• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-172933
Documento
Autor
Nome completo
José Gabriel da Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2000
Orientador
Título em português
Avaliação do risco de ocorrência de geadas no Estado de Santa Catarina
Palavras-chave em português
AGROMETEOROLOGIA
ANÁLISE DE RISCO
GEADA
OCORRÊNCIA
Resumo em português
A geada é um dos muitos problemas que os agricultores catarinenses enfrentam durante o período de produção e de comercialização de seus produtos, especialmente, quando elas ocorrem precoce ou tardiamente. Como a utilização de medidas mais eficientes de combate às geadas são onerosas, a alternativa passa a ser o planejamento das atividades agrícolas de acordo com as condições climáticas. Para tanto, informações relativas à frequência de ocorrência e às intensidades das geadas são fundamentais. Com o objetivo de determinar a relação entre a temperatura mínima da relva (Tmr) e do abrigo meteorológico (Tma) e a probabilidade mensal de geadas de diferentes intensidades efetuou-se o presente trabalho. Foram utilizados dados de temperatura mínima do ar obtidos na relva e no abrigo meteorológico de oito localidades catarinenses: Campos Novos, Chapecó, Lages, Ponte Cerrada, São Joaquim, São Miguel D'Oeste, Urussanga e Videira, pertencentes à Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI). Primeiramente, foram processados os dados de Tmr e Tma, estabelecendo-se a diferença média entre ambas (ΔT) em noites de geada. Posteriormente, os dados da ΔT foram divididos em intervalos de classe de modo a se obter sua distribuição, a qual foi aplicada três funções probabilísticas: normal, log-normal e gama, para a determinação de sua probabilidade de ocorrência. Em seguida, determinou-se por meio de frequência relativa a probabilidade mensal de ocorrência de geadas de diferentes intensidades e também a probabilidade de geadas de diferentes intensidades em cada mês. Os resultados mostraram que o ΔT variou de 2,1 a 4,8°C entre as localidades analisadas, indicando haver efeito da altitude nessa diferença. Foram geradas equações de estimativa da Tmr em função de Tma, sendo essas polinomiais. Essas equações foram utilizadas, posteriormente, para a recuperação de parte dos dados de Tmr. Com relação à probabilidade de ocorrência de dada ΔT, utilizou-se a função normal para as localidades de Chapecó, Lages, Ponte Cerrada, São Miguel D'Oeste e Videira, a função log-normal para Campos Novos e Urussanga e a função gama para São Joaquim. As maiores probabilidades de ΔT encontram-se na faixa de 0,1 a 3,0°C para Campos Novos, São Miguel D'Oeste, Urussanga e Videira. Em Ponte Cerrada a maior probabilidade é de ΔT entre 2,1 e 4,0°C, em Chapecó e São Joaquim entre 3,1 e 5,0°C e em Lages entre 4,1 e 6,0°C. Com os dados de Tmr e os respectivos valores de Tma obteve-se para cada localidade a probabilidade mensal de ocorrência de geadas de diferentes intensidades, verificando-se que a maior probabilidade de ocorrência de geadas de qualquer intensidade distribuem-se de maio a setembro em São Miguel D'Oeste, de maio a novembro em Urussanga, de abril a outubro em Campos Novos, Chapecó e Ponte Cerrada, de março a novembro em Videira, de fevereiro a dezembro em Lages e de janeiro a dezembro em São Joaquim. As maiores probabilidades de ocorrência de geadas precoces ou tardias ocorrem em Lages e São Joaquim. A probabilidade de ocorrência de geadas de diferentes intensidades em cada mês também foi determinada. Em todas as localidades analisadas, a geada mais frequente é a fraca (Tmr Δ 0,0 a -1,9°C), com probabilidade de ocorrência variando de 36 a 92%. Somente nas localidades de Lages, Videira e São Joaquim há a possibilidade de ocorrência de geadas extremamente fortes (Tmr <-9,9°C), apesar das baixas probabilidades. Espera-se com esse trabalho oferecer ao setor produtivo, aos órgãos de previsão e monitoramento climático, aos agricultores catarinenses e à sociedade, em geral, dados e informações inéditas que auxiliem o planejamento agrícola da região.
Título em inglês
Evaluation of frost risk occurrence in Santa Catarina State - Brazil
Resumo em inglês
The frost is one of the many problems that the catarinenses farmers faces during the production period, especially, when it happen earlier or later. As the use of the most efficient practices to combat frosts is onerous, the alternative becomes to plan the agricultural activities in agreement with the c1imatic conditions. For so much, information about the occurrence frequency and the intensities of the frosts are fundamental. With the objective of determining the relationship between the grass (Tmr) and screen (Tma) minimum temperature and the monthly probability of frosts at different intensities was made the present work. Data of air minimum temperature obtained on the grass and in the meteorological screen of eight places in the state of Santa Catarina: Campos Novos, Chapecó, Lages, Ponte Cerrada, São Joaquim, São Miguel D'Oeste, Urussanga and Videira, belonging to the Company of Agricultural Research and Rural Extension of Santa Catarina (EPAGRI), were used to study this subjects. Firstly, the data of Tmr and Tma were processed, settling down the average difference between them (ΔT) in frost nights. Later on, the data of ΔT were divided in intervals of classes to obtain its distribution, which three functions probabilistics were applied: normal, log-normal and gama, for the determination of its occurrence probability. Soon after, it was determined, by relative frequency, the monthly probability of occurrence of frosts at different intensities and also the probability of frosts at different intensities in each month. The results showed that ΔT varied from 2,1 to 4,8°C among the analyzed places, indicating there is effect of the altitude in this difference. Equations of estimate of Tmr were generated in function of Tma, being those polinomials. Those equations were used, later on, to recovery part of the Tmr data. With relation the occurrence probability of given ΔT, the normal function was used to the places of Chapecó, Lages, Ponte Cerrada, São Miguel D'Oeste, and Videira, the log-normal function for Campos Novos and Urussanga and the gama function to São Joaquim. The largest probabilities of ΔT is from 0,1 to 3,0°C for Campos Novos, São Miguel D'Oeste, Urussanga, and Videira. In Ponte Cerrada the largest probability of ΔT is between 2,1 and 4,0°C, in Chapecó and São Joaquim between 3,1 and 5,0°C and in Lages between 4,1 and 6,0°C. With the data of Tmr and the respective values of Tma it was obtained to each place the monthly probability of frosts occurrence at different intensities, being verified that the largest probability of frosts occurrence of any intensity is distributed from May to September in São Miguel D'Oeste, from May to November in Urussanga, from April to October in Campos Novos, Chapecó, and Ponte Cerrada, from March to November in Videira, from February to December in Lages and from January to December in São Joaquim. The largest probabilities of occurrence of earlier or later frosts happen in Lages and São Joaquim. The probability of frosts occurrence at different intensities in every month it was also determined. In every analyzed places, the most frequent frost is weak (Tmr = 0,0 to -1,9°C), with occurrence probability varying from 36 to 92%. Only in Lages, Videira and São Joaquim there is the possibility of occurrence of extremely strong frosts (Tmr < -9,9°C), in spite of the low probabilities. It is waited with this work to offer to the productive section, to the forecast and climatic monitoring systems, to the catarinenses farmers and to the society, in general, data and unpublished information that aid the agricultural planning of the state of Santa Catarina, Brazil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.