• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1982.tde-20220208-005855
Documento
Autor
Nome completo
Maria Guiomar Carneiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1982
Orientador
Título em português
Polimerização de metacrilato de metila em madeira de Schizolobium parahyba (Vell.) Blake (Guapuruvu) e Pinus strobus var. chiapensis Mart. através de radiação gama e temperatura
Palavras-chave em português
MADEIRA DE GUAPURUVU
MADEIRA DE PINHEIRO
MONÔMERO
POLIMERIZAÇÃO
RADIAÇÃO GAMA
TEMPERATURA
Resumo em português
Amostras de madeira de guapuruvu (Schizolobium parahyba) foram impregnadas com o monômero metacrilato de metila e polimerizadas através da radiação gama de uma fonte de 60Co, a várias taxas de exposição e exposição total. A polimerização total do metacrilato de metila foi obtida usando a taxa de dose de 0,8 MR/h e dose total de 2,0 MR, suficientemente baixa para não causar degradação da celulose. No processo de impregnação vácuo-pressão atmosférica as densidades tornaram-se maiores 4,4 vezes (alburno) e 2,2 vezes (cerne), e com pressão adicional à atmosférica, 2,8 vezes (cerne), em relação às testemunhas. O armazenamento das amostras de madeira impregnadas com o monômero, mesmo envolvidas em papel alumínio e filme de polietileno, apresentaram perdas do monômero, recomendando-se irradiar as amostras imediatamente após a impregnação. A quantidade de água absorvida foi 3 vezes maior para as amostras não tratadas em relação às tratadas com metacrilato de metila. Valores constantes de densidade ao longo da amostra, obtidos através da atenuação da radiação gama, indicaram que o guapuruvu admite impregnação e polimerização homogênea do metacrilato de metila. No processo térmico, a maior polimerização foi verificada em amostras curadas a 68°C. A densidade da amostra, devida à retenção do polímero, tornou-se 2,8 vezes maior em relação à amostra não tratada. Verificou-se, entretanto, um escurecimento e uma fina camada de plástico recobrindo superficialmente as amostras. Para amostras de madeira de Pinus strobus var. chiapensis a melhor porcentagem de polimerização foi obtida com dose de 2,0 MR de radiação gama. Verificou-se uma impregnação e polimerização uniforme, determinadas pelos valores de densidade no sentido longitudinal das amostras. A densidade tornou-se 2,6 vezes maior em relação à densidade das testemunhas.
Título em inglês
Polimerization of methyl metacrylate in Schizolobium parahyba (Vell.) Blake and Pinus strobus var. chiapensis Mart. wood through gamma radiation and temperature
Resumo em inglês
Guapuruvu (Schizolobium parahyba) wood samples were impregnated with the methyl metacrylate monomer and polymerized by the use of gamma rays from a 60Co source at different dose exposure and total dose. The total polymerization of the methyl metacrylate was obtained by using the exposure rate of 0.8 MR/h and total exposure of 2.0 MR, low enough to cause no degradation of cellulose. In the impregnation process by vacuum - atmospheric pressure the densities became 4.4 times higher (sapwood) and 2.2 times higher (heartwood) in relation to the control; with an additional pressure the increase was 2.8 times (heartwood) in relation to the control. The storage of the impregnated wood samples showed losses of the monomer, even when wrapped with aluminum foil and polyethylene film. It is recommend that the wood samples should be irradiated soon after impregnation. The amount of absorved water was 3 times higher for non treated samples in relation to the treated ones. The density values, obtained through attenuation of gamma radiation, were constant along the wood samples, indicating that guapuruvu can be used for homogeneous impregnation and polymerization with methyl metacrylate. In the thermic process, the greatest polymerization was o found on samples polymerized at 68°C. The sample density, due to the polymer absortion became 2.8 times higher in relation to the treated samples. It was found, however, a dark staining and a thin plastic layer covering the surface of the wood samples. The best percentage of polymerization for wood samples of Pinus strobus var. chiapensis was obtained with the exposure of 2.0 MR of gamma radiation. It was found that the impregnation and polymerization, determined by the density values along the samples, were uniform. The density became 2.6 times higher in relation to the control samples.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.