• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Thaís Silvestre Sanches Antichera
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Sposito, Marcel Bellato (Presidente)
Júnior, Nelson Sidnei Massola
Silva, Simone Rodrigues da
Tecchio, Marco Antonio
Título em português
Resistência de cultivares de caquizeiros à cercosporiose (Pseudocercospora kaki) e o efeito da doença na fisiologia da planta
Palavras-chave em português
Acúmulo de reserve
Caqui
Fotossíntese
Mancha foliar
Suscetibilidade
Resumo em português
O caquizeiro (Diospyros kaki L.) é uma planta caducifólia pertencente à família Ebenaceae, tendo como centro de origem a região central da China. Entre os estados brasileiros, São Paulo é o que apresenta maior produção de caquis com 49.727 t. A cercosporiose (Pseudocercospora kaki), também conhecida como mancha angular, é a principal doença foliar da cultura. Alguns autores atribuem à cercosporiose a queda precoce de folhas, maturação antecipada dos frutos e a redução da produção na safra seguinte. Entretanto, não existem trabalhos com o patossistema P. kaki - D. kaki que deem suporte a essas pressuposições. Diante disso, os objetivos desse trabalho foram comparar a susceptibilidade de quatro cultivares de caquizeiro e avaliar o efeito da cercosporiose na fisiologia da planta. Os experimentos foram conduzidos em condições naturais de campo, com as cultivares Fuyu, Rama Forte, Taubaté e Giombo, por serem as mais cultivadas no estado de São Paulo. Nos experimentos desenvolvidos buscou-se conhecer o grau de resistência das quatro cultivares à cercosporiose, avaliando a incidência, severidade e queda de folhas ao longo de dois ciclos de cultivo, assim como avaliar o controle químico na redução da doença em cvs. Taubaté e Rama Forte e, consequentemente, no acúmulo de reservas na raiz e na qualidade dos frutos colhidos. Foram avaliadas também os danos na fotossíntese em folhas das quatro cultivares com diferentes intensidades de cercosporiose. Como resultados pode-se constatar, que a cv. Fuyu é a mais susceptível à cercosporiose, seguida com resistência média 'Giombo' e 'Rama Forte' e com maior resistência a cv. Taubaté. A intensidade da cercosporiose, para severidades da doença de até 7% não influencia na queda de folhas. O controle químico reduziu a intensidade de doença nas cvs. Taubaté e Rama Forte, entretanto, entre as intensidades de cercosporiose avaliadas em plantas tratadas e não tratadas, não há redução no acúmulo de reservas no sistema radicular, assim como na qualidade físico-química dos frutos colhidos. Mesmo a cercosporiose afetando a fotossíntese, no processo fotoquímico, tanto na área lesionada como na área adjacente à lesão, a intensidade da doença observada no campo não foi suficiente para causar redução da produção à cultura.
Título em inglês
Resistance of persimmon cultivars to angular leaf spot disease (Pseudocercospora kaki) and the effect of the disease on plant physiology
Palavras-chave em inglês
Leaf spot
Persimmon
Photosynthesis
Reserve accumulation
Susceptibility
Resumo em inglês
The persimmon (Diospyros kaki L.) is a deciduous plant of the botanical family Ebenaceae, native to central China. Among the Brazilian states, São Paulo has the highest production of persimmon with 49,727 ton/year. The angular leaf spot of persimmon (Pseudocercospora kaki), also known as cercosporiosis, is the main leaf disease of the crop. Some authors attribute to the cercosporiosis the premature defoliation, early maturation of the fruits and the reduction of the yield in the next crop cycle. However, there are no previous studies with the Pseudocercospora kaki pathosystem that support these hypotheses. Therefore, the objectives of this study were to compare the susceptibility of four persimmon cultivars and evaluate the effect of angular leaf spot on plant physiology. A field experiment was conducted with Fuyu, Rama Forte, Taubaté and Giombo cultivars, the four most cultivated in the state of São Paulo. The degree of resistance to cercosporiosis was determined by the incidence and severity of the disease and by defoliation of the plants in two crop cycles. Chemical spraying for the disease reduction was also evaluated in cvs. Taubaté and Rama Forte. The reduction of the carbohydrate reserve accumulation in the roots and the quality of the fruits harvested were tested. The photosynthesis reduction was also evaluated in leaves of the four cultivars with different intensities of cercosporiosis. The Fuyu cultivar was the most susceptible to cercosporiosis, followed by moderate resistance of 'Giombo' and 'Rama Forte' and high resistance of cv. Taubaté. The intensity of cercosporiosis, for disease severity up to 7% does not influence leaf drop. Though the chemical control reduced the disease intensity in cvs. Taubaté and Rama Forte, treated and untreated plants showed no differences in the reserves accumulation in the roots, as well as in the physicochemical quality of the harvested fruits. Even though cercosporiosis affects photosynthesis in the photochemical process on both the necrotic and remaining green leaf area, the intensity of the disease observed in the field was not enough to cause yield reduction to the culture.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2021-07-29
Data de Publicação
2019-08-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.