• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1999.tde-20210104-192800
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Maria Almeida Lima Costa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1999
Orientador
Título em português
Liberalização comercial no Brasil e integração nos mercados de commodities agrícolas: os mercados de algodão, milho e arroz
Palavras-chave em português
INTEGRAÇÃO ECONÔMICA
LIBERALIZAÇÃO COMERCIAL
MERCADO AGRÍCOLA
MILHO
Resumo em português
O objetivo deste estudo consiste em analisar se os fenômenos de globalização e liberalização comercial, assim como as mudanças nas políticas setoriais brasileiras, favoreceram a configuração de relações de integração entre mercados internos e externos das commodities algodão, milho e arroz. Tais relações de integração podem ser entendidas como relações de equilíbrio de longo prazo entre preços nos mercados. Segundo o postulado da Lei do Preço Único, as ações de arbitragem de preços de commodities nos mercados internacionais permitirão que preços em mercados espacialmente separados sejam equalizados, uma vez ajustados pela taxa de câmbio e custos de transporte. Testes de cointegração multivariados e bivariado desenvolvidos por Johansen foram utilizados para avaliar o equilíbrio de longo prazo entre preços. Também foram testadas hipóteses que decompõem as relações de longo prazo em termos do grau no qual variáveis cointegradas interagem e da velocidade de reação das variáveis. Para os mercados de algodão, os resultados não permitiram indicar integração entre preços no mercado brasileiro e no mercado de Liverpool (Índice B). Para os mercados de arroz e milho, equilíbrio de longo prazo entre os preços foram encontrados, embora não o suficiente para caracterizar que os mercados sejam integrados. Por outro lado, os testes de hipóteses permitiram indicar relações de integração entre preços brasileiros e uruguaios nos mercados de arroz. Para agrícolas: os mercados de algodão, milho e arroz os mercados de milho, os mesmos testes indicaram relações de integração entre os mercados exportadores da Argentina e Roterdã.
Título em inglês
Brazilian trade liberalizaton and integra tion in agricultural commodities markets: the cotton, corn and rice markets
Palavras-chave em inglês

Resumo em inglês
The objective of this study is to analyze whether the globalization and commercial liberalization process, as well as the changes in brazilian setorial policies, have favored integration relationships among internai and externai prices of cotton, com and rice. This integration can be understood as a long-run equilibrium relationship among prices. According to the postulate of the Law of One Price, that efficient trade and arbitrage activities will ensure that prices in spatially separated markets, once adjusted for exchange rates and transportation costs, will be equalized. The multivariate and bivariate cointegration testing procedures developed by Johansen were used to evaluate long-run equilibrium among prices. Hypothesis tests for decomposing Iong-run relationships in terms of the degree in which related variables internet and speed with which related variables react were also carried out. For cotton markets the results didn't allow to indicate integration between prices in the brazilian and Liverpool (B Index) markets. For rice and com markets, Iong run equilibrium among prices has been found, although integration between markets is not strong enough. On the other hand, the hypothesis tests indicate relationship of integrated markets for brazilian and Uruguay rice prices. For com markets, the sarne tests indicated relations of integration between export markets in Argentina and United States (CIF Roterdã).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.