• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.11.2005.tde-26042005-155246
Documento
Autor
Nombre completo
Guy Mitsuyuki Tsumanuma
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2004
Director
Tribunal
Fancelli, Antonio Luiz (Presidente)
Camargo, Artur Chinelato de
Favarin, Jose Laercio
Título en portugués
Desempenho do milho consorciado com diferentes espécies de braquiárias, em Piracicaba, SP.
Palabras clave en portugués
brachiaria
competição
consorciação de cultura
integração
milho
sistema de produção
Resumen en portugués
A consorciação do milho com gramíneas forrageiras pode ser utilizada tanto para renovações de pastagens, como para a formação de cobertura morta de qualidade e longevidade para o sistema de Plantio Direto. O objetivo deste trabalho foi avaliar as interações e interferências de diferentes espécies de braquiárias no desempenho da cultura de milho, bem como determinar qual das espécies seria a mais adequada para o sistema de consórcio. O experimento foi conduzido em Nitossolo eutrófico típico, sob pivô central, em área experimental pertencente ao Departamento de Produção Vegetal da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/ Universidade de São Paulo, situado no Município de Piracicaba, SP. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso com sete tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos da combinação de três espécies de braquiárias (Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha e Brachiaria ruziziensis) semeadas em duas épocas (concomitantemente ao milho e quando o milho apresentava quatro folhas totalmente expandidas), acrescido de um tratamento testemunha (milho solteiro). Com relação ao milho, os resultados evidenciaram ausência de diferença estatística entre os tratamentos para as seguintes variáveis: altura de plantas; índice de área foliar; diâmetro do colmo; análise foliar; número de fileiras de grãos; número de grãos por espiga; peso de mil grãos e produtividade. Todavia, o número de folhas de milho e a sanidade de espigas foram afetados pelos tratamentos estudados. Assim, o tratamento 6 (B. brizantha semeada na quarta folha do milho) propiciou maior número de folhas em plantas de milho e a B. decumbens semeada na mesma data do milho propiciou menor taxa de grãos deteriorados na espiga em comparação ao tratamento testemunha. Com relação às braquiárias, todas as espécies semeadas na primeira época (semeadura concomitante ao milho) diferiram daquelas semeadas quando o referido cereal apresentava quatro folhas, quanto à produção de massa verde e seca. A B.decumbens e a B. brizantha, semeadas na primeira época, apresentaram maior produção de matéria seca de raiz em comparação à B. brizantha, semeada na segunda época. Após a roçagem, a produção de massa verde e seca de parte aérea das B. decumbens e B. brizantha semeadas na primeira época foi superior à produção da B. ruziziensis semeada na segunda época. A B. decumbens, independentemente da época de semeadura, apresentou maior efeito supressor de plantas daninhas. Assim, a análise e a interpretação dos resultados, permitiram concluir que a presença das braquiárias, indiferentemente à época de semeadura, não afeta o desenvolvimento e a produtividade do milho, demonstrando a viabilidade técnica de sistemas consorciados de produção. Entretanto, a presença do milho influencia negativamente o acúmulo de fitomassa das braquiárias, principalmente, quando estas são semeadas quando o milho apresenta quatro folhas. Para a formação de pastagens, as forrageiras estudadas apresentam melhor desempenho e produtividade quando implantadas na mesma data da cultura do milho. Dentre as braquiárias, destaca-se a B. decumbens pela quantidade de forragem produzida, bem como pelo efeito supressor de plantas daninhas. Entretanto, para a produção de forragem a B. brizantha apresenta resultados semelhantes a B. decumbens.
Título en inglés
Growth and yield of maize intercropped with different species of brachiaria, in Piracicaba, SP.
Palabras clave en inglés
brachiaria
competition
integration
intercropping
maize
production system
Resumen en inglés
Maize intercropped with grass can be used both to pasture renewals and to quality and longevity of soil cover formation in no-tillage system. The present work aimed at evaluating the interactions and interferences of different brachiaria species on maize yield, as well as determining which would be the most appropriate species for a intercropping system. The experiment was carried out in Piracicaba, São Paulo State, Brazil (Universidade de São Paulo, ESALQ), in a typical Rhodudalf soil, under central pivot, in an experimental area belonging to the Department of Crop Production. The experimental design was in randomized blocks with seven treatments and four replications. The treatments consisted of a combination of three brachiaria species (Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha and Brachiaria ruziziensis) sowed in two different dates (together with maize and when maize had four fully expanded leaves), as well as a control treatment (single maize). In relation to maize, the results showed no statistical differences among the treatments for the following parameters: plant height; leaf area index; stem diameter; foliar analysis; number of grain rows; number of grain per rows in ear; thousand grain weight and productivity. However, the number of maize leaves and the sanity of ears were affected by the treatments. Thus, treatment 6 (B. brizantha sowed at the four leaves stage of maize) favored larger number of leaves on maize plants, and B. decumbens sowed on the same dates as maize presented lower rate of deteriorated grains per spike in comparison to the control treatment. In relation to brachiaria, all of the species sowed on the first date (concomitant sowing with maize) differed from those sowed at the four leaves stage of maize, for green and dry mass production. The B. decumbens and B. brizantha, sowed in the first time, presented larger production of root dry matter in comparison to B. brizantha, sowed on the second date. After cutting, the green and dry mass production of shoot of B. decumbens and B. brizantha sowed on the first date was superior to the green and dry mass production of B. ruziziensis sowed on the second date. B. decumbens, regardless of the sowing date, presented a greater suppressor effect on weeds. The analysis and the interpretation of the results allowed to conclude that the presence of brachiaria, regardless of sowing date, doesn't affect the development and the productivity of maize, thus demonstrating the technical viability of intercropped systems of production. However, the presence of maize negatively influences the biomass accumulation of brachiaria, especially, when these are sowed when maize has four leaves. For pasture formation, the studied forage grasses present better yield and productivity when sowed at the same date as maize. Among the brachiaria, B. decumbens stands out for the amount of forage produced, as well as for the suppressor effect on weeds. However, for forage production, B. brizantha presents similar results to B. decumbens.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
guy.pdf (3.31 Mbytes)
Fecha de Publicación
2005-04-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.