• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-141427
Documento
Autor
Nome completo
Lúcia Helena Signori Melo de Castro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1997
Orientador
Título em português
Defeitos da interação do EPTe com aldicarb e carbofuran em plantas de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.)
Palavras-chave em português
ATIVIDADE ENZIMÁTICA
DESENVOLVIMENTO
FEIJÃO
REDUTASE DO NITRATO
RELAÇÃO HERBICIDAS-INSETICIDAS
Resumo em português
Dois experimentos foram realizados em casa-de-vegetação, no Centro Experimental de Campinas, do Instituto Agronômico com o objetivo de estudar os efeitos da interação do herbicida EPTC (S-etil-dipropiltiocarbamatol) com os inseticidas aldicarb [2-metil-2-(metiltio)- propionaldeído-0-(metilcarbamoil)-oxima] e carbofuran [2,3- diidro-2,2-dimetil-7-benzcfuranil-0-metil-carbamato], aplicados isoladamente ou em mistura, com e sem adição de nitrogênio, sobre o desenvolvimento do feijoeiro e na ação da enzima redutase de nitrato. Utilizou-se terra de um latossolo vermelho-escuro de textura barrenta, esterilizado com brometo de metila, peneirado e colocado em vasos de alumínio com capacidade para 5 litros. No primeiro experimento foram estudados o aldicarb e o carbofuran nas doses de 1, 2 e 3 kg i. a. ha-1, combinados com 0 e 50 kg N ha-1, com os cultivares Aroana e Carioca. Na avaliação realizada aos 36 dias após a semeadura (DAS) o cultivar Aroana, apresentou valores menores de altura nos tratamentos com aldicarb a 2 kg ha-1 , sem N, e carbofuran a 2 e 3 kg ha-1 combinados com N. No segundo experimento utilizou-se o cultivar de feijão Carioca, e o herbicida EPTC a 3,6 kg ha-1, isolado e associado aos inseticidas aldicarb e carbofuran a 2kg ha-1, todos com 0 e 50 kg N ha -1 , na forma de KN03. Foi medida a altura das plantas e obtida a produção de matéria seca (PMS) da parte aérea aos 22 e 41 DAS e, o número de vagens, PMS de vagens, produção de grãos de cada tratamento, na colheita. O tratamento com EPTC, isolado, sem N, apresentou retenção de crescimento aos 41 DAS, com menor medida de altura da planta. Considerando-se os valores de número total de vagens, número de vagens sadias, PMS de vagens sem grãos, número de grãos e produção de grãos, o aldicarb e o carbofuran a 2 kg ha-1 e aldicarb + EPTC, estimularam o crescimento, do feijoeiro ‘Carioca’ associado ou não ao N. O aldicarb, quando associado ao EPTC, propiciou produção significativamente superior nos tratamentos com e sem N. As determinações da atividade da enzima redutase de nitrato, efetuada nas folhas trifolioladas, recentemente expandidas, do feijoeiro 'Carioca', resultou em maior atividade da enzima, aos 8 dias após a adubação com KN03. A associação do aldicarb + EPTC, com e sem N, aumentou a atividade enzimática, o mesmo orrendo com carbofuran sem N, aos 24 dias.

Título em inglês
Interaction effects of EPTC with aldicarb and carbofuran in bean (Phaseolus vulgaris L.) plants
Resumo em inglês
In order to study the interaction effects of the herbicide EPTC (S-ethyl-dipropylthiocarbamate) applied alone or with the insecticides aldicarb [2-methyl -2-(methylthio)-propionaldehyde-0-(methylcarbamoyl)-oxime] and carbofuran [2,3-dihydro-2,2-dimethyl-7-benzofuranyl methylcarbamate], with and without nitrogen, on the growth of common bean plants and the activity of the nitrate reductase enzyme, two experiments were carried out in greenhouses at the Centro Experimental de Campinas, Instituto Agronômico. Soil of a loarmy dark-red latosol, was sterilized, silver and put in aluminum pots with capacity for 5 liters. In the first experiment aldicarb and carbofuran were tested at 1, 2 and 3 kg a. i. ha-1combined or not witth 50 N ha-1, using the cultivars Aroana and Carioca. Evaluation done at 36 days after seeding (DAS), showed that cv. Aroana had lower heights whith aldicarb at 2 kg ha-1, without N and carbofuran at 2 and 3 Kg ha-1 with N. In the second experiment, using only cultivar Carioca, aldicarb and carbofuran were applied at 2 kg , ha-1 and EPTC, at 3,6 kg ha-1, alone and associated with the insecticides, all with or without N at 50 kg ha-1, in the KN03 form. The plant height and the dry matter production (DMP) were measured at 22 and 41 DAS and the number of pods, DMP of pods and the grain yield, at harvest, for all treatrnents. EPTC, alone and without N, caused growth retention at 41 DAS, with the lowest height. Considering the values of total number of pods, number of healthy pods, DMP pods without seeds, number of seeds and seed yield, for the cv. Carioca, aldicarb and carbofuran at 2 kg ha-1 and aldicarb plus EPTC showed stimulatory effects on the bean plants in the presence or absence of nitrogen. With this association the yield was significantly higher in the treatments with and without N. Nitrate reductase activity at 8 days after KN03 application, in the recently expanded leaves of the cv. Carioca, was enhanced. The association of aldicarb plus EPTC, in the presence or absence of nitrogen, increased enzyme activity, as occurred with carbofuran without N, at 24 days.

 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.