• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160051
Document
Auteur
Nom complet
Luciano Consoli
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1995
Directeur
Titre en portugais
Análise genética e molecular da variação somaclonal em Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw. (Leguminosae)
Mots-clés en portugais
CULTURA DE TECIDOS VEGETAIS
ESTILOSANTE
GENÉTICA MOLECULAR
PROGÊNIES
VARIAÇÃO GENÉTICA
Resumé en portugais
O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos da cultura de tecidos em características quantitativas de interesse agronômico e também detectar possíveis alterações ao nível molecular, através da técnica de RAPD, em progênies de plantas regeneradas de Stylosanthes guianensis. Sessenta e três progênies derivadas da cultura de tecidos (R2) e 53 derivados da população original (O2) foram avaliadas para os caracteres da produção de matéria verde e seca (PMV) e produção de matéria seca (PMS). Detectou-se na população regenerada, em média, uma variabilidade genética 2,6 vezes superior à variabilidade presente na população original, para os dois caracteres. As estimativas do coeficiente de herbabilidade e do ganho esperado com seleção para os dois caracteres, também foram superiores para a população regenerada. No entanto, a população regenerada apresentou reduções significativas nas médias, para os caracteres PMV (2656,32 g/planta) e PMS (891,27 g/planta), em relação às médias da população original (PMV=2978,11 e PMS=1000,90). Apesar destas reduções, as médias esperadas da população regenerada selecionada, para os dois caracteres, foram superiores às médias esperadas da população original. Estes resultados indicam que a cultura de tecidos foi capaz de gerar uma variabilidade genética superior à variabilidade encontrada na população original, podendo ser aproveitada em programas de melhoramento. Amostras de 16 progênies de cada uma das populações original e regenerada foram analisadas através da técnica de RAPD utilizando-se 10 primers de sequência aleatória. Estes primers geraram 219 produtos de amplificação apresentando 51,6% de polimorfismo. O agrupamento das progênies pelo método UPGMA, baseado no coeficiente de similaridade Simple Matching, gerou um dendrograma no qual visualiza-se a formação de dois grupos distintos, separando as progênies originais das regeneradas. Apesar da semelhança nos valores dos coeficientes de similaridade genética observados dentro de cada população, a separação das progênies em dois grupos indica que a cultura de tecidos provocou alterações ao nível molecular, capazes de alterar os padrões de RAPDs.
Titre en anglais
not available
Resumé en anglais
not available
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
ConsoliLuciano.pdf (7.52 Mbytes)
Date de Publication
2018-11-27
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.