• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Gisele Maria Fantin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1989
Orientador
Título em português
Caracterização morfológica, fisiológica e patogênica de espécies de Elsinoe em citros (Citrus spp)
Palavras-chave em português

CITROS
FISIOLOGIA
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
MORFOLOGIA
PATOGENICIDADE
VERRUGOSE
Resumo em português
Espécies de Elsinoe causando verrugose em frutos folhas de plantas cítricas foram isoladas a partir de amostras provenientes de várias localidades dos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás. Elsinoe australis foi obtido de frutas de laranja, tangerina, lima ácida e tangor Murcote, enquanto E. fawcetti foi encontrado apenas em folhas e frutas de limão. Métodos para isolamento e esporulação in vitro foram aperfeiçoados para estas espécies. A esporulação de E. australis só foi conseguida pela modificação do método convencional para E. fawcetti substituindo substrato água por suspensão de fubá. Essa modificação melhorou também a esporulação de E. fawcetti. Elsinoe australis foi morfologicamente distinto de E. fawcetti pela cor preta de suas colônias cultivadas na ausência de luz e pelas dimensões dos conídios que apresentaram maior relação comprimento/largura. Verificou-se à temperatura de 32ºC, próxima à indicada como diferenciadora das espécies, maior crescimento das colônias de E. australis. Os testes de patogenicidade, realizados através de inoculação em folhas destacadas evidenciaram a distinção das espécies: E. fawcetti causou lesões típicas da doença sobre limão Cravo, Rugoso e Siciliano, ao passo que E. australis não causou sintomas sobre estas variedades
Título em inglês
Morphological, physiological and pathogenic characterization of Elsinoe species on citrus (Citrus spp)
Resumo em inglês
Species of Elsinoe causing scab on citrus fruit and leaves were isolated from samples proceeding from some localities in the State of São Paulo, Paraná, Minas Gerais and Goiás. Elsinoe australis was obtained from orange, tangerine, acid lime and Murcott, while E. fawcetti was observed only on leaves and fruits lemon. The methods for isolation and sporulation in vitro were improved for these two species. Sporulation of E. australis was only obtained by modifying the conventional method for E. fawcetti: using corn meal suspension instead of water. This modification improved also the sporulation of E. fawcetti. E. australis was morphologically distinct from E. fawcetti by the black color of its colonies grown in the absence of light and conidium dimensions that had a larger lenght / width rate. At the temperature of 32ºC which is close to that indicated to separate these two species, it was observed a higher growth of colonies of E. australis. The pathogenicity tests, performed through inoculation of detached leaves, showed the distinction between species: E. fawcetti produced typical disease lesion on Rangpur lime, Rough and "Siciliano" lemons, while E. australis did not cause symptoms on these varieties
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FantinGiseleMaria.pdf (2.97 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.