• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1986.tde-20210919-110231
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Salvador Villalba Vazquez
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1986
Orientador
Título em português
Estudo comparativo da morfogênese foliar em seis cultivares de alface (Lactuca sativa L.)
Palavras-chave em português
ALFACE
MORFOGÊNESE FOLIAR
VARIEDADES VEGETAIS
Resumo em português
A alface é uma hortaliça muito apreciada e consumida quase exclusivamente na forma fresca, e as principais características de qual idade da folha, podem ser avaliadas através de um estudo morfogenético da mesma. Para estudar a morfogênese foliar dentro do seu ciclo vegetativo utilizando-se os cultivares, Brasil 202, Brasil 303, Boston Branca, Grand Rapids, Babá e Grandes Lagos, foi conduzido um experimento no Campo Experimental da Escola Superior de Agricultura ?Luiz de Queiroz?, Piracicaba - São Paulo, na época de maio-agosto de 1985. Foi acompanhada semanalmente a evolução do desenvolvimento do número de folhas desde a emergência até o final do ciclo vegetativo, ocorrido aos 85 - 95 dias. A partir da segunda semana da emergência foram realizadas contagens semanais do número de folhas por planta, e desenhadas as figuras em câmara clara utilizando-se um Estereomicroscópio Wild M-7. Foi verificado que as plantas de alface produzem folhas quase na forma linear com a idade. A emissão de folhas foi de maneira geral para todos os cultivares, e foi relativamente lento no começo do ciclo, desde a emergência da plântula até 56 dias, com uma taxa de 2,3 folhas emitidas por semana durante as 8 semanas consecutivas nos diferentes cultivares estudados. Seguidamente com a análise realizada aos 85 dias, verificou-se um grande aumento na taxa de emissão com uma média variável de 7 a 11 folhas por semana, durante 4 semanas consecutivas, atingindo uma média variável de 43,6 a 59,2 folhas por planta. Na última observação feita aos 92 dias mostrou que os incrementos do número de folhas nos diferentes cultivares foram variáveis em relação a penúltima observação. Utilizando-se a câmara clara e através do fixador Nawaschin para conservação dos materiais vegetais obteve-se bons resultados no acompanhamento da emergência e crescimento das folhas, e, portanto, são recursos recomendáveis em estudos semelhantes.
Título em inglês
Comparative study of the morphogenesis of six cultivars of lettuce (Lactuca sativa L.)
Resumo em inglês
Lettuce is a vegetable crop in which the very appreciated and principally consumed in the fresh form in which the most important characteristics of the leaf quality, can be evaluated trough e morphogenetic study of it. To study morphogenesis of leaves during the vegetative cycle, was conducted one experiment at the Escola Superior de Agricultura ?Luiz de Queiroz?, Piracicaba, SP, May to August of 1985. The cultivars were: Brasil 202, Brasil 203, White Boston, Grand Rapids, Babá, and Great Lakes. Weekly observations of the growing development in relation with the number of leaves from emergence to the end of vegetative cycle, 85-90 days. Since second week of emergence, were counted and designed the number of leaves per plant every week in clear chamber of a Wild M-7 stereomicroscope. It was checked that leaves were produced almost linearly with age of the lettuce plants. It was not differences between cultivars in relation to development of number of leaves; and was partially slow from the beginning to 56 days with a rate of 2.3 leaves per week, during 8 weeks. At 85 days the rate was increased with a mean of 7 to 11 leaves per week, during four weeks, reaching 43.6 to 59.2 leaves per plant in average. At the last observations made at 92 days, the number of leaves was variable in relation to the last but one. By the use of the clear chamber methodology and Nawaschin fixer to storage the vegetative material was attained good results during emergency by and growth of leaves and therefore there are recommended in similar studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.