• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1984.tde-20220207-220649
Documento
Autor
Nombre completo
Hamilton Justino Vieira
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1984
Director
Título en portugués
Parâmetros hídricos e de crescimento de duas variedades de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) sob diferentes condições de disponibilidade de água no solo
Palabras clave en portugués
ÁGUA DO SOLO
CRESCIMENTO VEGETAL
DISPONIBILIDADE HÍDRICA
FEIJÃO
PARÂMETROS HÍDRICOS
VARIEDADES VEGETAIS
Resumen en portugués
O presente trabalho teve como objetivo estudar o consumo de água e as características morfofisiológicas do feijoeiro com a variação da água disponível no solo, sob condições de campo. Para tanto utilizaram-se duas variedades de feijoeiro (Aroana 80 e Aeté 3) em três épocas de plantio com uma diferença de quinze dias entre elas. Para verificar as respostas das duas variedades às condições de défice hídrico, a partir de um determinado tempo após a emergência (72 dias para a primeira, 58 dias para a segunda e 42 dias para a terceira época de plantio) suspendeu-se a irrigação em uma parcela de cada época de plantio para as duas variedades (tratamentos D); as demais parcelas foram conduzidas sem suspensão de irrigação (tratamentos I). A partir do segundo dia após a suspensão da irrigação acompanhou-se para os tratamentos D, no período diurno, a variação do potencial da água no solo nas diversas profundidades, da resistência estomática à difusão do vapor dágua e da densidade do fluxo transpiratório, para a segunda e terceira épocas de plantio nas duas variedades; para o Aroana 80 foram determinados o potencial total da água na folha (ψt) e seus componentes osmótico (ψo), de pressão (ψp) e da soma do osmótico e matricial (ψo+m). O consumo de água foi estimado pelo método do balanço de água. Os resultados mostraram que a fração de água disponível (FAD) no perfil de solo até 675mm de profundidade atingiu valores mínimos durante o período de suspensão da irrigação, em torno de 0,40. Nos tratamentos sem interrupção da irrigação essa fração variou de 0,52 a 0,60 para as diferentes épocas de plantio. O grau de estresse hídrico foi atenuado pela redistribuição noturna da água no solo. Devido a isto, não ocorreram variações bruscas nos valores de resistência estomática à difusão de vapor dágua e densidade de fluxo transpiratório. No entanto, a variação de (ψt), com valores mínimo de -1,4 MPa, e de (ψp), com valores mínimos de +0,2 MPa, provavelmente foi responsável pela diminuição da expansão das folhas e do aparecimento de novos órgãos, fato este caracterizado em maior grau na terceira e segunda épocas de plantio da variedade Aroana 80. A variedade Aeté 3 mostrou um comportamento diferente nas seguintes características, com relação ao Aroana 80: emissão de uma guia vegetativa; estádios reprodutivos menos definidos; movimento foliar de paraheliotropismo mais precoce, tanto com relação ao período de estresse como dentro do período diurno; resistências estomáticas médias à difusão de vapor dágua ligeiramente mais elevadas, densidade de fluxo transpiratório, consumo global de água e redução de acúmulo de matéria seca menores nos tratamentos que sofreram interrupção da irrigação, maior acúmulo de matéria seca em todos os tratamentos. A evapotranspiração acumulada no ciclo de desenvolvimento para a variedade Aroana 80 variou de 286,9 a 320,8 e de 341,7 a 467,2mm para os tratamentos com e sem interrupção de irrigação respectivamente. Para a variedade Aeté 3 variou de 291,3 a 307,1mm nos tratamentos com interrupção da irrigação.
Título en inglés
Hydric and growth parameters for two bean (Phaseolus vulgaris L.) varieties under different conditions of soil water availability
Resumen en inglés
The aim of the present work was to study the water consumption and the morphophysiological characteristics of bean plants in relation to the variation of the available water, under field conditions. To this purpose two varieties of bean plants (Aroana 80 and Aeté 3) were used, in 3 different planting times, with a time interval of 15 days between them. To check the responses of these two varieties to the conditions of water stress, some time after emergency (72, 58 and 42 days for the first, second and third planting times, respectively) irrigation was stopped for one plot of each planting time, for the two varieties (treatments D); irrigation was maintained for the two remaining plots (treatment I). As from the second day after stopping irrigation, the plots in treatment D were observed, during the daylight period, for variation in the soil water potential at the various depths, stomatal resistance to water vapor diffusion and density of transpiratory flow, for the second and third planting times for the two varieties; for the Aroana 80, determinations were made of the leaf water total potential (ψt) and its osmotic (ψo) and pressure (ψp) components, and of the summation of the osmotic and matrix (ψo+m) potentials. The water consumption was estimated by the water balance method. The results showed that the fraction of water available (FAD) in the soil profile to a depth of 675mm reached minimum values during the non-irrigation period, around 0.40. In the treatments where irrigation was not stopped this fraction varied from 0.52 to 0.60 for the different planting times. The degree of water stress was attenuated by the night time redistribution of water in the soil. Owing to this, unexpected variations did not occur in the values of stomatal resistance to water vapor diffusion and density of transpiratory flow. However, the variation in (ψt), with minimum values of -1.4 MPa; and of (ψp), with minimum values of +0.2 MPa, can probably account for the decrease in the leaf expansion and for new shoots, a fact characterized to greater extent in the third and second planting times for the variety Aroana 80. The variety Aeté 3 showed a different behaviour when compared to the Aroana 80, regarding the following characteristics: emission of twining; less clearly defined reproductive stages; earlier paraheliotropic leaf movement, either in relation to the stress period as within the daylight period; slightly higher average for stomatal resistance to water vapor diffusion; lower density of transpiratory flow, lower global water consumption and lower reduction of dry matter accumulation in the treatments which underwent interruption of irrigation; greater dry matter accumulation in all treatments. The accumulated evapotranspiration in the development cycle for the var. Aroana 80 varied from 286.9 to 320.8 and from 341.7 to 476.2mm for the treatments with and without interruption of irrigation, respectively. For the variety Aeté 3 it varied from 291.3 to 307.1mm in the treatments where irrigation was stopped.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-02-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.