• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2012.tde-14082012-094235
Documento
Autor
Nome completo
Daiane Diehl
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2012
Orientador
Banca examinadora
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade (Presidente)
Lima, Lilian Maluf de
Maistro, Marta Cristina Marjotta
Miranda, Silvia Helena Galvao de
Moraes, Márcia Azanha Ferraz Dias de
Título em português
Formação do preço de etanol hidratado no Estado de São Paulo e sua relação com os mercados de açúcar e de gasolina
Palavras-chave em português
Açúcar
Etanol
Gasolina
Preços
Resumo em português
O principal objetivo deste estudo foi estimar um modelo analítico que explicasse a relação entre os mercados de etanol hidratado e de gasolina C, incluindo, também, efeitos de outros fatores, como o preço de açúcar nos mercados doméstico e internacional e a renda. Por sua capacidade de captar efeitos dinâmicos, utilizou-se o Modelo de Auto-Regressão Vetorial com Correção de Erro VEC. A análise das funções de demanda dos combustíveis mostrou que o consumo de etanol responde de forma expressiva a variações contemporâneas no próprio preço e no preço da gasolina, produto substituto nesse segmento de mercado. Já com relação à demanda de gasolina C, verifica-se que suas vendas respondem menos tanto ao próprio preço como ao do etanol. De maneira geral, a análise das funções de respostas a impulsos permite verificar que os efeitos dos choques não antecipados sobre as variáveis do modelo são de curta duração, desaparecendo, na maior parte das vezes, após o terceiro mês. A renda mostrou-se importante variável explicativa tanto para o consumo de etanol hidratado quanto de gasolina C. Um choque exógeno no preço internacional de açúcar resulta em um efeito elevado no preço do produto no mercado doméstico. De outro lado, um choque no preço doméstico de açúcar tem impacto significativo no preço do etanol anidro (elasticidade acumulada de 0,57), sendo que esses produtos concorrem pela mesma matéria-prima na indústria. Como este preço, por sua vez, representa uma variável proxy para o preço do etanol hidratado no segmento produtor, pode-se afirmar que 60% das variações de preço neste segmento são transmitidas ao preço do combustível no mercado varejista. A análise da decomposição das variâncias do erro de previsão evidenciou que a variável que tem maior impacto sobre o preço do etanol hidratado combustível no varejo é o preço do etanol anidro (proxy do preço do etanol hidratado no segmento produtor). Os principais determinantes da venda de etanol hidratado no varejo são a renda, o preço do etanol hidratado combustível no varejo e o do etanol anidro no segmento produtor. Já com relação às vendas de gasolina C no varejo, o principal determinante é a renda, enquanto as demais variáveis pouco contribuem para explicar suas variações. Finalmente, a análise da previsão dentro da amostra para o preço do etanol hidratado no segmento varejista sugere que este preço assumiria um patamar mais elevado, não fosse a atual política de controle de preços dos derivados do petróleo adotada no Brasil. Nas duas últimas safras do período estudado, o preço praticado está, em média, 23,7% abaixo do previsto pelo modelo estimado neste estudo. Vale ressaltar que o modelo estimado capta o padrão médio do comportamento da série, dados os fundamentos de mercado considerados, os quais explicam pelo menos 76% das variações do preço do etanol hidratado no varejo.
Título em inglês
Price formation of hydrated ethanol in the State of São Paulo and its relationship with sugar and gasoline markets
Palavras-chave em inglês
Ethanol
Gasoline
Prices
Sugar
Resumo em inglês
The main objective of this study was to estimate an analytical model to explain the relationship between the markets of hydrated ethanol fuel and gasoline C, including effects of other factors such as sugar prices in the domestic and the International markets and income. Because of its ability to capture dynamic effects, the Auto-regression Model with Vector Error Correction VEC was used. Analysis of the demand function showed ethanol fuel consumption significantly responds to contemporary variations of its price and gasoline price, replacement product in this market segment. Regarding the demand for gasoline C, it appears that sales respond less to its price and ethanol price. In general, analysis of the response functions to impulses allows to verify that the effect of unanticipated shocks on model variables are of short duration and disappears, in most cases, after three months. Income proved to be important in ethanol and gasoline C consumption. An exogenous shock in the international sugar price results in a large effect on the product price in the domestic market. Therefore, a shock in the domestic sugar price has a significant impact on the anhydrous ethanol price (accumulated elasticity of 0.57), once these products compete for raw material in the sector. Given that this price represents a proxy variable for the hydrous ethanol price for the industry, 60% of the price in this segment is transmitted to the fuel price in the retail market. A decomposition analysis of forecast error variance showed that the variable with greater impact on the hydrated ethanol fuel price in the retail market is the anhydrous ethanol price (proxy of the hydrated ethanol price in the industry). The main determinants of hydrated ethanol sales in the retail market are the income, the hydrated ethanol fuel price and the anhydrous ethanol fuel price in the industry. Gasoline C sales in the retail market are mostly determined by income, while the other variables contribute little to explain its variations. Finally, the analysis of the in-sample forecast for the hydrated ethanol price in the retail market suggests that this price would assume a higher level, if there were not the current policy of controlling prices of petroleum derivatives adopted in Brazil. In the last two seasons of the analysis, the price was on average 23.7% below that predicted by the model estimated in this study. It is noteworthy that the estimated model captures the average standard of the series, given the market fundaments considered, which explain at least 76% of the variations in the hydrated ethanol price in the retail market.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Daiane_Diehl.pdf (6.22 Mbytes)
Data de Publicação
2012-08-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.