modificado para a  determinação do armazenamento e o uso do coeficiente de   cultura (Kc), para quinquídios, usando-se uma capacidade de água disponível variável ao longo do ciclo, sendo a evapotranspiração potencial estimada pelo método de Thornthwaite. A temperatura média do ar foi a variável que melhor explicou a duração do sub-período semeadura à floração, mas a duração do sub-período FC e o ciclo todo, apresentaram uma baixa correlação com as variáveis analisadas. O uso do fator hídrico de correção dos graus - dia melhorou a estimativa da duração do sub-período plantio à floração. Os graus-dia estimados a partir da temperatura - base 1°C, corrigidos para eliminar o efeito do fator hídrico, promoveram a melhor estimativa na duração do sub-período semeadura a floração. A produção foi melhor explicada pela temperatura média que ocorreu no sub-período floração à colheita. Não foi encontrada correlação linear entre a produção e a variável deficiência hídrica, para nenhum dos sub-período estudados, mais a análise do efeito do déficit de evapotranspiração relativa sobre o rendimento determinado pelo modelo de Stewart (1973) mostrou uma tendência de diminuição do rendimento ao redor de 30% quando a temperatura média no sub-período floração à-colheita foi maior que 22°C. Abaixo desse valor, a temperatura média nesse sub-período foi o principal fator, afetando o rendimento, o qual diminui relativamente em 50% do estimado pelo modelo de Stewart.
Título en inglés
Determination of base-temperature and influence of climatic variables on the cycle duration and on the production of corn (Zea mays L.)
Resumen en inglés
The base data of phenological observations and production was analysed for a corn hybrid essay at Santa Cruz das Palmeiras, objective was S.P, to Brazil, envolving planting dates.The estimate the influence of physical environmental variables on the sub-period duration and the production of corn. The effects of mean air temperature, water excess and deficit calculated from soil water balance dÚring the sub-period planting to flowering, flowering to harvesting and the planting to harvesting cycle, and with the production of the hibrid AG-106 were studied through a regression model. The water balance was calculated acording with Thornthwaite & Mather model, modified with respect to soil water storage and crop coefficient (Kc), for five day periods, was used a changing available soil water content through of the total cycle. The potential evapotranspiration  was estimated by Thornthwaite's method. The mean air temperature best explained the length of the sub-period planting - flowering, but the sub-period of flowering to harvesting and the planting harvesting cycle showed low correlation with the analysed variables.The use of degrees-day corrected by a factor which considered the soil water availability improved the planting - flowering duration. The duration of the sub-period was best estimated for a base-temperature of 10°C and when the correction factor for hydric effect was used. The grain yield was best explained by the mean air temperature of the sub-period flowering to harvesting. No a linear correlation was found between grain yield and soil water deficits in all the periods, but an analysis of the relative evapotranspiration deficit effect on the yield, by the model proposed by Stewart (1973), showed a tendency to decrease the maximum yield in about 30% when the mean temperature in the flowering - harvesting sub-period was above 22° C. Below this value, the mean air temperature in this sub-period was the main factor affecting the yield, indicanding a 50% decrease in relation to the estimated yield by Stewart's model.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-12-19
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.