• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155343
Document
Author
Full name
Carlos Eduardo Lobo e Silva
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 2001
Supervisor
Title in Portuguese
Como as economias de São Paulo e de Minas Gerais se comparam à do resto do Brasil: uma análise das suas estruturas produtivas
Keywords in Portuguese
ECONOMIA REGIONAL
Abstract in Portuguese
Este trabalho tem como objetivo principal comparar as estruturas econômicas e as relações inter-regionais de três regiões brasileiras: São Paulo, Minas Gerais e o Resto do Brasil. Para tanto, um modelo inter-regional de insumo-produto é construído para o ano de 1996 e, a partir dos indicadores desta metodologia, procura-se identificar os setores mais importantes das economias em questão, seus encadeamentos e a propagação de impactos entre elas. Além disso, o trabalho faz ainda uma aplicação do modelo para analisar alguns efeitos relativos à guerra fiscal entre os Estados da Federação ocorrida no Brasil durante a década de 90. Pelos resultados obtidos, pode-se concluir que há uma similaridade entre as estruturas de Minas Gerais e resto do Brasil do ponto de vista setorial. A agropecuária e as indústrias ligadas a ela (exceção feita à Fabricação de açúcar), além do setor de siderurgia, têm destaque maior no caso de Minas e Resto do Brasil do que o verificado para a economia paulista. São Paulo tem em setores de serviços - Comércio e Serviços prestados às famílias - Construção civil e Automóveis, caminhões e ônibus os setores de maior relevância, quando se leva em conta, além das ligações setoriais, o volume de produção. As ligações inter-setoriais também demonstram a importância de setores como Indústria têxtil e Celulose, papel e gráfica que não estão entre os líderes nos casos de Minas e Resto do Brasil. Além deles, Fabricação de açúcar é o setor que apresenta maior índice de ligação na economia de São Paulo. Outro ponto que chama a atenção é a importância da economia paulista em relação à brasileira, superando inclusive a influência do Resto do Brasil, segundo indicadores utilizados, apesar desta última região apresentar valores absolutos de produção maiores. Finalmente, a aplicação do modelo contribui para a questão da guerra fiscal na medida em que estima os impactos inter-regionais para cada setor das três regiões. Os resultados são distintos, dependendo das regiões e dos setores analisados.
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.