• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Maria Isabel Fancelli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1987
Orientador
Título em português
Ocorrência e adaptabilidade de linhagens de Alternaria dauci (Kühn) Groves & Skolko resistentes ao fungicida Iprodione
Palavras-chave em português
CENOURA
FUNGICIDAS
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
LINHAGENS RESISTENTES
QUEIMA DAS FOLHAS POR ALTERNARIA
Resumo em português
Neste trabalho foi detectada a ocorrência de linhagens de Alternaria dauci resistentes ao fungicida iprodione. Em ensaios de laboratório, estas linhagens resistentes foram capazes de crescer a 4000 ppm de iprodione incorporado ao meio de cultura; a produção de esporos foi, de um modo geral, menor do que dos isolados sensíveis e a característica resistência foi mantida após subculturas em meio livre de fungicida. O aparecimento de setores espontâneos resistentes foi relativamente fácil em linhagens de A. dauci sensíveis ao iprodione, após prolongada incubação de discos de micélio em meio de cultura contendo este fungicida. Setores obtidos de várias linhagens crescendo a diversas concentrações de fungicidas, foram selecionados e examinados quanto à capacidade de crescimento em meio com 1000 ppm de iprodione. Os resultados indicaram uma grande variação de comportamento entre os setores, mesmo entre aqueles originários de um mesmo isolado e concentração. A linhagem resistente ao iprodione mostrou resistência cruzada a fungicidas hidrocarbonetos aromáticos dicloran e quintozene e ao dicarboximida procimidone. Com relação à eficiência dos fungicidas, foi observado que polioxina, iprodione, captafol e hidróxido de trifenil estanho foram os melhores na inibição do crescimento micelial da linhagem sensível. Mas, para a linhagem resistente, os mais eficientes foram captafol e polioxina. Linhagens resistente e sensível inoculadas em sementes de diversas variedades de cenoura, apresentaram poucas diferenças na patogenicidade, devido à aIta concentração de inóculo utilizado (103 esporos/ml). As variedades que mostraram menores índices de doença foram Kuronan, Brasília e Kuroda. A concentração de inóculo foi importante para se detectar diferenças entre linhagens sensível e resistente, inoculadas na semente. Nas concentrações de 101 e 102 esporos/ml, a linhagem sensível foi mais patogênica que a resistente, mas nas concentrações mais elevadas (103 e 104 esporos/ml), as diferenças tenderam a desaparecer.
Título em inglês
Occurrence and fitness of iprodione-resistant strains of Alternaria dauci (Kühn) Groves & Skolko
Resumo em inglês
Iprodione resistant strains of Alternaria dauci which were able to grow on agar medium with iprodione at 4000 µg/ml, were detected. Conidial production of the resistant strains on agar media was usuaIIy smaIIer when compared to that of the sensitive strains and the resistance characteristic was retained after several subcuItures on a fungicide-free medium. The appearance of spontaneous resistant sectors was reIativeIy easy in A. dauci sensitive strains after prolonged incubation of the myceIial discs on the iprodione - containing medium. Sectors obtained from severaI strains at some fungicide concentrations were seIected and examined for the growth capacity on iprodione at 1000 µg/ml. The resuIts showed a great variabiIity among sectors, even with those sectors originated from the same isolate and concentration. FungaI variant resistant to iprodione showed cross resistance to the aromatic hydrocarbon fungicides dicloran and quintozene and to the dicarboximide procymidone. With respect to the fungicide efficiency, it was found that polyoxin, iprodione, captafol and triphenyl tin hydroxide were the best in inhibition of the mycelial growth of sensitive strain. For the resistant strain, however, the more efficient were captafol and polyoxin. Seed inoculations of several varieties of carrot with resistant and sensitive strains of A. daucishowed slight differences in pathogenicity, due to the high spore concentration (103 spores/ml) used. The most resistant varieties were Kuronan, Brasilia and Kuroda. The fungaI spore concentration was important for the detection of differences among A. dauci strains (sensitive and resistant), through the seed inoculation tests. At the concentration of 101 and 102 spores/ml, the sensitive strain was more pathogenic than the resistant one, but at the higher concentrations, the differences tended to disappear.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.