• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-162256
Documento
Autor
Nome completo
Roberto Moretzsohn de Castro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1994
Orientador
Título em português
Seleção “in vitro” e “in vivo” de fungicidas e agentes biológicos para o controle de Didymella bryoniae (Auersw.) Rehm em melão (Cucumis melo L.)
Palavras-chave em português
CONTROLE BIOLÓGICO
CRESTAMENTO GOMOSO DO CAULE
FUNGICIDAS
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
MELÃO
SELEÇÃO
Resumo em português
O presente trabalho teve por finalidade selecionar fungicidas “in vitro”, que se mostrassem eficientes na inibição do crescimento micelial do patógeno, e avalia-los quanto sua ação preventiva, erradicante e curativa sobre o mesmo, quando inoculado em plantas de melão, em casa-de-vegetação. Objetivou, também, a seleção em laboratório de bactérias antagônicas à D. bryoniae e verificar seu efeito, quando pulverizadas sobre o microrganismo, após a inoculação em plantas de melão. Houve boa correlação entre os fungicidas selecionados “in vitro” com aqueles selecionados “in vivo”. Nos ensaios em casa-de-vegetação, benomyl e iprodione foram os fungicidas que apresentaram melhor ação protetora; vinclozolin e iprodione foram aqueles que mostraram melhor efeito curativo sobre as folhas; e na avaliação do efeito erradicante, todos produtos testados forma eficientes. A aplicação via solo dos fungicidas benomyl e iprodione mostrou efeito imunizante sobre as plantas de melão, conferindo proteção até o 16º dia após a aplicação. O uso de folhas destacadas na triagem dos fungicidas mostrou boa correlação com as avaliações “in vivo”. Houve boa correlação entre as bactérias selecionadas “in vitro”com aquelas que melhor se comportaram "in vivo", tendo essas conseguido reduzir a incidência do patógeno em sementes artificialmente inoculadas. Nas plantas de melão o nível de controle se mostrou estatisticamente intermediário com relação à testemunha e ao controle químico.
Título em inglês
“in vitro” and “in vivo” selection of fungicides and biological agents for the control of Didymella bryoniae (Auersw.) Rehm in melon (Cucumis melo L.)
Resumo em inglês
The goal of this paper was the “in vitro” selection of fungicides that showed high efficiency to inhibit the pathogen mycelial growing, further the evaluation of their preventive, erradicant and curative mode of action on the pathogen inoculated in melon in greenhouse conditions. It also has the goal of laboratory selection of antagonic bacteria to D. bryoniae and their effect, when sprayed on the microorganism, after its inoculation in melon. There was good correlation between “in vitro” and “in vivo” fungicides selected. The experiments with benomyl and iprodione in the greenhouse showed the best preventive action. The vinclozolin and iprodione showed the best curative action on leaves and all products tested had good erradicant efficiency. When sprayed by soil path iprodione and benomyl presented immunizing effect in melon plants, giving protection until the 16th day after spray. The use of detached leaves m fungicides screening gave good correlation with “in vivo” evaluation. There was good correlation between “in vitro” and “in vivo” antagonics bacteria selected, reducing the incidence of the pathogen in artificially inoculated seeds. The statistics of the control leveI in melon plants was between the untreated and the chemical control.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.