• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
Document
Author
Full name
Manoel Carlos Bassoi
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1987
Supervisor
Title in Portuguese
Avaliação de progênies de meios irmãos de milho (Zea mays L.) em função do tipo de endosperma
Keywords in Portuguese
CRUZAMENTO VEGETAL
ENDOSPERMA
MILHO
PROGÊNIES
Abstract in Portuguese
Foram avaliadas progênies de meios irmãos obtidas de uma população segregante para tipos de endosperma com a finalidade de se obter informações relativas a várias características agronômicas e suas relações com o tipo de endosperma. Para atender aos objetivos propostos foi utilizada a população Piranão HV-1, proveniente do cruzamento entre Piranão VF-1 (endosperma duro) e Piranão VD-2 (endosperma dentado). A população foi submetida a cinco gerações de seleção massal, selecionando-se somente as melhores espigas com grãos semi-dentados, pois o interesse é a obtenção de uma variedade semi-dentada de alta produtividade e de boas características agronômicas. Na geração F6 foram escolhidas as melhores plantas e espigas, estas classificadas visualmente quanto ao tipo de endosperma em cinco classes: dentado (146 espigas); dentado algo duro (244 espigas); semi-dentado (222 espigas); duro algo mole (38 espigas); duro (6 espigas). Essas espigas deram origem às 656 progênies de meios irmãos, as quais foram avaliadas em 9 experimentos em delineamento látice triplo simples e conduzidos em Piracicaba, Estado de São Paulo e em Palotina, Estado do Paraná. Os caracteres avaliados foram: peso de espigas despalhadas, prolificidade, altura de planta (AP), altura de inserção da espiga (AE), índice AE/AP, tiveram anotações nas três repetições e foram efetuadas análises da variância para a estimativa dos parâmetros genéticos. Os caracteres número de ramificações do pendão, dias para florescimento masculino, rendimento de grãos, número de fileiras de grãos e peso de 100 grãos, tiveram anotações em apenas uma repetição. Para os caracteres em que foram efetuadas as análises da variância, os resultados indicaram, em ambas as localidades, que os coeficientes de variação experimental foram relativamente elevados. Para o peso de espigas despalhadas, prolificidade, altura de planta, altura de inserção da espiga e índice AE/AP, variaram de 20,5% a 36,0%, de 15,4% a 32,0%, de 7,5% a 10,0%, de 10,4% a 14,9% e de 9,1% a 12,3%, respectivamente. Contudo, também têm sido observados coeficientes de variação elevados em populações que ainda não sofreram forte pressão de seleção, semelhantemente a esta, e que, portanto, apresentam bastante variabilidade dentro de famílias. As médias das progênies dos cinco tipos de endosperma indicaram que há uma tendência dos materiais dentados apresentarem maiores produtividades, rendimento de grãos e número de fileiras de grãos. Para a prolificidade, altura de planta e peso de 100 grãos, a tendência é também no sentido dos materiais dentados apresentarem maiores valores, porém não tão acentuada. Para o restante dos caracteres, altura de inserção da espiga, índice AE/AP, número de ramificações do pendão e número de dias para florescimento masculino, não há evidência de associação com tipo de endosperma. A variabilidade genética relativa à produtividade e demais caracteres é suficientemente ampla para permitir progressos por seleção em todos os tipos de endosperma, embora maiores progressos devam ser esperados nos tipos mais dentados. Os resultados indicaram ser perfeitamente viável a obtenção de uma variedade de milho semi-dentada de alta produtividade e de boas características agronômicas.
Title in English
Evaluation of half-SIB progenies of maize (Zea mays L.) in relation to endosperm type
Abstract in English
Half-sib families from a segregating population for endosperm types were evaluated in order to obtain informations related to several agronomic characters and its relation to endosperm type. The population Piranão HV-l, originated from a cross between Piranão VF-l (flint) and Piranão VD-2 (dent) was utilizad. The population was mass selected for five generations, saving only the best semi-dent ears, since the goal was the obtention of a semi-dent variety of high yield and good agronomic characteristics. In generation F6 the best plants and ears were visualy classified for five endosperm types: dent (146 ears); hard semi-dent (244 ears); semi – dent (222 ears); flint a little dent (38 ears); flint (6 ears). These ears originated 656 half-sib progenies that were tested in nine trials, using triple lattice designs with three replications, grown in Piracicaba, São Paulo State, and Palotina, Paraná State. The traits weight of ears, prolificacy, plant height, ear height, and ear height/plant height index, were evaluated in three replications with corresponding analysis of variance for estimation of genetic parameters. Tassel branches number, days to tassel flowering, grain yield index (percent of grain to total ear weight), number of grain rows and weight of 100 grains, were evaluated in only one replication. Experimental coefficients of variation were high in both localities. For the weight of ears, prolificacy, plant height, ear height, and ear height/plant height index, ranged from 20.5% to 36.0%, from 15.4% to 32.0%, from 7.5% to 10 o 0%, from 10.4% to 14.9%, and from 9.1% to 12.3%, respectively. High experimental coefficient of variation in broad base populations with little or no selection have shown also high variability within families, similarly to this population. The means of progenies of the five endosperm types indicated that there is a tendency of dent types to show higher values for productivity, grain yield index, and number of grain rows, than what was found in the others endosperm types. For prolificacy, plant height, and weight of 100 grains, the dents showed also a tendency for higher values than the other endosperm types. For the other traits, ear height, ear height/plant height index, tassel branches number, and days to tassel flowering, no consistent evidence of association with r endosperm types was observed. The genetic variability for yield and other traits is sufficiently high to allow progress due to selection in all endosperm types. The results showed that it is possible to obtain a semi-dent maize variety of high productivity and favorable agronomic traits.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2019-08-22
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.