• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Luis Eduardo Aranha Camargo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1989
Orientador
Título em português
O cancro do eucalipto causado por Cryphonectria cubensis: sua dinâmica, quantificação e perdas avaliadas em um plantio de Eucalyptus grandis
Palavras-chave em português
CANCRO DO EUCALIPTO
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
MODELOS EPIDEMIOLOGICOS
Resumo em português
Com o objetivo de se obter informações sobre a dinâmica do cancro do Eucalyptus causado por Cryphonectria cubensis (Bruner) Hodges, bem como sua quantificação e perdas associadas, estudou-se a ocorrência natural da doença em um teste de progênie de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden (Coff's Harbour) cuja avaliação da doença iniciou-se aos 2 anos de idade e estendeu-se, anualmente, até o final da rotação. Entre os modelos epidemiológicos testados (logístico, monomolecular e Gompertz), o monomolecular foi o que melhor se ajustou aos dados, indicando que, pela taxa de infecção verificada, embora a doença seja teoricamente de juros compostos e também poliética, sua dinâmica, para as condições do experimento, é muito lenta, podendo assumir características de doenças de juros simples. Foi verificada também uma brusca elevação na taxa de infecção aos 60-72 meses de idade. Procurou-se associar tal fenômeno aos dados climáticos da região e discutir-se também o possível efeito do estádio da cultura. Relações significativas foram encontradas na análise da regressão entre os dados de incidência e severidade média ao nível de progênies, indicando assim a possibilidade de se estimar a severidade por meio da incidência. As relações permaneceram constantes durante todo o ciclo, não diferindo de ano para ano. Encontrou-se também uma associação entre idade do cancro redução na taxa de crescimento para árvores com DAP entre 5-10 cm. Foram comparadas 3 idades de cancro, compreendendo árvores infectadas aos 2, 4 e 7 anos de idade. Árvores infectadas aos 2 e 4 anos apresentaram taxas de crescimento significativamente menores do que árvores sadias pertencentes à mesma classe de DAP. Tal fato não foi estatisticamente significativo para árvores com diâmetro superior a 10 cm, embora as árvores sadias tenham apresentado as taxas mais elevadas de aumento volumétrico.
Título em inglês
Eucalyptus canker caused by Cryphonectria cubensis: its dynamic, quantification and losses evaluated in an Eucalyptus grandis plantation
Resumo em inglês
With the objective of obtaining information about the dynamic of the Eucalyptus canker caused by Cryphonectria cubensis (Bruner) Hodges, as well as its quantification and losses associated, a natural occurrence of the disease was studied in a progeny test of Eucalyptus grandis Hill ex Maiden (Coff's Harbour) where the disease was assessed yearly from the second year of the plantation (1981) to the end of the cycle (1988). Among the epidemiological models tested (logistic, monomolecular and Grompertz), the monomolecular model was the one that fitted best the data, indicating that, although the disease is teoretically a compound interest disease, its dynamic, for the local conditions of the experiment, is very slow and could assume characteristics of a simple interest disease. A sudden rise in the infection rate at the age of 60-72 months old was verified. Attempts were made to associate this phenomenon with the regional climatic data and it was discussed the possible role of the phenologic stage of the plantation. It was found significant incidence severity relationships at the progeny level, indicating the possibility of estimating severity based on incidence. Also, the relations did not vary from year to year. It was also an association between canker age and a reduction in the growth rate for trees with DBH between 5 and 10 cm. Trees with three different canker ages were compared: trees infected at two, four and seven years, respectively. Trees that became infected at the age of 2 and 4 years showed significant reduced volumetric increase rate than healthy trees pertaining to the same DBH class. However, this was not statistically significant for trees with DBH above 10 cm despite the fact that healthy trees showed the highest rates of volume increase.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.