• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-121125
Documento
Autor
Nome completo
Maria Cristina Ortiz Furtuoso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1998
Orientador
Título em português
O produto interno bruto do complexo agroindustrial brasileiro
Palavras-chave em português
INDÚSTRIA AGRÍCOLA
PRODUTO INTERNO BRUTO
Resumo em português
O presente trabalho, utilizando informações provenientes das matrizes de insumo-produto calculadas pelo IBGE, analisa a evolução, ao longo do período compreendido entre 1980 e 1994, do Produto Interno Bruto (PIB) do Complexo Agroindustrial Brasileiro (CAI), da estrutura produtiva e dos índices de ligações interindustriais da economia brasileira. As abordagens de identificação de setores-chave tem importância, uma vez que além de propiciar uma visão mais compreensiva da economia e do desempenho e dos setores agrícola e agroindustriais potencial permitem desenvolver um procedimento analítico de delimitação do CAI. Da análise da estrutura produtiva pode-se inferir que vem aumentando a complexidade da economia brasileira apresentando um estágio avançado com alto grau de interligação entre os setores produtivos nacionais, menor dependência de importações e uso intensivo do capital. A análise dos índices de encadeamento da economia brasileira através de diferentes técnicas, mostra o predomínio dos setores Siderurgia, Metalurgia e Agropecuária em quase todos os enfoques. Alguns setores que compõem o segmento de Produtos alimentares, também, assumem papel de importância dentro das relações intersetoriais, no que diz respeito ao encadeamento para trás. Os resultados apontam para uma crescente importância do segmento Serviços dentro da economia, seguindo a tendência deste ramo em economias desenvolvidas. Para o procedimento analítico alternativo de delimitação dos componentes do Complexo Agroindustrial, estima-se as matrizes AGR que permitem identificar as interrelações entre as atividades agropecuárias e os demais setores da economia, em termos dos impactos diretos e indiretos. Esses resultados confirmam a grande articulação entre os setores componentes do CAI, refletindo a importância da atividade agrícola como setor de grande influência na estrutura produtiva do país através dos altos efeitos de encadeamento a montante e a jusante. Em relação aos resultados do CAI, os dados empíricos mostram o papel fundamental que o "agribusiness" brasileiro tem desempenhado na economia nacional respondendo por cerca de 32% do produto interno bruto e apresentando complexas ramificações com agentes dos setores primário (agricultura), secundário (indústria) e terciário (serviços). Os resultados mostram, ainda, a expressiva perda de peso da Agropecuária no PIB do Complexo Agroindustrial, medido a custo de fatores, no período 1980/93 enquanto a Indústria de Base agrícola e o setor de Distribuição sobressaem-se como pólos mais dinâmicos, liderando esse processo de transformação agrária. A Indústria para Agricultura diminui gradativamente sua participação no PIB no mesmo período. A evolução da composição do Complexo Agroindustrial Brasileiro são confirmadores de que o "agribusiness" adiciona valor sobre as matérias primas agrícolas onde o setor de armazenamento, processamento e distribuição final tende a ser sempre mais representativo no valor total da produção vendida ao consumidor.
Título em inglês
The gross national product of the Brazilian agroindustrial complex
Resumo em inglês
By means of information deriving from input-output matrices calculated by the IBGE (National Research of Sample per Home) this work analyzes the evolution of the Gross National Product (GNP) of the Brazilian Agroindustrial Complex (BAC), the productive structure, and interindustrial connection indexes of the Brazilian economy along the 1980 - 1994 period. Identification approaches of key sectors are important once they not only provide a more comprehensive view of economy and of the performance and potential of the agricultural and agroindustrial sectors but also allow the development of an analytical procedure delimit the BAC. An analysis of the productive structure showed that the Brazilian economy complexity has increased and is at an advanced stage with a high degree of interconnection between national producing sectors, a lesser import dependence, and an intensive use of capital. The analysis of linkage indexes of the Brazilian economy through different techniques shows the predominance of the metallurgical and agricultural sectors in almost every approach. Also some of the sectors forming the food Products segment undertake an important role within intersectorial relationships concerning backward linkage. The results point to an increasing significance of the Services segment within economy, following the tendency of this branch in developed economies. For the alternative analytical procedure to delimitate the Agroindustrial Complex components, the Matrix AGR allowing the identification of interrelationships between agricultural activities and other economy sectors regarding direct and indirect impacts are estimated. These results ratify the great articulation between the sectors comprised by BAC and reflects the significance of the agricultural activity as a sector of great influence on the productive structure of the country through high linkage effects, rising and ebb tides. Regarding BAC's results, empirical data show the fundamental role that the Brazilian agribusiness has played at the national economy, with approximately 32% of the GNP and complex branches with the primary (agriculture), secondary (industry), and tertiary (services) sectors agents. The results showed an expressive loss of importance of agriculture for the GNP of the Agroindustrial Complex, measured at factors cost in the 1980/93 period while the basic agricultural industry and the distributing sector are outstandingly more dynamic poles and leaders of this agrarian transformation process. The Industry for Agriculture gradually decreases its participation at the GNP during the same period. The evolution of the Brazilian Agroindustrial Complex composition confirms that agribusiness adds value to the agricultural raw material where the storage, processing, and final distribution sector always tends to be more representative in the total value of the production sold to consumers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.