• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Leandro Gilio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade (Presidente)
Caldarelli, Carlos Eduardo
Moraes, Márcia Azanha Ferraz Dias de
Moreira, Gustavo Carvalho
Título em português
Dois estudos sobre mercado de trabalho do setor sucroenergético: dimensão e avaliação de transformações recentes
Palavras-chave em português
Crise do setor sucroenergético
Fluxo de trabalhadores
Mecanização
Mercado de trabalho do setor sucroenergético
Realocação de mão-de-obra
Resumo em português
A agroindústria sucroenergética tem importância histórica no agronegócio brasileiro e vivenciou um período de grande desenvolvimento e transformações nas últimas décadas, o que, consequentemente, impactou de maneira diversa sobre o mercado de trabalho da atividade. Neste contexto, diversos estudos buscaram avaliar a evolução de indicadores do mercado de trabalho da agroindústria sucroenergética, destacando sua dimensão, transformações e relevância. Porém, ainda se identificam lacunas pouco exploradas pela literatura científica, como o impacto de transformações institucionais e conjunturais no mercado de trabalho do setor, advindos principalmente da restrição às queimadas no processo de colheita e do período de crise na atividade. Posto isso, este trabalho de tese busca contribuir neste campo de estudo, com dois capítulos independentes, ambos tendo como argumento principal a avaliação das mudanças institucionais e conjunturais do setor sucroenergético ao longo dos últimos anos, com destaque aos efeitos sobre o mercado de trabalho formal da atividade. No primeiro, adentra-se à discussão de maneira mais ampla, avaliando-se a evolução dos indicadores do mercado de trabalho formal dos setores de cana-de-açúcar, açúcar e etanol para o período de 2000 até 2016. Também são calculadas equações de rendimento, de modo a se obter informações sobre os determinantes do nível de salário dos trabalhadores do setor sucroenergético. Como resultados principais, verifica-se a grande expansão do número de empregos e salários até 2008, com diferenciais de salários entre os trabalhadores do setor, em geral, apresentando redução. Mas, houve queda no número de ocupações no período imediatamente posterior, até 2016, mas com crescimento da qualidade das ocupações. Destacou-se também o processo de mecanização da colheita que impactou na redução significativa de empregos na área agrícola. Também se verificaram efeitos da crise do setor, que teve influência expressiva principalmente na queda de empregos na indústria entre 2008 e 2016. No segundo estudo, busca-se uma análise mais específica dos efeitos destas mudanças institucionais e conjunturais sobre o mercado de trabalho formal do setor sucroenergético, lançando-se foco específico sobre os fluxos de contingente de trabalhadores relacionados à atividade, avaliando-se fluxos de migração e a realocação dos trabalhadores entre atividades e localidades no período de análise de 2008 e 2016, com o uso da metodologia de redes socioeconômicas e clusters. Como resultados principais, verifica-se a saída do mercado formal de um grande contingente de trabalhadores, com característica majoritária de baixa escolaridade, o que evidencia a dificuldade de trabalhadores do setor em se realocar de maneira formal em outras atividades.
Título em inglês
Two essays assessing the Brazilian sugarcane industry labor market: the dimension and evaluation of recent transformations
Palavras-chave em inglês
Crisis of the sugarcane industry
Labor market of sugarcane industry
Mechanization
Reallocation of labor
Workers flows
Resumo em inglês
The sugarcane agroindustry has historical importance in Brazilian agribusiness and has experienced a period of great development and transformation in the last decades, which, consequently, had a different impact on the labor market of the activity. In this context, several studies sought to evaluate the evolution of indicators of the labor market of the sugarcane agroindustry, highlighting its size, transformations and relevance. However, there are still gaps that are not explored by the scientific literature, such as the impact of institutional and conjunctural changes in the labor market of the sector, mainly due to the restriction to the burnings in the harvesting process and the period of crisis in the activity. Thus, this thesis aims to contribute in this field of study, with two independent chapters, both having as main argument the evaluation of the institutional and conjunctural changes of the sugarcane industry in recent years, with emphasis on the effects on the formal labor market of the activity. In the first, a broader discussion is introduced, evaluating the evolution of the formal labor market indicators of the sugar cane, sugar and ethanol sectors for the period from 2000 to 2016. Income equations are also calculated, in order to obtain information about the determinants of the wage level of workers in the sugar-energy sector. The main results are the great expansion in the number of jobs and wages up to 2008, with salary differentials among workers in the sector, in general, showing a reduction. However, there was a decrease in the number of occupations in the period immediately after, until 2016, but with growth in the quality of occupations. It was also highlighted the mechanization process of the harvest that impacted on the significant reduction of jobs in the agricultural area. There were also effects of the sector's crisis, which had a significant influence mainly in the fall of jobs in industry between 2008 and 2016. In the second study, a more specific analysis is sought of the effects of these institutional and conjunctural changes on the formal labor market of a specific focus and on the contingent flows of workers related to the activity, assessing migration flows and the reallocation of workers between activities and localities in the period of analysis of 2008 and 2016. As main results, the formal market exit of a large contingent of workers, with a majority of low schooling, evidencing the difficulty of workers in the sector to relocate in a formal way in other activities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.