• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2013.tde-23082013-160458
Documento
Autor
Nome completo
Wolmar Trevisol
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2013
Orientador
Banca examinadora
Favarin, José Laercio (Presidente)
Costa, Jose Dias
Melo, Arlete Marchi Tavares de
Trevisan, Renato
Victoria Filho, Ricardo
Título em português
Morfologia e fenologia do porongo: produtividade e qualidade da cuia
Palavras-chave em português
Densidade de plantas
Escala fenológica
Espaçamentos
Estádios fenológicos
Lagenaria siceraria (Mol) (Standl)
Resumo em português
A cultura do porongo ou cabaça [Lagenaria siceraria (Mol.) Standl] é importante para a agricultura familiar em várias regiões do Rio Grande do Sul, Brasil, porque sua rentabilidade, que viabiliza a pequena propriedade, e propicia empregos no campo, no processamento e na comercialização da cuia e artesanatos derivados. A pesquisa foi realizada com a finalidade de estudar a morfologia, fenologia e biologia floral do porongueiro, como base para outras pesquisas, e, também, para subsidiar o manejo da cultura. No experimento sobre densidade de plantas (6.666, 3.333, 2.222 e 1.666 plantas ha-1) avaliou-se a produtividade e a qualidade da cuia, assim como realizou os estudos sobre a fenologia e morfologia. A biologia floral foi estudada em casa de vegetação. Identificou as fases fenológicas e a duração das mesmas em graus-dia acumulados. A relação área foliar por fruto foi muito alta, e a taxa de fecundação baixa; e a cor pardo-escura do pedicelo do fruto serviu como indicador do ponto de colheita. A polinização das flores dependeu de agente biótico. A produtividade aumentou com a densidade de plantas, sem, no entanto, ficar estabelecido a população máxima. Os atributos morfológicos de qualidade da cuia não variaram com a densidade de plantas, no intervalo da pesquisa.
Título em inglês
Morphology and phenology of the bottle gourd: Yield and quality of the gourd
Palavras-chave em inglês
Lagenaria siceraria (Mol) (Standl)
Phenological scale
Phenological stages
Plants density
Spacings
Resumo em inglês
The cultivation of the bottle gourd [Lagenaria siceraria (Mol.) Standl] is an important crop for the familiar farming of several regions of Rio Grande does Sul, states Brazil. Due to profitability enables the small property, and also provides jobs in the field, in the processing and marketing of the gourd and derivative handicrafts. The research was conducted in order to study the morphology, phenology and floral biology of the bottle gourd plant, as a basis for further researches, and also to subsidize the crop management. The experiment of the plants density (6.666, 3.333, 2.222 and 1.666 plants ha-1), in which was evaluated productivity and the quality of the gourd, as well as studies conducted on the phenology and morphology. The floral biology was studied in a greenhouse. Identified phenological phases and the duration of the same in degree-days. The relative leaf area per fruit was very high, and low fertilization rate, and the dark-brown color of the fruit pedicel served as an indicator of harvest time. The pollination of flowers depended on biotic agent. The productivity of the gourd increased with the density of the plants, without establishing the maximum population. The morphological attributes of quality of the gourd did not varied with the plants density, in the interval of the research.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.