• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-153619
Document
Author
Full name
Clailton Ataides de Freitas
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 2001
Supervisor
Title in Portuguese
Contribuição do capital humano para o crescimento da agropecuária brasileira - período de 1970 a 1996
Keywords in Portuguese
CAPITAL HUMANO
DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO
MODELOS MATEMÁTICOS
TRABALHADOR RURAL
Abstract in Portuguese
O presente estudo avalia a contribuição do capital humano para o crescimento do setor agropecuário brasileiro no período de 1970 a 1996. Para tanto, aplicam-se duas versões do modelo neoclássico: o padrão e o alternativo. Os dados utilizados neste trabalho foram coletados nos Censos Agropecuários de 1970, 1975, 1980, 1985 e 1995/96, e nos Censos Demográficos de 1970, 1980 e 1991. A modernização do setor agropecuário brasileiro, ocorrida ao longo do período analisado pelo presente trabalho, provocou profundas transformações na estrutura produtiva desse setor. Apesar desse processo de modernização ter atingido o país como um todo, os estados das Regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste se diferenciam em relação aos demais estados. O crescimento do setor agropecuário brasileiro ocorreu de maneira desigual entre os estados. O primeiro modelo teórico utilizado para analisar o papel do capital humano no crescimento do setor agropecuário é conhecido como neoclássico tradicional. Este modelo considera o insumo capital humano como tendo comportamento semelhante aos demais insumos (capital e trabalho). O segundo modelo recebe a denominação de modelo de crescimento neoclássico alternativo, porque trata o capital humano como um insumo especial, capaz de gerar difusão tecnológica entre os estados. Com o propósito de atingir o objetivo acima proposto, os dados foram organizados em pooling e utilizou- se o método de estimação dos mínimos quadrados ordinários com o estimador consistente da variância levando em consideração a heteroscedasticia de White (ECVH de White) para estimar as equações de regressão propostas. A primeira destas equações estimadas foi uma função do tipo Cobb-Douglas sob a perspectiva neoclássica tradicional. A segunda equação estimada foi também uma Cobb-Douglas tradicional remodelada para capturar o efeito threshold do capital humano sobre o crescimento do setor agropecuário brasileiro. A terceira regressão foi uma Cobb-Douglas com fundamentos do modelo neoclássico alternativo. Os resultados indicaram que o efeito do capital humano sobre a taxa de crescimento da produção agropecuária foi positivo e altamente significativo em todas as equações estimadas. Ao desagregar os dados relativos ao capital humano, com o propósito de avaliar a existência ou não de efeito threshold na escolaridade média dos trabalhadores rurais, constatou-se que não há evidências capazes de apoiar a existência de um efeito threshold mínimo da educação média na agropecuária brasileira. A variável incorporada na regressão do modelo neoclássico alternativo com o propósito de captar a difusão tecnológica entre os estados foi pouco significativa e a magnitude do parâmetro a ele relacionada foi próximo de zero. Isto indica que o modelo especificado não confirma a existência de um processo de difusão de tecnologia entre os estados no setor agropecuário. As estimativas desta pesquisa evidenciam que o capital humano realmente vem tendo, ao longo dos anos, papel ativo no processo de desenvolvimento do setor agropecuário brasileiro, mas não confirmam a existência de difusão tecnológica entre os estados.
Title in English
The contribution of human capital for the Brazilian agricultural growth - from 1970 to 1996
Abstract in English
This thesis evaluates the contribution of human capital for the Brazilian agricultural growth during the time period from 1970 to 1996. Two different versions of neoclassic models are used: the traditional model and the alternative one. Toe data set utilized comprised information collected from the Agricultural and Demographic Census available for the 1970s, 1980s and 1990s. From 1970 to 1996, the Brazilian agricultural modernization as followed by large transformations in its productive structure. All country's regions took place in the agricultural modernization process, however, the states located in the Center-Westem, Southeast and Southem of Brazil reached larger modernization than the other states. The growth of Brazil’s agriculture was uneven among the states. The first model used to analyze the role of human capital in the Brazilian agricultural growth is named Traditional Neoclassic Model. In that model, human capital is treated as a common input, such as capital and labor are. ln the second model, named Alternative Neoclassic Model, human capital is treated as a special input. It is capable to produce technological diffusion among the Brazil’s states. The data set was organized in pooling, and the OLS White's method was used to estimate regression equations. Toe first equation estimated was a Cobb-Douglas built according to the Traditional Neoclassic Model. The second one was also a Cobb- Douglas, but the Traditional Neoclassic Model was remodeled in order to show the threshold effect of human capital into the growth of Brazilian agriculture. The third equation was a Cobb-Douglas with arguments from the Alternative Neoclassic Model. All equations showed that the human capital had a positive and statistically significant effect on the agricultural production. However, two different facts, in relation to what is expected from the theory or previous literature, were found: a) the second equation do not prove the existence of threshold effect into the Brazil' s agriculture; b) the coefficient related to catch-up variable was poorly statistically significant and near to zero. The latter implies that there is not a technological diffusion process among the Brazil's states. This dissertation shows the significant role of capital human in the growth of Brazilian agriculture. However, there is no statistic proof that technological diffusion has happened in agriculture among Brazilian states.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2020-01-11
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.