• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161904
Document
Auteur
Nom complet
Claudia Maria Toffanelli
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 2001
Directeur
Titre en portugais
Efeito do fitoplasma do enfezamento do milho e da população de vetores infectivos sobre os sintomas e componentes de produção
Mots-clés en portugais
CIGARRINHAS
ENFEZAMENTO VERMELHO DO MILHO
FITOPLASMAS
INSETOS VETORES
Resumé en portugais
O enfezamento vermelho do milho, associado a um fitoplasma, é uma doença de expressiva importância econômica para a cultura, sendo disseminada através da cigarrinha do milho Dalbulus maidis (DeLong & Wolcott). Recentemente, altas incidências da doença, resultando em sérios prejuízos, foram registradas nas regiões produtoras, principalmente no sudeste e centro-oeste do Brasil, onde se realizam plantios tardios e consecutivos de milho. Em condições de campo, o enfezamento vermelho normalmente ocorre associado ao enfezamento pálido, causado por espiroplasma, formando um complexo de doenças, uma vez que ambos agentes são transmissíveis pelo mesmo vetor. No presente trabalho, foi investigado o efeito isolado do fitoplasma sobre a sintomatologia e a produção de dez híbridos de milho, bem como o efeito da população infectiva do vetor sobre o desenvolvimento de sintomas e as alterações sobre os componentes de produção da planta de milho. Para isto, plantas do híbrido XLX 520 foram experimentalmente inoculadas com fitoplasma por meio de 1, 3, 6 e 9 insetos infectivos/planta. Numa segunda etapa, os híbridos XLX 520, Z 8452, C 909, P 3063, P 3081, AG 3010, FT 9006, FT 9043, DO 02 e D 766 foram inoculados por meio de 10 insetos infectivos/planta. Os ensaios foram conduzidos sob condições de telado no período de setembro/1999 a abril/2000. Os resultados obtidos revelaram que a incidência da doença, resultando em severas perdas, foi proporcionalmente maior à medida em que se elevou o número de insetos infectivos/planta. Maiores freqüências de grãos miúdos, espigas pequenas, número reduzido de fileiras e de grãos, foram verificados para os níveis mais altos de infestação. A germinação de semente foi afetada negativamente em função da densidade da população infectiva. Os resultados obtidos na inoculação de híbridos revelaram o aparecimento de sintomas típicos de avermelhamento, proliferação de espigas e enfezamento de plantas, em graus variados em função dos híbridos utilizados. Para aqueles mais suscetíveis, além da alta proporção de grãos miúdos, foram registradas reduções de até 35% na altura de plantas, 98% na produção de grãos, 89% no tamanho de espigas, 50% no número de fileiras de grãos, 98% no número de grãos e 18% na germinação de sementes. Estes resultados confirmaram a importância do enfezamento vermelho para a cultura do milho
Titre en anglais
not available
Resumé en anglais
not available
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2018-11-27
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.