• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-121702
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Carlos Arabicano Gheller
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1995
Orientador
Título em português
Técnica cultural para o controle da podridão-abacaxi em cana-de-açúcar e modelo para estimativa de perdas
Palavras-chave em português
CANA-DE-AÇÚCAR
CONTROLE CULTURAL
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
MODELOS DE REGRESSÃO
PERDAS DA PRODUÇÃO
PODRIDÃO-ABACAXI
Resumo em português
O estudo quantitativo das perdas provocadas por C. paradoxa, agente causal da podridão-abacaxi em cana-de-açúcar, e a sua expressão através de modelo empírico para estimar sua influência na produção agrícola, foram os objetivos básicos deste trabalho. Como decorrência do seu planejamento e como metodologia de desenvolvimento do modelo, foram analisados diferentes métodos de plantio da cana-de-açúcar, como técnica cultural para o controle da doença. Foram aplicados na instalação do ensaio de campo, cinco tratamentos :a) cana seccionada em toletes de 3 gemas; b) cana seccionada em toletes de 3 gemas com aplicação do fungicida Benomyl (Benlate), na concentração de 0,7 g do p. c. por litro d'água, através de imersão; c} cana seccionada em toletes de 6 gemas; d) cana seccionada apenas em seu terço superior; e) cana inteira. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com parcelas subdivididas, com 4 repetições ( blocos ), nos quais foram distribuídas as variedades NA56-79, RB725828 e RB735275 (parcelas ), e os tratamentos ( sub-parcelas). O ensaio foi instalado em solo Latossolo Roxo distrófico, na Estação Experimental de Cana-de-Açúcar de Araras/SP, antes pertencente ao IAA/PLANALSUCAR, e atualmente sede do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos-CCA/UFSCar. A medida da intensidade (%) de podridão-abacaxi, efetuada aos 70 dias após a instalação do ensaio, representando a severidade da infecção do fungo C. paradoxa nos tecidos dos colmos plantados, foi sistematizada através da escala de notas: 1-início ou ausência de infecção; 2- infecção em 1/3 da extensão do tolete; 3-infecção superior a ⅟2 do tolete, e 4- infecção em toda a extensão do tolete. A análise dos dados obtidos permitiu concluir que a podridão-abacaxi, em condições de clima favoráveis à sua ocorrência, infecciona severamente os toletes de cana-de-açúcar plantados, caso tenham sido seccionados à maneira convencional (3 gemas), diminuindo sua intensidade (%) de infecção à medida que se aumenta o tamanho do tolete plantado, de valores próximos a 100% (toletes de 3 gemas) para valores ao redor de 38% (cana plantada inteira). O efeito da doença foi maior na cana- planta, e os maiores rendimentos agrícolas ocorreram nos tratamentos com menor número de seccionamentos dos colmos plantados. Demonstrou-se que adequado controle da podridão-abacaxi em cana-de-açúcar, se obtém com a utilização de toletes de 12 a 18 gemas, isto é, procedendo-se a apenas um seccionamento, ou nenhum, em colmos de no máximo 12 meses de idade, o que proporcionou, além de ganhos no rendimento agrícola (t/ha), melhor qualidade de plantio, comparado ao sistema tradicional. A avaliação da redução da produção agrícola em relação à intensidade (%) de podridão-abacaxi pode ser estimada pela aplicação do modelo empírico de regressão considerando um ponto crítico na ocorrência da podridão-abacaxi, aos 70 dias do plantio, resultando na relação representada pela equação y =0,46(x - 44,59), com coeficiente de determinação r2 = 0,837, onde "y'' é a redução da produção de cana-de açúcar em toneladas por hectare e "x" a intensidade (%) da doença, equação válida para valores de intensidade (%) acima de 44,59%.
Título em inglês
Cultural technique for controlling pineapple disease on sugarcane and model for estimating losses
Resumo em inglês
The assessment of losses caused by Ceratocystis paradoxa, the causal agent of pineapple disease on sugarcane, as well as its expression through an empiric model for estimating the effects on yield were the main objectives of this research. As a consequence of the processes of planning and determining the rnethodology on which the model was established, different systems of sugarcane planting aiming at to control that disease were analysed. A field experiment was set with five treatments: a) stalk cut into 3-bud seedpieces; b) stalk cut into 3-bud seedpieces plus Benlate (Benomyl) application at the concentration of O. 7 g of the commercial product per liter of water by immersion; e) stalk cut into 6-bud seedpieces; d) stalk cut at its upper third; e) whole stalk. The experimental design consisted of randomized blocks with sub-plots and four replications (blocks) in which the varieties NA56-79, RB725828, and RB735275 (plots) and five treatments were analised. The experiment was set in a dystrophic Dusk-Red Latosol at the Estação Experimental de Cana-de-Açúcar located in Araras, SP, formerly belonging to IANPLANALSUCAR and presently housing the Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de São Carlos – CCA/UFSCar. Pineapple disease incidence was evaluated 70 days after the experiment was set, and represents infection severity of the fungus C. paradoxa on the planted seedpieces tissues. Pineapple disease infection was arranged according to the following grade system: 1 - initial or no infection; 2 - 1 /3 seedpiece lenght infected; 3 - more than 1/2 seedpiece infected; 4 - whole seedpiece infected. Data analyses allowed to conclude that pineapple disease, under favorabie conditions to its incidence, can severely affect planted sugarcane seedpieces, if these are cut into 3-bud cuttings as usual. Disease intensity decreases as the seedpiece lenght is increased, from about 100% in 3-bud seedpieces to circa 38% in whole stalk. Yield was more affected in plant cane and was higher in those treatments in which a smaller number of cuts was done. It can be concluded that proper contral of pineapple disease is obtained by planting 12-18-bud seedpieces. This means that one or even no cutting should be executed in the stalk if the cane is no older than 12 months. This practice allows best planting quality and increases in yield, as compared to traditional planting system. Evaluation of yield lasses as related to pineapple disease intensity (%) can be estimated by applying the empirical model of regression considering incidence of the disease at 70 days after planting as the critical point, thus resulting in the equation y = 0.46 ( x - 44.59 ), with a coefficient of determination r2 = 0.837, where "y'' represents sugarcane yield decrease in tons per hectare and "x" the disease intensity. This equation can be used for intensity (%) values above 44.59%.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.