• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Ana Lucia de Aguiar
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1992
Orientador
Título em português
Armazenagem sob condições de incerteza: o caso do arroz no Brasil
Palavras-chave em português
ARMAZENAMENTO
ARROZ
MERCADO AGRÍCOLA
POLÍTICA DE PREÇO
Resumo em português
Com objetivo de se comparar analiticamente alternativas de estabilização do mercado de arroz no Brasil, através de políticas de armazenagem, utilizou-se a Teoria da Armazenagem sob Condições de Incerteza cujo modelo é formado pelas funções de oferta e demanda de produtos para armazenamento. Pressupondo que as expectativas sejam racionais, ou seja, que os agentes econômicos façam suas previsões com base nos valores esperados de equilíbrio, demonstrou-se como preços, estoques, quantidades consumidas e produzidas são de- terminadas para um período temporal (t, t + 1, ... , t + n), onde t + n é o período esperado de armazenamento. Foram feitas simulações de política de armazenagem competitiva com base nas elasticidades preços da oferta e da demanda empiricamente estimadas em estudos anteriores para os valores médios do consumo aparente e do preço recebido pelos produtores, obtidos a partir dos valores observados nas décadas de 70 e de 80. A análise de sensibilidade foi feita para valores observados na década de 80 com base em elasticidades aleatórias (sem fundamentação empírica). As alternativas de estabilização do mercado de arroz consideradas foram: política de estabilização completa de preços e política de estabilização parcial de preços. Os efeitos distributivos das políticas foram mensurados sob a ótica da Teoria do Bem-Estar: a política de armazenagem competitiva comparativamente ao não armazenamento e as políticas de estabilização comparativamente à competitiva. As estimativas mostraram que a política de armazenagem competitiva é socialmente recomendável. Os ganhos dela decorrentes são suficientes para compensar os indivíduos que perdem com ela e ainda resulta em ganhos líquidos para a sociedade. Quanto às políticas de estabilização do mercado de arroz, as estimativas demonstram que para implementá-las o Estado têm, obrigatoriamente, que assumir a função de armazenador; seja sozinho, alijando a iniciativa privada da atividade, ou seja dividindo o mercado com ela. Em todos os casos simulados o quantum a ser armazenado é sempre superior ao quantum competitivo.
Título em inglês
Storage under uncertainty: the case of rice in Brazil
Resumo em inglês
Alternatives for stabilization of rice market in Brazil were analytically compared. To do so, the "Theory of Storage under Uncertain Conditions" was the employed. This theory is based on supply and demand functions of products to be stored. It was assumed that expectations are rational, i.e. that the economic agents base their forecasts on expected equilibrium values. It was demonstrated that the sale value of rice, their storage costs, and produced and consumed quantities were determined by a "temporal period" (t, t+l, ..., t+n), where t+n is the expected period of storage. Simulations of policies of competitive storage were done. These simulations were done based on supply and demand price of elasticity. The price of elasticity were empirically estimated in previous studies by comparing the average values of the apparent consuption and price paid to producers. These values were noted in 70s and 80s. The sensitivity analysis was performed to observed values in the 80s based on random elasticities, i.e. without empirical basis. Stabilization alternatives to the rice market were: politicies of complete and partial price stabilization. The distributive effects were measured under the perspective of the "Welfare Theory": a competitive storage politicy was compared to a no storage and stabilization politicies. Estimates have shown that a competitive storage policy is socially advisable. The gains resulting from this policy are enough to compensate the losses. This policy also provides net gains to the entire society. It has been estimated to establish the stabilization policies of the rice market, the State has to be in charge of storage. The State can do this alone or jointly with the private sector. In all simulated cases the quantum to be storage is always more then the competitive quantum.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AguiarAnaLucia.pdf (4.21 Mbytes)
Data de Publicação
2019-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.