• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-172159
Documento
Autor
Nome completo
Valéria Aparecida Modolo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1998
Orientador
Título em português
Avaliação de recipientes e substratos para a produção de mudas de quiabeiro (Abelmoschus esculentus (L.) Moench)
Palavras-chave em português
CULTIVO EM BANDEJA
MUDAS
PRODUÇÃO
QUIABO
RECIPIENTES
SUBSTRATOS
Resumo em português
Com o objetivo de avaliar o desenvolvimento de mudas de quiabeiro, cultivar Santa Cruz 47, produzidas no sistema de bandejas de isopor, realizou-se o presente trabalho no Campo Experimental do Departamento de Horticultura da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz". O experimento constou de duas etapas: produção de mudas e transplante destas mudas em campo, para avaliação da produção comercial de frutos. Para a produção de mudas que ocorreu em ambiente protegido, foram utilizados três tipos de bandeja que diferem entre si pelo volume e altura das células, associadas a quatro diferentes substratos. Os substratos constaram de variações de uma mistura comercial denominada GII, produzida pela Empresa Gioplanta. O delineamento experimental foi de blocos inteiramente casualizados, com 4 repetições, no esquema fatorial 3 x 4, sendo um dos fatores os tipos de bandeja e o outro, os substratos. O desenvolvimento das mudas foi avaliado aos 12, 17, 22, 27 e 32 dias à partir da semeadura, estimando-se os seguintes parâmetros: área foliar, altura da parte aérea, diâmetro da parte mediana do caule, peso da matéria seca do sistema radicular e peso da matéria seca da parte aérea. Para avaliação da produção comercial de frutos foram transplantadas no campo 30 mudas de cada um dos 12 tratamentos, sendo que cada parcela experimental constou de 5 fileiras de 30m de comprimento, totalizando uma área de 15m2. O delineamento experimental foi o mesmo utilizado na produção de mudas. A colheita iniciou-se aos 49 dias após o transplante das mudas para o campo, sendo que foram colhidos os frutos no tamanho comercial das 12 plantas centrais. Nesta etapa foram avaliados número e peso total de frutos. Para as condições de experimento, concluiu-se que as bandejas de maior volume proporcionaram melhor desenvolvimento das mudas para todos os parâmetros estudados. Nos substrato que recebeu casca de arroz carbonizado na proporção 1:1, observou-se menos desenvolvimento das mudas. A utilização do produto comercial (adubado) com suplementação de nutrientes, favoreceu o desenvolvimento das mudas de quiabeiro. Para a produção de frutos, observou-se maior produtividade em plantas originadas de mudas provenientes das bandejas de maior volume (T1 e T2) independentemente do substrato utilizado. A menor produtividade foi obtida quando foi adicionado casca de arroz carbonizado proporção 1:1, ao produto comercial GII, independentemente da bandeja utilizada
Título em inglês
Evaluation of okra (Abelmoschus esculentus (L.) Moench) seedlings in different substrates and containers
Resumo em inglês
An experiment with three types of trays and four different substrates was carried out in a greenhouse at the Horticulture Department of Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Universidade de São Paulo - ESALQ-USP. The experiment had two parts: seedling production and fruit production. Trays with different cell size were used in the okra seedling production. The substrates used were a blend of a commercial mixture made by Empresa Gioplanta. The experimental design was a completely randomized block, with 3 x 4 factorial arrangement. One of the factors was represented by 3 types of trays, and the other by different substrates. The evaluation for the growing analisys was done 12, 17, 22, 27 and 32 days after germination. The following criteria was used to evaluate the development of the seedlings: leaf area; diameter of the medium stem; height of the stem; dry weight of the root, leaf and stem. In the field were transplanted 30 seedlings to evaluate fruits production. The experimental design was the same used in the first part. Commercial size fruits were harvested from the 12 central plants 49 days after seedling transplant. In this part fruit weigh and number were evaluated. The results indicated that the production of okra seedlings in trays with largest cell volume presented the best results for all the parameters studied. Trays of various types that contained substrate Gil and carbonized rice hulls in the proportion 1: 1, presented less developed seedlings. Initial fertilizing and fertilizing during seedling growth permitted a better development of okra seedlings. In the field the plants grown in largest cell volume produced more fruits than plants from small cell volume, regardless the substrate. The lowest produtivity was obtained when Gil and carbonized rice hulls were mixed (1: 1) in the seedling production, independently of the tray used.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.