• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Marina de Paula Vilela
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Barros, Geraldo Sant Ana de Camargo (Presidente)
Adami, Andreia Cristina de Oliveira
Bragagnolo, Cassiano
Miranda, Silvia Helena Galvao de
Título em português
Estimação da oferta e da demanda de exportação de carne bovina brasileira para a Ásia no período de 2002 a 2017
Palavras-chave em português
Barreiras Sanitárias
Carne Bovina
Exportação
Resumo em português
O presente trabalho tem como principal objetivo analisar o comércio internacional e estimar os determinantes da demanda e oferta de exportação de carne bovina do Brasil para o período de 2002 a 2017. O Brasil permanece como o maior exportador mundial desse produto agropecuário. Além disso, busca-se elaborar um modelo teórico que explica o crescimento da exportação da carne bovina brasileira. A análise é pautada no comércio de carne bovina desossada e congelada para a Ásia e propõe-se a investigar as elasticidades das variáveis econômicas que constituem a oferta e demanda de exportação para esse mercado específico. Também se pretende estimar o impacto das medidas sanitárias estabelecidas pelo mercado asiático sobre as vendas do Brasil. Por meio de modelo de equações simultâneas, aplicam-se os métodos de mínimos quadrados em dois estágios (2SLS) e mínimos quadrados em três estágios (3SLS) para estimar as equações. Os resultados mostram que, para a equação de demanda de exportação, o preço da carne bovina brasileira no mercado asiático é uma variável relevante para a performance do setor. Os preços da carne bovina dos países concorrentes do Brasil na Ásia também apresentam coeficientes expressivos. Para a equação de oferta de exportação, constata-se que a variável peso médio das carcaças, que representa a produtividade, exibe a maior elasticidade entre os fatores analisados nessa equação. A renda interna e o preço do produto brasileiro no mercado asiático também são variáveis que interferem com maior grau no desempenho do volume exportado de carne bovina. Em relação aos embargos estabelecidos por Filipinas, a exportação de carne bovina do Brasil para a Ásia reduziu 21,45%. Esse resultado se deve principalmente a suspensão da compra devido à reintrodução do vírus da febre aftosa no Paraná e no Mato Grosso do Sul em outubro de 2005. A China também suspendeu a compra de carne bovina brasileira em dezembro de 2012, após a ocorrência de um caso atípico no Brasil de BSE, retomando as negociações em novembro de 2014. Mas, nesse caso, as vendas do Brasil para a Ásia não foram afetadas. Os chineses podem ter consumido o produto brasileiro via Hong Kong, considerado um mercado "cinza", ou seja, não formal e porta de entrada para a China.
Título em inglês
Estimate of supply and demand for Brazilian beef exports to Asia from 2002 to 2017
Palavras-chave em inglês
Beef
Export
Sanitary Barriers
Resumo em inglês
The main objective of this work is to analyze international trade and estimate the determinants of the demand and supply of beef exports from Brazil for the period from 2002 to 2017. Brazil remains the world's largest exporter of this agricultural product. In addition, it seeks to elaborate a theoretical model that explains the export growth of the Brazilian beef. The analysis is based on the trade of boneless and frozen beef to Asia and it is proposed to investigate the elasticities of the economic variables that constitute the supply and demand of exports for that specific market. It also intends to estimate the impact of the sanitary measures established by the Asian market on Brazilian sales. By means of the simultaneous equations model, two-stage least squares (2SLS) and three-stage least squares (3SLS) methods are used to estimate the equations. The results show that, for the export demand equation, the Brazilian beef price in the Asian market is a relevant variable for the sector performance. Beef prices in Brazil's competing countries in Asia also show significant coefficients. For the export supply equation, it can be seen that the variable mean weight of the carcasses, which represents the productivity, shows the highest elasticity among the factors analyzed in this equation. The domestic income and the price of the Brazilian product in the Asian market are also variables that interfere with a greater degree in the performance of the exported volume of beef. Regarding the embargoes established by the Philippines, beef exports from Brazil to Asia decreased by 21.45%. This result is mainly due to the suspension of the purchase due to the reintroduction of the foot-and-mouth disease virus in Paraná and Mato Grosso do Sul in October 2005. China also suspended the purchase of Brazilian beef in December 2012, following the occurrence of one an atypical case in Brazil of BSE, resuming negotiations in November 2014. But in this case, sales from Brazil to Asia were not affected. The Chinese may have consumed the Brazilian product via Hong Kong, considered a "gray" market, that is, non-formal and gateway to China.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.