• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2020.tde-20012020-173321
Documento
Autor
Nome completo
Alice Borges Landim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2020
Orientador
Banca examinadora
Bergamin Filho, Armando (Presidente)
Amorim, Lilian
Godoy, Cláudia Vieira
Parisi, Marise Cagnin Martins
Título em português
Avaliação de parâmetros epidemiológicos da ferrugem-asiática da soja em diferentes genótipos de soja
Palavras-chave em português
Phakopsora pachyrhizi
Epidemiologia
Resistência genética
Resumo em português
A ferrugem-asiática da soja, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, é uma doença que pode causar grandes perdas de produtividade na cultura. A redução de sensibilidade do fungo aos fungicidas tem levado pesquisadores a selecionar fontes de resistência para desenvolvimento de novas cultivares resistentes a doença. No entanto, pouco se sabe a respeito do impacto dos genes de resistência na epidemia da doença. O presente estudo teve como objetivo avaliar a influência de genótipos de soja, com diferentes níveis de resistência, nas variáveis: severidade da doença (número de lesões por cm2 e número de urédias por cm2), tipo de lesão, produção de urediniósporos e período de latência. Três cultivares comerciais resistentes (TMG 7062 IPRO, BRS 511, PRODUZA IPRO) e uma cultivar comercial suscetível (68170RSF IPRO) foram utilizadas para avaliar as variáveis em casa de vegetação. Foram realizados dois experimentos. Regressão linear resultou nos valores de taxa de progresso e intercepto, sendo o primeiro melhor enfatizado. Para a taxa de aumento do número de lesões por cm2, no experimento 1, nenhuma das cultivares resistentes diferiu da cultivar 68170RSF IPRO. No experimento 2, apenas os genótipos TMG 7062 IPRO e BRS 511 diferiram de 68170RSF IPRO. Quanto ao número de urédias por cm2, no experimento 1, a taxa de aumento dos genótipos TMG 7062 IPRO, BRS 511, PRODUZA e 68170RSF IPRO não diferiram entre si. Apenas TMG 7062 IPRO e PRODUZA IPRO diferiram da cultivar suscetível. Já no experimento 2, apenas as taxas dos genótipos TMG7062 IPRO e BRS 511 diferiram do genótipo resistente. Não houve diferença significativa de produção de esporos entre as cultivares resistentes, porém todas produziram menos esporos que 68170RSF IPRO. A cultivar TMG 7062 IPRO produziu até 25 vezes menos esporos que a cultivar suscetível. Quanto ao período latente, pouca variação (cerca de 1 dia) foi observada no número de dias entre os materiais resistentes e 68170RSF IPRO. O tipo de lesão variou entre os experimentos 1 e 2. O presente estudo chama atenção para o fato de que cultivares com gene de resistência quando utilizadas como única medida de controle da doença não são suficientes. A existência de raças e consequentemente alta variabilidade do patógeno no campo pode inviabilizar o uso da resistência genética.
Título em inglês
Evaluation of epidemiological parameters of Asian soybean rust in different soybean genotypes
Palavras-chave em inglês
Phakopsora pachyrhizi
Epidemiology
Genetic resistance
Resumo em inglês
Asian soybean rust is a huge threat to soybean production. The failure of chemical control as a result of the loss of sensitivity of fungus to fungicide has led breeders to select for sources of resistance for the development of new soybean rust resistant cultivars. However, little is known about how these genes can impact the epidemiology of the disease. The present study aims to evaluate the influence of genotypes with different resistance levels in the epidemic through the following variables: disease severity (number of lesions per cm2 and number of uredinias per cm2), type of lesion, urediniospore production and latent period. Three resistant commercial cultivars (TMG 7062 IPRO, BRS 511, PRODUZA IPRO) and one susceptible commercial cultivar (68170RSF IPRO) were used to evaluate the variables in the greenhouse. Two experiments were performed. Linear regression resulted in the values of progress rate and intercept, being the first better emphasized. For the rate of increase in the number of lesions per cm2, in experiment 1, none of the resistant cultivars differed from cultivar 68170RSF IPRO. In experiment 2, only genotypes TMG 7062 IPRO and BRS 511 differed from 68170RSF IPRO. Regarding the number of uredias per cm2, in experiment 1, the rate of increase of the genotypes TMG 7062 IPRO, BRS 511, PRODUZA and 68170RSF IPRO did not differ from each other. Only TMG 7062 IPRO and PRODUZA IPRO differed from susceptible cultivar. In experiment 2, only the rates of the TMG7062 IPRO and BRS 511 genotypes differed from the resistant genotype. There was no significant difference in spore production among resistant cultivars, but all produced less spores than 68170RSF IPRO. The cultivar TMG 7062 IPRO produced up to 25 times fewer spores than the susceptible cultivar. As for the latent period, little variation (about 1 day) was observed in the number of days between resistant materials and 68170RSF IPRO. The type of lesion varied between experiments 1 and 2
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.