• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155956
Document
Author
Full name
Francisco Pinheiro Lima Neto
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1994
Supervisor
Title in Portuguese
Tamanhos de amostras para a estimação de parâmetros genéticos em milho (Zea mays L.)
Keywords in Portuguese
AMOSTRAGEM
MILHO
PARÂMETROS GENÉTICOS
Abstract in Portuguese
Em programas de melhoramentos, parâmetros genéticos são normalmente estimados, com a finalidade de possibilitar a obtenção de progressos esperados e de respostas correlacionadas na seleção, bem como de auxiliar na definição do método de melhoramento mais apropriado para a população em estudo. Esses parâmetros são estimados a partir de amostras e, em seguidas, extrapolados para as populações das quais foram retiradas tais amostras. O tamanho ideal de uma amostra, entretanto, não está ainda definido, e a literatura aponta tamanhos que variam de 50 a 1000 progênies. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito do aumento do tamanho da amostragem na determinação de parâmetros genéticos. Para tanto, foram empregadas 100 progênies intrapopulacionais de meios irmãos e 100 progênies intrapopulacionais de irmãos germanos, ambas de população de milho ESALQ-PB 4. As progênies encontravam-se divididas em grupos de 25, havendo assim, quatro experimentos. Cada experimento foi instalado em dois locais, e cada local apresentava duas repetições. O delineamento estatístico utilizado em cada experimento foi o de blocos casualizados. Foram quatro, portanto, os tamanhos avaliados (25, 50, 75 e 100 progênies). Os tamanhos de 75 e de 100 progênies, tanto para as progênies de meios irmãos como para as progênies de irmãos germanos, mostraram-se adequados para estimar parâmetros genéricos relacionados ao caráter peso de espigas. Em relação aos caracteres altura da planta e altura da espiga, os tamanhos de 75 e 100, nas progênies de meios irmãos apresentaram-se como apropriadas para estimar tais parâmetros, enquanto que, nas progênies de irmãos germanos, não foi possível determinar qual o tamanho recomendável, uma vez que foi verificado, para ambos os caracteres, nos tamanhos correspondentes a 100 progênies, um súbito aumento na estimativa da variância genética. Os caracteres posição relativa da espiga e índice de espigas praticamente não apresentaram variância genética, tanto nas progênies de meios irmãos como nas progênies de irmãos germanos, impossibilitando, também, dessa forma, a determinação do tamanho adequado para estimar parâmetros. As correlações genéticas entre os caracteres peso de espigas, altura da planta e altura da espiga apresentaram-se estáveis entre os diferentes tamanhos das amostras, em ambos os tipos de progênie, ao passo que as demais se revelaram como inconsistentes, possivelmente em razão da ausência de variância genética detectada para os caracteres posição relativa da espiga e índice de espigas.
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2022. All rights reserved.