• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-105040
Documento
Autor
Nome completo
Silvio Roberto Penteado
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1991
Orientador
Título em português
Preservação de gemas dormentes de nectarina Rubrosol em diferentes ambientes e períodos de armazenamento
Palavras-chave em português
ARMAZENAMENTO
BORBULHAS
CONSERVAÇÃO PELO FRIO
EMBALAGENS PLÁSTICAS
ENXERTIA
GEMAS
NECTARINA
PROPAGAÇÃO VEGETAL
Resumo em português
Pesquisou-se ambientes e períodos de conservação de gemas dormentes da nectarina Rubrosol (Prunus persica L. Batsch, var nucipersica) objetivando tornar disponível material de enxertia no final de inverno e durante a primavera. Coletou-se borbulhas 20/06/88, conservando-as por 15, 30, 60, 90, 120 e 150 dias, sob os tratamentos: a) com e sem desinfecção inicial; b) com e sem exaustão dos gases da embalagem. Todo o material permaneceu em temperatura de 0°C (câmara fria): 6± 1°C (refrigerador) e 17,2 a 22,2°C (ambiente). Avaliou-se o experimento através do pegamento das borbulhas enxertadas, de acordo com os períodos de armazenamento. O efeito das baixas temperaturas sobre a quebra da dormência das gemas e a época da realização da enxertia foram também investigados. Os melhores resultados foram obtidos com as borbulhas sob baixas temperaturas (0°C e 6± 1°C) de armazenamento, embaladas em sacos de polietileno, sem qualquer tratamento. Na temperatura 0°C, obteve-se pegamento de borbulhas para até 150 dias de preservação. Sob temperatura ambiente, hastes embaladas e mantidas à sombra, proporcionaram um pegamento em torno de 50% aos 15 dias, vindo a apresentar uma deterioração drástica após este período. Para a formação precoce de mudas de nectarineira, o armazenamento de borbulhas só traz vantagens para enxertias até o final da primavera, pois na estação seguinte (verão) há grande disponibilidade de material propagativo na planta.
Título em inglês
Preservation of dormant buds of nectarine Rubrosol under different environments and storage periods
Resumo em inglês
Different environment conditions and preservation periods on nectarine buds (Prunus persica L. Batsch var. nucipersica), cultivar Rubrosol, have been under research. The objective was to obtain grafting material at the end of winter and during spring. Buds have been collected in June 20, 1988 and stored for 15, 30, 60, 90, 120 and 150 days under the following treatments: a) with and without initial disinfection; b) with and without gas exausting out of the packings. The material remained at 0°C (cool chamber), 5°C to 7°C (refrigerator) and from 17,2 to 22,2°C (ambience). The experiment was evaluated through survival of budding, according to the various storing periods. The influence of low temperatures on breaking dormancy of buds and the time of grafting were also studied. Best results were obtained with buds of stored at low temperatures (0°C and 5°C to 7°C), and packed in polyethylene bags without any treatment. Storage at 0°C the survival of buds reached 150 days when stored at 0°C. At ambient temperature, grafted buds kept undershade gave survival of 50% up to 15 days, dying sharply after. To obtain early grafted plants of nectarine, buds storage only give advantage on grafting until late spring, thus in following season (summer), there are great disposal buds in the fruit tree.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.