• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2009.tde-23062009-080546
Documento
Autor
Nome completo
Elisabete Maria Mellace
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Silva, Iran José Oliveira da (Presidente)
Mourão, Gerson Barreto
Titto, Evaldo Antonio Lencioni
Título em português
Eficiência da área de sombreamento artificial no bem-estar de novilhas leiteiras criadas a pasto
Palavras-chave em português
Bovinos leiteiros
Conforto ambiental
Novilhos
Pastagens
Sombreamento.
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo avaliar e quantificar o efeito do sombreamento artificial proporcionado por diferentes áreas de sombra sobre a fisiologia e o comportamento de novilhas leiteiras, em ambiente de pastagens. A pesquisa foi realizada no período de fevereiro a abril de 2008. A área experimental foi dividida em 20 parcelas adjacentes com 84m² para os tratamentos 1, 2 e 3 e com 70m² para os tratamentos 4 e 5. Foram comparados a testemunha (tratamento 1, sem sombra) com 4 áreas de sombreamento por animal, tratamento 2 (com 1,5m²), tratamento 3 (3,0m²), tratamento 4 (5,0m²) e tratamento 5 (8,0m²), As dimensões dos abrigos foram 1,0m x 1,5m x 3,5m (largura, comprimento e altura) (1,5m² de sombra.animal-1), 1,5m x 2,0m x 3,5m (3,0m² de sombra.animal-1), 2,0m x 2,5m x 3,5m (5,0m² de sombra.animal-1) e 2,0m x 4,0m x 3,5m (8,0m² de sombra.animal-1), sem paredes laterais. Foram utilizadas 20 novilhas mestiças, 3/4 Jersey, ½ Holandesa e Jersey e Holandesas puras, com idade entre 12 e 25 meses e peso médio variando de 240 a 360kg, pareadas em função da uniformidade de peso e idade. As novilhas permaneciam em piquetes de Penissetum purpureum e complementação da dieta no cocho, durante a noite e após as 8:00 horas eram conduzidas para as parcelas. A Tgn foi registrada por um minidatalogger da marca LOGEN LS 8856 ALPAX. As variáveis meteorológicas foram obtidas no posto agrometeorológico da ESALQ/USP. Durante nove dias não consecutivos foram registradas FR e TS. As observações comportamentais foram realizadas em dias não consecutivos (nove dias) no período das 10:00 ás 16:00 horas pelo método focal. As condições ambientais em 66,7% do período da pesquisa foram em condição de estresse térmico para as novilhas. Os valores de FR e TS foram menores sob a maior área de sombra (P<0,05) e semelhantes entre os 1,5m², 3,5m² e 5,0m² (P>0,05). Houve correlação da Tgn com a FR e a TS. Não foram observadas alterações comportamentais entre os tratamentos, os animais ficaram sob as sombras nas horas mais quentes do dia, preferencialmente em pé, o comportamento seguiu os padrões conhecidos para bovinos. Para novilhas leiteiras a melhor área de sombreamento artificial é de 3m².
Título em inglês
Artificial shadow area efficiency in milk heifers welfare in pastures
Palavras-chave em inglês
Dairy cattle
environmental comfort
heifers
pasture
shading.
Resumo em inglês
This study had as objective to evaluate and quantify the effect of artificial shading proportioned by different shadow areas under physiology and behavior of milk heifers, in pastures. Research was realized in the period from February to April, 2008. Experimental area was divided in 20 adjacent parcels with 84m2 to treatments 1, 2 and 3 and with 70m2 to treatments 4 and 5. Were compared witness (treatment 1, no shadow) with 4 shading areas per animal, treatment 2 (with 1,5 m²), treatment 3 (3,0 m²), treatment 4 (5,0 m²) and treatment 5 (8,0 m²). Shelters dimensions were 1,0m x 1,5m x 3,5m (width, length and height) (1,5m² of shade.animal-1), 1,5m x 2,0m x 3,5m (3,0m² of shade.animal-1), 2,0m x 2,5m x 3,5m (5,0m² of shade.animal-1) and 2,0m x 4,0m x 3,5m (8,0m² of shade.animal-1), without walls in the sides. Twenty crossbred heifers were used, 3/4 Jersey, ½ Holstein and pure Jersey and Holstein, with ages among 12 and 25 months and average weight varying from 240 to 360 kg, paired in function of weight and age uniformity. Heifers remained in Penissetum purpureum paddocks and had a diet complementation in the trough, during the period of night and after 8:00am they were conducted to the parcels. Tgn was registered by a minidatalogger from LOGEN LS 8856 ALPAX trend. Meteorological variables were obtained in the agrometeorological post from ESALQ/USP. During nine non consecutive days were registered FR and TS. Behavioral observations were realized in non consecutive days (nine days) in the period from 10:00am to 16:00pm by the focal method. 66,7% of environmental conditions in the period of research were in thermal stress conditions to the heifers. Values of FR and TS were minor under the major area of (P<0,05) and similar among 1,5m², 3,5m² and 5,0m² (P>0,05). There was a correlation of Tgn with FR and TS. Behavioral alterations among the treatments were not observed, animals stayed under the shadow in the hotter hours of the day, preferably on foot, behavior followed the known patters to bovine. For milk heifers the better of artificial shading area is 3m².
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-07-13
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • MELLACE, Elizabete Maria, et al. Avaliação comportamental de novilhas leiteiras criadas a pasto expostas as diferentes áreas de sombreamento artificial. Thesis (São Paulo. Online) [online], 2009, vol. V, p. 17-23. Dispon?vel em: http://www.cantareira.br/thesis2/atual/iran_comportamento_12.pdf.
  • SOUZA, B. B., et al. Avaliação do ambiente térmico promovido pelo sombreamento sobre o processo termorregulatório em novilhas leiteiras. Agropecuária Científica no Semi-Árido, 2010, vol. 6, p. 59-65.
  • MELLACE, Elizabete Maria, et al. Avaliação comportamental de novilhas leiteiras criadas a pasto expostas as diferentes áreas de sombreamento artificial. In VIII Congresso de Zootecnia, Vila Real, Portugal, 2009. Livro de Comunicações do VIII Congresso de Zootecnia.Vila real, Portugal : APEZ, 2009. Resumo.
  • MELLACE, Elizabete Maria, et al. Estudo da relação entre o índice de entalpia de conforto (IEC) e a amônia (NH3) e sua influência no bem estar de suínos. In I Congresso Internacional de Conceitos em Bem estar Animal, Rio de Janeiro. Anais do I Congresso Internacional de Conceitos em Bem estar Animal.Rio de Janeiro : WSPA, 2006. Resumo.
  • SILVA, I. J. O., et al. Avaliação de diferentes áreas de sombreamento nas respostas fisiológicas de novilhas leiteiras em. In 46 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, Maringá, PR., 2009. Anais da 46 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia.Viçosa, MG. : SBZ., 2009. Resumo.
  • BARBOSA FILHO, José Antonio Delfino, SILVA, I. J. O., e MELLACE, Elizabete Maria. Ambiência e instalações para novilhas leiteira. In PEREIRA, E.S., et al. NOVILHAS LEITEIRAS. Organizador. Fortaleza, 2010{Volume}. cap. 1, p. 593-632.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11131/tde-23062009-080546/
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.