• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2013.tde-17122013-112417
Documento
Autor
Nome completo
Alan Arthuso Pavani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2013
Orientador
Banca examinadora
Christoffoleti, Pedro Jacob (Presidente)
Ferreira, Renato Rodrigues
Victoria Filho, Ricardo
Título em português
Caracterização fisiológica de variedades de cana-de-açúcar submetidas ao estresse oxidativo causado pelo herbicida paraquat
Palavras-chave em português
Conteúdo de clorofila
Déficit hídrico
Fluorescência
Saccharum spp.
Resumo em português
O déficit hídrico é um dos principais fatores limitantes da produtividade agrícola e a aplicação de alguns herbicidas específicos, no controle de plantas daninhas induz, como consequência de seus mecanismos de ação, um acúmulo de elétrons no fotossistema II, formando assim, radicais livres, que promovem a peroxidação dos lipídeos, que por sua vez destroem as membranas celulares, através do fenômeno conhecido como estresse oxidativo, semelhante ao provocado pela reação da planta submetida ao déficit hídrico O objetivo deste trabalho foi caracterizar fisiologicamente as variedades SP83-2847, SP83-5073, SP80-3280 e CTC2, submetidas a níveis de estresse oxidativo, ocasionados pela aplicação de doses do herbicida paraquat. O conteúdo relativo de clorofila (CC), a eficiência quântica potencial do fotossistema II (Fv/Fm), a nota visual de fitotoxicidade (NF) e a fitomassa fresca (MF) foram utilizados como parâmetros fisiológicos de avaliação. O estresse oxidativo foi imposto pela aplicação do herbicida paraquat nas doses 0 (D0), 25 (D1), 50 (D2), 100 (D3) e 200 (D4) g/ha de paraquat (1,1'-dimetil-4,4'-bipiridilio dicloreto). As avaliações foram realizadas nos períodos de 24, 48 e 960 horas após a aplicação dos tratamentos. O conteúdo relativo de clorofila (CC) estimado através do índice SPAD, a eficiência quântica potencial do fotossistema II (Fv/Fm), a nota visual de fitotoxicidade (NF) e a massa fresca (MF) são influenciados negativamente pelos tratamentos doses do paraquat. Os padrões de resposta ao estresse oxidativo ocasionado pela aplicação do paraquat nas variedades conhecidas como tolerantes ao déficit hídrico não indicam claramente que são diferentes dos padrões de resposta ao estresse oxidativo ocasionado pelo déficit hídrico, fato que não corrobora claramente com a hipótese de que variedades tolerantes ao estresse oxidativo ocasionado por herbicidas também seriam tolerantes ao déficit hídrico.
Título em inglês
Physiological characterization of sugarcane varieties subject to oxidative stress caused by the herbicide paraquat
Palavras-chave em inglês
Chlorophyll content
Drought
Fluorescence
Saccharum spp.
Resumo em inglês
Drought is the main factor that limits crop yields, and the use of specific herbicides, to control weeds, induces, as a consequence of their mechanisms of action, an accumulation of electrons in the photosystem II, forming free radicals that promote the lipid peroxidation, hence destroying the cell membranes, by the known phenomenon oxidative stress, similar to the reaction of plants to drought. The objective of this study was to characterize physiologically the varieties SP83-2847, SP83-5073, SP80-3280 and CTC2, under levels of stress caused by the application of doses of the herbicide paraquat. The relative chlorophyll content (CC), the potential quantum efficiency of photosystem II (Fv / Fm), the visual rating of phytotoxicity (NF) and the fresh biomass (MF) were used as physiological parameters. Oxidative stress was imposed by the application of the herbicide paraquat at doses of 0 (D0), 25 (D1), 50 (D2), 100 (D3) and 200 (D4) g/ha of paraquat (1,1 '-dimethyl -4,4 '-bipyridylium dichloride). The evaluations were performed by periods of 24, 48 and 960 hours after treatment. The chlorophyll content (CC) estimated by the SPAD, the technique of potential quantum efficiency of photosystem II (Fv / Fm), phytotoxicity visual ratings (NF) and the fresh biomass (FM) are negatively influenced by treatments and doses of paraquat . The response patterns to oxidative stress caused by paraquat application of the known varieties tolerant to drought are not clearly indicate that are different form patterns of response to oxidative stress caused by drought, which did not clearly corroborates the hypothesis that tolerant varieties of oxidative stress caused by herbicides would also be tolerant to drought.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-01-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.