• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-122852
Documento
Autor
Nombre completo
Elaine Bahia Wutke
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1998
Director
Título en portugués
Desempenho do feijoeiro em rotação com milho e adubos verdes
Palabras clave en portugués
ADUBOS VERDES
DESEMPENHO
FEIJÃO
MILHO
ROTAÇÃO DE CULTURAS
Resumen en portugués
Um experimento foi instalado em Latossolo Roxo na Estação Experimental do Instituto Agronômico (IAC), no município de Ribeirão Preto, São Paulo para serem avaliados os efeitos da rotação com a cultura do milho e com os adubos verdes aveia preta (Avena strigosa, crotalária júncea (Crotalaria juncea L.), guandu (Cajanus cajan (L.) Millsp.) e mucuna preta (Mucuna aterrima), no outono-inverno, seqüencialmente ao feijoeiro/milho de ciclo precoce, na produção do feijoeiro, cultivar IAC-Carioca, irrigado por aspersão sob pivô central, e as relações com parâmetros básicos do solo e da planta, no período de 1992 a 1996. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso com seis repetições, constituído por seis tratamentos compostos das seguintes sucessões de culturas: T1 = feijoeiro/milho/pousio; T2 = feijoeiro/milho/milho, T3 = feijoeiro/milho/aveia preta; T4 = feijoeiro/milho/crotalária júncea; T5 = feijoeiro/milho/guandu e T6 = feijoeiro/milho/mucuna preta. A distribuição dos tratamentos em cada bloco foi realizada no primeiro ano e mantida em todos os anos da experimentação. Os dados foram analisados segundo Duncan, ao nível de 5%. O preparo do solo foi do tipo convencional, constituído de aração e degradagem niveladora e a semeadura do feijoeiro foi realizada cerca de uma semana após o corte e a incorporação dos adubos verdes e da aveia preta e da colheita do milho safrinha. Para o manejo da irrigação foram utilizados tensiômetros instalados dois a 15 cm, dois a 30 cm e dois a 45 cm de profundidade. O momento de aplicação da água foi definido quando o potencial de água atingiu -0,05 MPa, com base na leitura dos dois tensiômetros instalados a 15 cm. As adubações, capinas e pulverizações foram realizadas conforme recomendações da pesquisa e sempre que necessário. Foram avaliadas, para a cultura do feijoeiro, as condições químicas do solo; a velocidade de infiltração básica do solo (VIB); a densidade do solo; o perfil de resistência à penetração neste solo; o teor foliar de macronutrientes; a cobertura vegetal do solo; a quantidade de matéria seca; o índice de área foliar (IAF); a altura das plantas; o desenvolvimento do sistema radicular; o estande final; o rendimento de grãos e as correlações lineares entre alguns destes parâmetros. Pela análise dos resultados obtidos, a inclusão da mucuna preta no período não convencional de outono-inverno, antes da seqüência feijoeiro/milho de ciclo precoce, contribuiu para o aumento no rendimento de grãos do feijoeiro em relação ao pousio. A avaliação do comprimento do sistema radicular mostrou-se um importante indicador dos efeitos da rotação de culturas no desenvolvimento do feijoeiro irrigado. A inclusão da mucuna preta, da crotalária juncea e do milho, no período não convencional de outono-inverno, antes da seqüência feijoeiro/milho, contribuiu para o aumento do comprimentodo sistema radicular do feijoeiro, até a profundidade de 60 cm, mas não alterou a sua profundidade efetiva que, para fins de manejo de irrigação, em latossolo roxo, é de 35 a 40 cm. A rotação de culturas incluindo o feijoeiro irrigado, seguido do milho e a seguir por pousio, milho e adubos verdes reduz a resistência à penetração do solo: garante a manutenção de um teor normal em matéria orgânica do solo e possibilita a redução da sua acidez e o aumento de sua saturação por bases (V%) em profundidade. A inclusão da mucuna preta e da crotalária juncea no período não convencional de outono-inverno, antes da seqüência feijoeiro/milho de ciclo curto, favorece o feijoeiro em relação aos teores foliares de potássio; à cobertura vegetal do solo e ao índice de área foliar (IAF). A velocidade de infiltração básica do solo (VIB) também foi favorecida. Não se observaram diferenças significativas entre os tratamentos para as avaliações de teores foliares de nitrogênio, fósforo e potássio; quantidade de matéria seca; altura de plantas e densidade de comprimento de raízes de feijoeiro.
Título en inglés
Performance of common beans in rotation with corn and green manure crops
Resumen en inglés
An experiment was carried out from 1992 to 1996 at the Instituto Agronômico Experimental Station, at Ribeirão Preto, SP, in a typic Haplorthox soil. The objective was to evaluate the effects of rotation with maize and the green manure crops: oat (Avena strigosa), sunnhemp (Crotalaria juncea L.), pigeon pea (Cajanus cajan (L.) Millsp.) and velvet bean (Mucuna aterrima), on the production of common bean (variety IAC-Carioca), under center pivot irrigation. These species were cropped in the autumn and the common bean followed them. The experimental design was a randomized block with six replications. The six treatments which followed the adopted successions were T1 = bean/corn/fallow; T2 = bean/corn/corn; T3 = bean/corn/oat; T4 = bean/corn sunnhemp; T5 = bean/corn/pigeon pea and T6 = bean/corn/velvet bean. The distribution of the treatments in each block was done in the first year and maintained during the all four years. The data were analised using Duncan test at the 5% leveI.The soil preparation consisted of plowing and harrowing. Beans were sowed one week after cutting and incorporating the biomass of green manure crops and after harvesting corn. Two tensiometers were installed at 15 cm, two at 30 cm and two at 45 cm of depth for the irrigation management. The time of irrigation was defined as the water potential reached -0,05 Mpa, according to the tensiometers installed at 15 cm of depth.The common bean production was related to the main characteristics of soil and plant which consisted of the soil chemistry, the basic infiltration rate, the soil density, the mechanical soil resistance, the macronutrients contents in the leaves, the amount of dry matter, the leaf area index, soil cover, the average plant height, the root development, plant population and grain yield. Correlations between some of these characteristics were obtained in the common bean crop. The results show that the inclusion of velvet bean during the autumn-winter period in the crop sequence contributed to increase grain yield of beans. The evaluation of the lenght of the root system is important to understand the effects of crop rotation on development of irrigated common beans plants. The inclusion of velvet bean, sunnhemp and corn, during the autumn-winter period in the crop sequence contributed to increase the lenght of root system of bean plants up to the depth of 60 cm. However it did not alter the effective root depth (80% of total), which was around 35 to 40 cm. The common bean rotations with grain and green manure crops reduced the impedance of the soil penetration, maintained the normal contents of the soil organic matter, reduced the acidity and increased the base saturation index with depth. The inclusion of velvet bean and sunnhemp, during the autumn-winter period in the crop sequence contributed positively to the increase of the potassium concentration in the Ieaves, the soil rover andthe leaf area index (LAI). The basic infiltration rate was also increased. No significant differences were observed for nitrogen, phosphorus and potassium contents in the leaves, the amount of dry matter, the average pIant height and the root development of common beans.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
WutkeElaineBahia.pdf (7.23 Mbytes)
Fecha de Publicación
2020-01-11
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.