• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161334
Document
Auteur
Nom complet
Sílvia Helena Galvão de Miranda Stalder
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1997
Directeur
Titre en portugais
Análise da participação do Brasil no mercado internacional de açúcar
Mots-clés en portugais
AÇÚCAR
EXPORTAÇÃO
MERCADO INTERNACIONAL
Resumé en portugais
O objetivo principal desta dissertação foi o de analisar o padrão das exportações brasileiras de açúcar entre 1979 e 1994, bem como os fatores que influenciaram o desempenho dessas exportações e sua interação com os demais países, exportadores e importadores, que participam do mercado internacional de açúcar. A importância deste assunto no contexto atual da economia brasileira relaciona-se à questão das novas políticas que vêm sendo adotadas para o setor sucroalcooleiro do País, e, consequentemente, às perspectivas que essas mudanças podem trazer para a evolução das exportações de açúcar. Procedeu-se à descrição do panorama doméstico e internacional da produção e comercialização de açúcar, incluindo-se taxas de crescimento das exportações e importações dos países representativos no mercado mundial. Além disso, para a análise empírica foram utilizados dois modelos, o de ''Market-Share'' Constante e o de Elasticidade de Substituição no comércio internacional. A análise de market-share foi baseada em um modelo apresentado por Rigaux (1971) que permite dividir o crescimento real das exportações de um país em componentes denominados ''tamanho de mercado","distribuição do mercado importador"e"competitividade". A análise do"market-share"foi aplicada a dados do Brasil e permitiu discriminar seus principais importadores. Verificou-se que de 1979 a 1989, o Brasil perdeu participação no mercado mundial, o que pode ser explicado pela redução das exportações destinadas aos EUA e à ex-URSS. No restante do período analisado (1990-1994), essa tendência foi parcialmente revertida, havendo recuperação no mercado norte-americano e expansão nos mercados da África, Ásia e no xi MERCOSUL. Contribuíram para esse resultado: efeitos positivos relativos a ''tamanho de mercado"e"competitividade". A segunda abordagem de"market-share", baseada em Konandreas & Hurtado (1978), incluiu o efeito"estrutura de preferências", tendo sido aplicada a dados do Brasil, Cuba e Resto do Mundo. Os resultados desta análise confirmaram a recuperação do Brasil no mercado mundial, nos últimos cinco anos, devido aos efeitos positivos relacionados acima, ao efeito"distribuição do mercado importador"também favorável e um efeito"estrutura de preferências"negativo. Ressalta-se que o grau de preferência pelas exportações do País caiu bastante no mercado da ex-URSS. No caso de Cuba, verificou-se que, praticamente, não houve alteração na preferência pelo seu açúcar por parte dos tradicionais importadores (ex-URSS, China e Japão), embora o total exportado tenha se reduzido. Os componentes"competitividade"e"distribuição do mercado importador"influenciaram negativamente a evolução das exportações cubanas. Os resultados não permitem concluir que o Brasil tenha se apropriado da parcela de mercado que Cuba perdeu nos últimos anos, quando se consideram seus principais importadores. Os coeficientes de elasticidade de substituição foram estimados através de regressões simples, sendo que foram encontrados valores negativos e estatisticamente significativos para: Brasil/África do Sul (açúcar total; bruto); Brasil/França (bruto); Brasil/Filipinas (refinado) e Brasil/Alemanha (refinado). Isso indica que há substitutibilidade entre o açúcar exportado por esses países, e, portanto, competição entre os mesmos pelo mercado mundial. Os casos que apresentaram baixo grau de substituição, indicando a existência de diferenciação de produtos pelo mercado importador, resumem-se às relações: Brasil/Filipinas (açúcar total) e Brasil/Austrália (refinado).
Titre en anglais
not available
Resumé en anglais
not available
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2018-11-27
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2022. Tous droits réservés.