• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2020.tde-18052020-143352
Documento
Autor
Nome completo
Gabriel de Moraes Chitolina
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Amorim, Lilian (Presidente)
Fischer, Ivan Herman
Mio, Louise Larissa May de
Silva Junior, Geraldo José da
Título em português
Caracterização da sensibilidade de Alternaria alternata, agente causal da mancha marrom em tangerinas, a fungicidas inibidores da quinona externa
Palavras-chave em português
Citrus spp.
Controle químico
QoI
Resistência a fungicidas
Tangerinas
Resumo em português
A cultura da tangerina tem grande importância no mercado de frutos in natura no Brasil, principalmente no Estado de São Paulo, seu maior produtor. A tangerin 'Ponkan' e o tangor 'Murcott' se destacam como as principais variedades produzidas no Estado. A mancha marrom de alternaria, causada pelo fungo Alternaria alternata, é um dos principais fatores que reduzem a produção e a qualidade de tangerinas. Recentemente, diversos produtores do Estado de São Paulo têm reportado redução da eficiência de fungicidas inibidores da quinona externa (QoIs) no controle da doença. Desta forma, este trabalho teve como objetivos avaliar a sensibilidade de isolados de A. alternata aos fungicidas piraclostrobina e azoxistrobina, do grupo dos inibidores da quinona externa, por meio da determinação das concentrações efetivas destes fungicidas para a inibição de 50% (CE50) de germinação de esporos; verificar molecularmente a presença de mutações no gene cyt b de A. alternata relacionados à resistência a QoIs; avaliar a aplicabilidade do teste de microtitulação com base em resazurina na determinação da CE50; determinar a distribuição de isolados sensíveis e resistentes em áreas produtoras de tangerina no Estado de São Paulo por meio de doses discriminatórias e confirmar a ocorrência de resistência pratica de isolados de A. alternata aos fungicidas piraclostrobina e azoxistrobina. Os isolados resistentes (CE50 maior que 1 µg.ml-1), em sua maioria, apresentaram valores de CE50 superiores a 100 µg.ml-1 em diversos municípios avaliados. Todos os isolados classificados como resistentes apresentaram a mutação G143A, responsável pela perda completa da sensibilidade a fungicidas QoIs. Foi observada ampla distribuição de isolados resistentes aos fungicidas piraclostrobina e azoxistrobina pelo Estado de São Paulo. Em diversas áreas avaliadas, a presença concomitante de indivíduos sensíveis e resistentes na população indica que o processo de seleção de indivíduos resistentes ainda ocorre no Estado. O método da microtitulação da resazurina não foi preciso na estimativa quantitativa da CE50, porém mostrou-se útil para a rápida classificação qualitativa de isolados sensíveis e resistentes. Os isolados de A. alternata foram capazes de infectar folhas de tangor 'Murcott', mesmo após a aplicação de elevadas doses de fungicidas, confirmando a presença da resistência prática. Identificar a presença de isolados resistentes é de grade importância para o eficiente manejo da doença no campo. A confirmação da resistência prática implica na necessidade de adoção de medidas anti-resistência.
Título em inglês
Fungicide sensitivity of Alternaria alternata, causal agent of brown spot in tangerines, to quinone outside inhibitor fungicides
Palavras-chave em inglês
Citrus spp.
Chemical control
Fungicide resistance
QoI
Tangerine
Resumo em inglês
Tangerines are of great importance to the fresh fruit market in Brazil, especially in São Paulo State, its largest producer. 'Ponkan' tangerine and tangor 'Murcott' stand out as the main varieties produced in São Paulo State. Alternaria brown spot, caused by Alternaria alternata is one of the main factors reducing the production and quality of tangerines. Recently several tangerine growers from São Paulo State have reported reduced efficiency of quinone-outside inhibitor fungicides (QoIs) in disease control. Thus, the objectives of this study were to evaluate the sensitivity of Alternaria alternata isolates to pyraclostrobin and azoxystrobin fungicides from the quinone-outside inhibitor group by determining the effective concentrations of these fungicides to inhibit 50% of conidial germination (EC50); to verify the presence of mutations in the A. alternatacyt b gene related to QoIs resistance; to evaluate the applicability of the resazurin-based microtiter assay in the determination of the EC50; areas in the State of São Paulo by discriminatory doses, and to confirm the occurrence of practical resistance of A. alternata isolates to the pyraclostrobin and azoxystrobin fungicides. Resistant isolates (EC50 greater than1 µg.ml-1) showed EC50 values greater than 100 µg.ml-1 in several tangerine growing areas. Most isolates classified as resistant presented the G143A mutation, responsible for the complete loss of sensitivity to QoI fungicides. A wide distribution of isolates resistant to the fungicides pyraclostrobin and azoxystrobin was observed throughout the State. In several evaluated areas, the concomitant presence of sensitive and resistant individuals in the population indicates that the selection for resistance to QoIs fungicides still occurs. The resazurin microtiter assay method was not accurate in the quantitative estimation of EC50, but it proved useful for the rapid qualitative classification of sensitive and resistant isolates. A. alternata isolates were able to infect tangor 'Murcott' leaves, even after the application of high doses of fungicides, thus confirming the presence of practical resistance. Identifying the presence of resistant isolates is of great importance for the efficient management of the disease in the field. Confirmation of practical resistance implies the need for adoption of anti-resistance measures.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.