• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-124136
Document
Author
Full name
Enedino Correa da Silva
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1981
Supervisor
Title in Portuguese
Classificações ambientais para controlar a interação genótipo x ambiente com aplicação à cultura do trigo (Triticum aestivum L.) no Rio Grande do Sul
Keywords in Portuguese
INTERAÇÃO GENÓTIPO-AMBIENTE
TRIGO
Abstract in Portuguese
A presença de interação genótipo x ambiente ê o ponto crítico em pesquisas de melhoramento genético de plantas cultivadas, e a regionalização ê uma das abordagens de caráter prático utilizadas para o seu controle. Utiliza-se, rio presente trabalho, parte dos resultados do Ensaio Sul Brasileiro de Cultivares de Trigo Precoce referente aos anos de 1975, 1976 e 1977, na região mais produtora do Estado do Rio Grande do Sul, sendo a produção de grãos a variável escolhida para este estudo. Inicialmente são obtidas estimativas dos componentes de variância objetivando um conhecimento da natureza das interações cultivar x ambiente. Em seguida, procede-se à classificação dos locais, procurando agrupá-los de acordo com a similaridade de seus padrões de interação. São utilizados três métodos multivariados, sendo o primeiro o método de conglomeração, o qual utiliza como medida de similaridade um coeficiente de distância, o segundo é o método de componentes principais, o qual visa condensar em seus primeiros eixos a variabilidade existente. Esses métodos classificam os locais dentro de cada ano em estudo. O terceiro é o método de variáveis canônicas, o qual leva em consideração as flutuações de ano para ano nos efeitos da interação cultivar x local. O estudo da natureza das interações cultivar x ambiente indica alguma vantagem na separação dos locais nas três regiões da atual regionalização do Estado, e mostra também que as estimativas do componente de variância, σ2CL, a partir de dados de um único ano, são tendenciosas, devido à presença significativa das interações cultivar x ano e cultivar x local x ano. Assim, os métodos de análise de conglomeração e de análise de componentes principais não apresentam consistência na classificação dos locais entre os anos estudados, sendo o método de análise de variáveis canônicas aquele que melhor se adapta ao presente caso. Os resultados mostram que os locais das atuais regiões II, III e IV se comportam como uma Única região no Estado, para a cultura do trigo
Title in English
Classifications of environments to control genotypes by environment interactions with application to wheat (Triticum aestivum L.) in Rio Grande do Sul
Abstract in English
The presence of genotype x environment interaction is the critical point in genetic improvement of cultivated plants, and regionalization is one of practical approach used for its control. Part of results of “Ensaio Sul Brasileiro de Cultivares de Trigo Precoce” from 1975, 1976 and 1977 years are used in this work, concerning the most productive region of Rio Grande do Sul State, being the grain weight variate selected for this study. To begin with, variance components are obtained to find the nature of cultivar x environments interaction. Following, locals classification is presented, taking interaction standards similarities as bases of grouping. Three multivariate methods are applied: clustering, using distance measures as basis; principal components method, designed to reduce dimensionality of existent variability: these methods classify locals within each year of study; the third method is of cannonical variates, which takes in consideration year by year fluctuation in cultivar x local interaction. The nature of cultivar x environments interaction shows some advantages in separating locals in the three regions actually existent in the State, showing also biasedness in σ2CL estimates when data from one year is used, due to the presence of cultivar x year and cultivar x local x year interaction. Clustering and principal components methods showed no consistency in locals classification during the period of years considered. Cannonical variates method was considered the best appropriate for the present case. Results derived from data showed that II, III and IV regions did not differ significantly, being considered just one region
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2020-01-11
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.