• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-112259
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Estevao Leite Cardoso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1995
Orientador
Título em português
Efeitos de politicas públicas sobre a produção de mandioca no Brasil
Palavras-chave em português
MANDIOCA
POLÍTICAS PÚBLICAS
PRODUÇÃO
Resumo em português
Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos das políticas governamentais sobre a produção de mandioca. Avaliaram-se os efeitos das políticas de preço, crédito rural, mudança tecnológica e incentivos diferenciados. A política de crédito rural foi analisada considerando-se os seguintes aspectos: abrangência, volume e posição relativa do crédito rural para mandioca em relação às demais culturas e aos Estados. Adicionalmente, com o objetivo de demonstrar o comportamento da distribuição do crédito rural foi, utilizado o cálculo da redundância, que é uma medida de concentração e/ou desigualdade. O modelo "shift-share" (também denominado diferencial estrutural) foi utilizado para se analisar os efeitos, tanto da política de mudança tecnológica quanto da política de incentivo diferenciado aos produtos concorrentes da cultura da mandioca. Foram especificados modelos de regressão, de tal forma que foi possível a avaliação dos efeitos relativos da política de preço e das demais políticas públicas sobre a produção de mandioca. Os resultados alcançados oferecem indicativos de que a política de preço, centrada na política de garantia dos preços mínimos, não foi eficiente para incrementar a produção da cultura da mandioca. Com raras exceções, no período estudado os preços mínimos foram fixados muito abaixo dos preços de mercado. Com relação ao crédito rural, observou-se que houve tendência de concentração do crédito na década de 80, comparativamente à de 70, tanto no aspecto do comportamento agregado das culturas, como no caso específico da cultura da mandioca em relação aos Estados. Ademais, os valores estimados das elasticidades-crédito da produção sugerem que a política foi de pouca relevância para a mandiocultura nacional. Constatou-se também que a fonte de crescimento mais importante para a produção da cultura da mandioca, no período de 1931-94, foi a mudança na área, pois o rendimento físico por unidade de área, apresentou-se estável. Isto indica que ainda permanecem inalterados os padrões de crescimento tradicionais de incremento na produção, ou seja, houve pouca incorporação de tecnologias ao longo do tempo e conseqüentemente um fraco desempenho do indicador de política de mudança tecnológica. Como resultado da combinação dos estímulos proporcionados pelo mercado e pela política de incentivos diferenciados, observaram-se que na fase de intensificação do processo de substituição de culturas, as atividades que mais incorporaram áreas foram: pastagem plantada, soja, café e arroz. A política de incentivos diferenciados foi também medida pelo índice de preço dos produtos "concorrentes" (IPPC). Estatisticamente o coeficiente da variável IPPC sugere que, tudo mais constante, a produção de mandioca na Região Centro-Sul pode não depender do comportamento dos produtos considerados na construção do índice.

Título em inglês
Effects of policy on the cassava production in Brazil
Resumo em inglês
The objective of this study was evaluate the effects of government policies on the cassava production. Effects of price policy, rural credit, technology changes and differential incentives were evaluated. The rural credit policy was analyzed according to the following features: range, volume and relative placement of rural credit for cassava comparing to other crops and States. Additionally, to demonstrate the behaviour of rural credit distribution, it was used the redundancy calculation, which is a measure of concentration and/or inequality. The "shift-share" model was applied to analyse the effects of either technological change and differential incentive policy to products which are competitors to cassava crop. It was specified a regression model which can make possible an evaluation of relative price and other public policies on cassava production. The results indicate that price policy, based in guarantee of price policy, was not efficient to increase the cassava production. In this period, except in rare cases, the prices were placed low below market prices. About rural credit, it was detected a trend in credit concentration in the decade of 80 when compared to the 70, in both xvi aspects of aggregated crop behaviours and specific case of cassava in relation to States. Besides, estimate values of production credit-elasticity suggested that this policy was less relevant to national production. It was also found that the main source to improve cassava production, in the 1931-94 period, was due to change in area since yield per area remained stable. This indicates that traditional growth pattems in production remain unchanged, meaning that there was little technology assimilation as time goes by and consequently a weak performance as indicator of technotogical changing policy. The following activities had incorporate more areas, as results of stimulus combination provide by market and differentiated policies, in the stage of intensification of crop changing process: pasture, soybean, coffee an rice. The differentiated incentive policy was also measure by the index of competitor product price (ICPP). The coefficient of the variable ICPP statistically suggests that, if ali other parameters remain constant, the cassava production in the Center-South region may not depend upon the behaviour of products used in the calculation of this index

 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.