• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155432
Document
Author
Full name
Agnelo Jose Vitti
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1993
Supervisor
Title in Portuguese
Epidemiologia comparativa entre a ferrugem comum (Puccinia sorghi Schweinitz) e a helmintosporiose (Exserohilum turcicum (Passerini) Leonard & Suggs) do milho (Zea mays L.)
Keywords in Portuguese
EPIDEMIOLOGIA
FERRUGEM COMUM
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
HELMINTOSPORIOSE
MILHO
Abstract in Portuguese
Com o objetivo de se comparar o desenvolvimento de doenças foliares causadas por um patógeno biotrófico e um necrotrófico, foram realizados experimentos utilizando- se Puccinia sorghi e Exserohilum turcicum, causadores da ferrugem comum e helmintosporiose do milho, respectivamente. Tais experimentos visaram avaliar a influência da temperatura sobre os parâmetros: eficiência de doença (ED), período de incubação (PI), velocidade de crescimento das lesões (VCL) e produção de esporos (PE), bem como o efeito do período de molhamento sobre a ED, realizados em câmaras de crescimento sob condições controladas. Também foi avaliado o progresso de ambas as doenças no campo, sob condiç6es naturais de epidemia, através da determinação do número e área de lesões, severidade doença e esporulação. Os resultados mostraram que a temperatura exerceu maior influência sobre a velocidade de crescimento das lesões de helmintosporiose que de ferrugem comum. Em todas as temperaturas testadas, P. sorghi superou E. turcicum na eficiência de doença e E. turcicum superou P. sorghi na área média das lesões. P. sorghi requereu períodos de umidade menores para causar infecção quando comparado a E. turcicum, tendo o primeiro patógeno apresentado formação de lesões a partir de 4 horas e o segundo a partir de 8 horas de molhamento. P. sorghi mostrou-se sempre superior na produção de esporos por área de lesão, tanto no campo quanto em ambiente controlado, sendo esta diferença mais pronunciada em campo.
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
VittiAgneloJose.pdf (3.44 Mbytes)
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.