• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Carina Oliveira e Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Marcos Filho, Julio (Presidente)
Forti, Victor Augusto
Silva, Clíssia Barboza da
Souza, Francisco Humberto Dübbern de
Título em português
Biocondicionamento fisiológico de sementes de Brachiaria humidicola
Palavras-chave em português
Ácido giberélico
Armazenamento
Brassinosteróides
Enzimas
Resumo em português
As sementes do gênero Brachiaria apresentam desuniformidade de maturação, degrana natural e dormência, causando problemas para a colheita e estabelecimento de estande uniforme de plantas em campo; a desuniformidade de maturação acarreta a produção de sementes com grau de dormência diferenciado. Por outro lado, o condicionamento fisiológico é uma opção interessante para uniformizar o processo germinativo. O objetivo desta pesquisa foi verificar os efeitos do condicionamento fisiológico com bioestimulantes, em sementes de Brachiaria humidicola colhidas de diferentes maneiras, armazenadas sob diferentes condições de temperatura e umidade relativa do ar, procurando, também, identificar a possível superação da dormência e verificar a atividade enzimática das sementes durante esse período. As sementes foram obtidas mediante dois procedimentos de colheita: a) sementes colhidas das inflorescências inteiras e b) sementes caídas ao solo. Após a colheita foi realizada a escarificação com H2SO4, obtendo sementes sem escarificação e escarificadas de cada procedimento de colheita. Foram realizados cinco tratamentos nas sementes escarificadas ou não, para os dois procedimentos de colheita: 1- sem condicionamento e papel umedecido com água; 2- sem condicionamento e papel umedecido com KNO3; 3- biocondicionamento com 24-EpiBL, na concentração de 10-8 M; 4- biocondicionamento com GA3, na concentração de 10-4 M e 5- biocondicionamento com 24-EpiBL + GA3, nas concentrações de 10-8 e 10-4 M, respectivamente. Após os tratamentos as sementes foram armazenadas em câmara fria e seca e ambiente natural e realizadas avaliações em quatro épocas (zero, três, seis e nove meses de armazenamento), mediante os testes de germinação e vigor (primeira contagem, velocidade de germinação e, análise computadorizada de imagens de plântulas - SVIS®) e emergência de plântulas, além da determinação da atividade das enzimas α-amilase e polifenoloxidase no início e aos nove meses de armazenamento. Os resultados indicam que o armazenamento das sementes de Brachiaria humidicola, em câmara fria e seca reduz a porcentagem de sementes dormentes; o biocondicionamento com ácido giberélico e 24-EpiBL + ácido giberélico, favorece a velocidade de germinação e o crescimento de plântulas; o condicionamento fisiológico com ácido giberélico isolado ou combinado com 24-epibrassinolídeo, é vantajoso para sementes de Brachiaria humidicola, armazenadas em câmara fria e seca ou ambiente natural e, a atividade da enzima α-amilase aumenta e da polifenoloxidase diminui à medida que a dormência das sementes de Brachiaria é superada durante o armazenamento.
Título em inglês
Physiological bioconditioning of Brachiaria humidicola seeds
Palavras-chave em inglês
Brassinosteroids
Enzymes
Gibberellic acid
Storage
Resumo em inglês
Seeds from the genus Brachiaria present uneven maturation, natural threshing and dormancy, leading to issues during harvest and in the establishment of a uniform plant stand; the uneven maturation entails to the production of seeds with different degrees of dormancy. On the other hand, physiological priming is an interesting option to uniform the germination process. The aim of this research was to verify the effects of physiological priming with biostimulants, on seeds of Brachiaria humidicola harvested by different methods, stored under different conditions of temperature and air relative humidity, also looking to identify the possibility of dormancy breakage and verify seed enzymatic activity during this period. Seeds were obtained through two harvest procedures: a) seeds harvested from whole inflorescences and b) dropped seeds on the ground. After harvest, scarification was performed with H2SO4, obtaining seeds with or without scarification for each harvest procedure. Five treatments were performed on seeds scarified or not, for the two harvest procedures: 1- without priming and paper moistened with water; 2- without priming and paper moistened with KNO3; 3- Bio-priming with 24-EpiBL, in the concentration of 10-8 M; 4- Bio-priming with GA3, in the concentration of 10-4 M and bio-priming with 24-EpiBL + GA3, in the concentrations of 10-8 and 10-4 M, respectively. After treatment seeds were stored in a dry cold chamber and natural environment and evaluations were performed on four periods (zero, three, six and nine months of storage), through germination and vigor tests (first count of germination, speed of germination, computerized image analysis of seedlings - SVIS® and seedling emergence), besides the determination of the activity of the α-amylase and polyphenol oxidase enzymes at the beginning and at the ninth month of storage. The results indicate that the storage of Brachiaria humidicola seeds, in a dry cold chamber reduces the percentage of dormant seeds; bio-priming with 24-EpiBL + gibberellic acid accelerates germination and favors seedling growth; the physiological priming with gibberellic acid alone or combined with 24-epibrassinolide is advantageous for Brachiaria humidicola seeds, stored in dry cold chambers or natural environments and, the activity of the α-amylase enzyme increases and of the polyphenol oxidase decreases as the dormancy of Brachiaria seeds is broken during storage.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.