• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-135235
Documento
Autor
Nome completo
José Luís Marchi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2001
Orientador
Título em português
Procedimentos para a condução do teste de condutividade elétrica para avaliação do vigor de sementes de milho
Palavras-chave em português
MILHO
PESTICIDAS
SEMENTES
TESTE DE CONDUTIVIDADE ELÉTRICA
TRATAMENTO QUÍMICO
VIGOR
Resumo em português
O trabalho foi realizado no Laboratório de Análise de Sementes e em área experimental do Departamento de Produção Vegetal da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", da Universidade de São Paulo, com o objetivo de estudar diferentes procedimentos para a condução do teste de condutividade elétrica para a avaliação do vigor de sementes de milho. Para tanto, três lotes de sementes de milho, do cultivar CO 32, com diferentes intensidades de danos mecânicos, foram submetidos ao teste de condutividade elétrica, utilizando-se amostras com 25, 50 e 100 sementes; para cada amostra o teste foi conduzido com sementes previamente escolhidas (eliminando-se aquelas com a presença de danos mecânicos visíveis) e com sementes sem escolha (amostras originais). Paralelamente, foram conduzidos testes de vigor complementares (frio, envelhecimento acelerado e emergência de plântulas em campo), visando estabelecer relações com os procedimentos adotados para a condução do teste de condutividade e, assim, selecionar o procedimento mais adequado para a condução do mesmo. Após definição do procedimento mais adequado, o teste de condutividade elétrica foi conduzido com as sementes dos três lotes, tratadas com fungicidas (Maxim XL, Captan 750 TS e Vitavax - Thiram 200 SC), inseticidas (K-obiol e Actelic) e associação dos fungicidas e inseticidas, visando verificar a influência dos mesmos na avaliação da condutividade elétrica. Os resultados obtidos permitiram concluir que, com exceção dos tratamentos com 100 sementes sem escolha e 50 sementes com escolha, as demais metodologias mostraram-se adequadas para a condução do teste de condutividade elétrica em sementes de milho. O tratamento das sementes com os fungicidas Maxim XL, Captan 750 TS e Vitavax - Thiram 200 SC não interferem na condutividade elétrica da solução de embebição das sementes de milho. Por outro lado, de maneira geral, a mistura dos inseticidas K-obiol e Actelic e sua associação com os fungicidas, provocam aumentos naqueles valores; contudo, tal comportamento não provocou alterações na classificação do vigor dos lotes.
Título em inglês
Procedures for the conduction of the electrical conductivity test for the evaluation of maize seed vigor
Resumo em inglês
The research was conducted at the Seed Analysis Laboratory and in an experimental area of the Vegetal Production Department at Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", University of São Paulo, with the objective of studying different procedures for the bulk conductivity test for the evaluation of vigor in maize seeds. For this experiment, three seed lots of C032 hybrid, with different levels of mechanical damages were submitted to the electrical conductivity test, using samples with 25, 50 and 100 seeds. For each sample the test was conducted with previously chosen seeds (the ones with no visible mechanical damages) and with seeds without previous choice (original samples). Simultaneously complementai vigor tests were conducted (cold test, accelerated aging, and field emergence) with the aim of establishing relations with the adopted procedures on the conduction of the conductivity test and, by this way, to select the most adequable procedure for the conduction of the conductivity test. After the definition of the most adequable procedure, the bulk conductivity test was done with the three seed lots treated with fungicides (Maxim XL, Captan 750 TS and Vitavax - Thiram 200 SC), inseticides (K-obiol and Actelic) and the association of both, with the aim of verifying the influence of then on the evaluation of bulk conductivity. The results obtained, showed that, with the exception of the procedures which used 100 seeds without previous choice and 50 seeds with choice, ali the procedures were efficient for the conduction of the electrical conductivity test for maize seeds. The maize seeds treatment with the fungicides Maxim XL, Captan 750 TS and Vitavax - Thiram 200 SC didn't interfere on the conductivity of the solution, otherwise, in a general way, the mixture of the inseticides K-obiol and Actelic, and their association with the fungicides, increase those values, however the seeds chemical treatment didn't cause changes on the lots vigor classification.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MarchiJoseLuis.pdf (1.37 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.